Home
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
 
ESTUDOS PARA JOVENS - LIÇÃO 6 - 11-11-18 - Lição, O DOM DE LÍNGUAS
Estudo elaborado pelo Pr. Luiz Henrique - EBD NA TV - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique
 
Texto bíblico -  1 Coríntios 14.1-5, 12-15
1 Segui o amor e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. 2 Porque o que fala língua estranha não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala de mistérios. 3 Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação. 4 O que fala língua estranha edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. 5 E eu quero que todos vós faleis línguas estranhas; mas muito mais que profetizeis, porque o que profetiza é maior do que o que fala línguas estranhas, a não ser que também interprete, para que a igreja receba edificação. 12 Assim, também vós, como desejais dons espirituais, procurai sobejar neles, para a edificação da igreja. 13 Pelo que, o que fala língua estranha, ore para que a possa interpretar. 14 Porque, se eu orar em língua estranha, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto. 15 Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com o entendimento; cantarei com o espírito, mas também cantarei com o entendimento.
INTRODUÇÃO
O apóstolo Paulo, escrevendo aos coríntios, trata a respeito das línguas estranhas e da profecia no uso coletivo e individual.
Dentro da perspectiva de que além do falar em língua do batismo existem dons de Variedade de línguas e profecia que são dons do Espírito Santo para a edificação da Igreja, o apóstolo traz orientações sobre como a Igreja deve se portar nesse aspecto. Na prática, o servo de Deus não ensina que esses dons devem deixar de ser exercitados, mas orienta que sejam usados da forma correta, tendo em vista que a sua principal função é edificar o corpo de Cristo. A língua do batismo é para oração e serve para edificação própria e a língua como dom do ESPÍRITO SANTO, que é a Variedade de Línguas é para edificação da Igreja.
 
É importante diferenciar entre falar em línguas espirituais e em línguas de outros países.
Pelo original grego percebemos claramente a diferença.
Quando se menciona línguas espirituais ou estranhas a palavra é "glossa" (Strong Português)
Língua - γλωσσα glossa
1) língua como membro do corpo, orgão da fala
2) língua
1a) idioma ou dialeto usado por um grupo particular de pessoas, diferente dos usados por outras nações (PRESTE ATENÇÃO - DIFERENTE DE LÍNGUAS FALADAS NO MUNDO)
 
Quando se fala em línguas conhecidas do mundo a palavra usada é "dialektos" (Strong Português)
διαλεκτος dialektos
1) conversação, fala, discurso, linguagem
2) língua ou a linguagem própria de cada povo
 
 
 Falar - λαλεω laleo
1) emitir uma voz ou um som
2) falar
2a) usar a língua ou a faculdade da fala
2b) emitir sons articulados
3) conversar,
4) anunciar, contar
5) usar palavras a fim de tornar conhecido ou revelar o próprio pensamento
5a) falar
 
 
O ensino de Paulo sobre línguas espirituais (ou estranhas) divide-se em três grupos:
1- Lingua falada no batismo como sinal ou confirmação do batismo. JESUS é quem batiza. Língua de oração. Edificação Própria.
2- Língua como Dom do ESPÍRITO SANTO. Este Dom é Concedido pelo ESPÍRITO SANTO. Variedade de Línguas - Edificação da Igreja.
3- Dom de profecia (que pode vir em línguas e interpretação). Pode a profecia ser na língua de origem do ouvinte, mas pode vir em línguas mais interpretação, o que equivale a profecia.
 
Em um culto da verdadeira igreja existem línguas espirituais (ou estranhas) sendo faladas.
Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 1 Coríntios 14:26.
Pergunta: Como haveria interpretação se não houver quem fale em línguas? É evidente que alguém vai ter que falar em língua para que outro, ou ele mesmo, interprete.
O que ocorre é que o crente fala em língus e espera um pouquinho para ver se tem intérprete ou se ele mesmo entendeu o que falou. Caso afirmativo, deve continuar a trazer a mensagem e assim a igreja será edificada ouvindo JESUS falar com a Igreja. Caso não houver interpretação, deve falar bem baixinho (consigo mesmo - a altura quem regula é o próprio crente - o ESPÍRITO SANTO não obriga o crente a falar alto). Então, se não houver intérprete para não atrapalhar o culto, o crente não deve levantar sua voz em línguas.
 
1- Lingua falada no batismo como sinal ou confirmação do batismo e para oração. LÍNGUA DE ORAÇÃO.
JESUS é quemn batiza.
E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo. Mateus 3:11
Esta língua ninguém entende, só DEUS. Você quer falar diretamente com DEUS? É mistério.
Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios. 1 Coríntios 14:2
Esta língua deve ser usada para oração individual (entre no seu quarto e fale com seu pai em secreto - Mt 6:6) - quem fala em línguas (ou ora nessa língua) edifica-se a si mesmo (1 Co 14:4a).
Esta é a linguagem de oração do crente a vida toda.
Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente. Mateus 6:6
 
Quem ora em línguas ora bem.
 "Porque, se eu orar em língua estranha, o meu espírito ora bem.." (1 Co 14.14a).
 
Edificação própria
Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, Judas 1:20
O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo... 1 Coríntios 14:4a
 
2- Língua como Dom do ESPÍRITO SANTO. Este Dom é Concedido pelo ESPÍRITO SANTO - VARIEDADE DE lÍNGUAS.
Objetivo - para o que for útil, para edificação da igreja, para transmitir uma mensagem na língua de origem ou para dar um recado expecífico a alguém.
 
a- Para edificação da igreja.
Aqui o crente fala em língua e alguém interpreta ou ele mesmo interpreta (veja tópico 3 abaixo)
Por isso, o que fala em língua desconhecida, ore para que a possa interpretar. 1 Coríntios 14:13
Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 1 Coríntios 14:3
 
b- Para transmitir uma mensagem na língua de origem.
Exemplo em Atos 2, no início da igreja, na primeira manifestação de língua do Novo Testamento.
 
E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. Atos 2:6
 
Língua do batismo, ninguém entende o que está sendodito, então não vão provar para um crente que JESUS está falando para a Igreja. Porém, para um descrente Língua do batismo é sinal de que DEUS está falando na Igreja. Já a profecia, quando dita em nossa própria língua não é sinal de que DEUS está falando, pois não sabemk discernir, mas para a igreja é DEUS falando conosco. 
De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis. 1 Coríntios 14:22
 
E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua. Atos 2:6
 
VARIEDADE DE LÍNGUAS (1 Co 12.10)
a. O que é o dom de variedades de línguas?
O dom de Línguas ou de Variedade de Línguas como o nome mesmo diz, são línguas inspiradas sobrenaturalmente pelo ESPÍRITO SANTO para que, através das mesmas possamos ser edificados, para que possamos transmitir mensagens de DEUS aos homens e para que adoremos e glorifiquemos a DEUS. O que fala em língua edifica-se a si mesmo, ... 1 Coríntios 14:4a; Ora, quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis, pois quem profetiza é maior do que aquele que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação. 1 Coríntios 14:5 (Grifo nosso).
Observação importante - Todo crente batizado no ESPÍRITO SANTO fala em línguas e pode e deve falar nessa língua a vida toda, principalmente para orar pela sua própria edificação, mas nem todos que são batizados e falam em línguas todos os dias possuem o Dom de Línguas. A língua que falamos ao ser batizados é para nosso uso próprio e nos acompanha em toda nossa jornada de fé aqui na Terra, só findando quando formos arrebatados ou morrermos. ...falam todos em línguas (têm todos o dom de línguas - grifo nosso)? interpretam todos? 1 Coríntios 12:30b.
As línguas foram profetizadas por Isaias e trazem refrigério àqueles que as falam. - Assim por lábios gaguejantes, e por outra língua, falará a este povo. Ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir. Isaías 28:11-12
Assim por lábios gaguejantes, e por outra língua, falará a este povo.
Ao qual disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; porém não quiseram ouvir.

Isaías 28:11-12
 
Todos os crentes batizados com o ESPÍRITO SANTO podem falar em línguas espirituais, podem oram em línguas, podem ser edificados quando oram em línguas, podem intercalar sua pregações falando em línguas, podem cantar em línguas e até profetizar em línguas, porém nem todos recebem o Dom de Variedade de Línguas.
 
Quem tem o Dom de Línguas pode falar 4 tipos de línguas diferentes:
1-Línguas do batismo (para edificação própria - o crente pode falar nela a vida toda)
2- Língua para falar com estrangeiro - Língua conhecida pelo ouvinte e não pelo que a fala. Exemplo maior em Atos 2, onde os apóstolos falaram na língua dos estrangeiros.
3- Língua para Intercessão - Não são palavras expressadas, mas gemidos de intercessão (Rm 8; ).
4- Línguas para serem interpretadas - Podem ser interpretadas pelo mesmo que as fala ou por outrem.
Quem ora em línguas deve orar para poder interpretá-las. Por isso, o que fala em língua, ore para que a possa interpretar. (1 Coríntios 14:13)
 
b. Qual é a finalidade do dom de Variedade de Línguas?
As línguas são úteis para louvor e adoração a DEUS. "falando entre vós em salmos, hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração"  (Efés. 5:19, Colos. 3:16).Todo crente deve ser batizado no ESPÍRITO SANTO e deve orar em línguas todos os dias de sua vida aqui na Terra para edificação própria. O que fala em língua edifica-se a si mesmo, ... 1 Coríntios 14:4a; Mas vós, amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no ESPÍRITO SANTO (Grifo nosso - orando em línguas) Judas 1:20. Quando o crente ora em línguas não entende o que está falando, mas seu espírito ligado ao ESPÍRITO SANTO entende e fica fortalecido para vencer as lutas na esfera espiritual, no campo de batalha espiritual.
ORAR BEM - Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem.... (1 Coríntios 14:14a)
O apóstolo Paulo dava tanto valor ao falar em línguas que declara seu dom de línguas ao coríntios: Dou graças a DEUS, que falo em línguas mais do que vós todos. 1 Coríntios 14:18.
Na igreja devemos evitar falar em línguas em voz alta para não atrapalhar as manifestações do ESPÍRITO SANTO e também para que a mensagem pregada e explicada seja ouvida por todos.
Paulo diz que enquanto um irmão está sendo usado em profecias ou em dom de línguas com interpretação os outros devem estar calados ou falando em línguas bem baixinho para não atrapalharem a manifestação dos ESPÍRITO SANTO e apara que todos ouçam e para que todos sejam edificados.
Não se deve proibir falar em línguas, mas educar aqueles que falam - Portanto, irmãos, procurai com zelo o profetizar, e não proibais o falar em línguas. 1 Coríntios 14:39
 
De DEUS = Mensagem de DEUS para a Igreja ou para uma determinada pessoa que tem três fins:
1- Edificação = Fazer com que siga fazendo a Obra de DEUS.
2- Exortação = Fazer com que desperte e anime para fazer a Obra de DEUS.
3- Consolação = Fazer com que a tristeza não abata a pessoa, porque DEUS está presente e assistindo e ajudando em tudo.
O dom de profecia não tem elemento preditivo, ou seja, não tem a função de dizer o futuro.
 
c. Atualidade do dom.
Aqueles que dizem que as línguas eram manifestações do ESPÍRITO SANTO somente para a época dos primeiros apóstolos devem assumir uma posição firme sobre isto (os Cessacionistas), pois estão afirmando que toda nossa geração está sendo usada por demônios ou usando de falsidade quando falamos em línguas.
Com certeza sabemos que eles estão equivocados, pois essas manifestações do ESPÍRITO SANTO eram comuns até mesmo entre os pais dessas denominações tradicionais que negam a atualidade dos dons do ESPÍRITO SANTO. Infelizmente posso afirmar que estão debaixo da ação de demônios que os cegam. São claras a manifestações do ESPÍRITO SANTO em nossos dias, basta ligar um aparelho de TV ou acessar a internet ou visitar qualquer igreja pentecostal.
Se o apóstolo Paulo diz que os dons são de utilidade para a Igreja, quem somos nós para dizermos em contrário?
 
Exemplo de dom de línguas no Novo Testamento - Atos 2.3, 4, 8 - E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. 4 - E todos foram cheios do ESPÍRITO SANTO e começaram a falar em outras línguas, conforme o ESPÍRITO SANTO lhes concedia que falassem. 8 Como pois os ouvimos, cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos? (grifo nosso).
Exemplo no Antigo Testamento -
"Porém no arraial ficaram dois homens; o nome de um era Eldade, e do outro Medade; e repousou sobre eles o espírito (porquanto estavam entre os inscritos, ainda que não saíram à tenda), e profetizavam no arraial. Números 11:26
Segundo alguns eruditos em Hebraico o significado de "profetizavam" aqui neste texto pode ser "falaram em línguas desconhecidas".
Veja também Daniel 5:25-28 - Daniel leu uma mensagem escrita na parede do palácio.
 
Existe um tipo de língua que é para ser interpretada, esse tipo pertence ao Dom de Variedade de Línguas.
O crente fala e outro interpreta ou ele ora a DEUS e pede para que ele mesmo ao falar nesta língua receba a Interpretação e transmita na língua dos ouvintes.
"Pelo que, o que fala em língua estranha, ore para que a possa interpretar." (1 Co 14.13)
 
 
3- Dom de profecia (que pode vir em línguas MAIS interpretação).
Objetivos da Profecia
Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 1 Coríntios 14:3
Este dom pode vir com manifestação direta na língua da Pessoa que vai ouvir a mensagem ou em Língua espiritual ou estranha sendo interpretada por outrem ou pela mesma pessoa que fala e recebe a interpretação.
 
Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. 1 Coríntios 14:3
 
Exemplo de profecia - E, servindo eles ao Senhor, e jejuando, disse o Espírito Santo: Apartai-me a Barnabé e a Saulo para a obra a que os tenho chamado. Atos 13:2
 
Não desprezeis as profecias. 1 Tessalonicenses 5:20.
 
DOM DE PROFECIA (1 Co 12.10)
a. O que é o dom de profecia?
Pelo que entendemos o dom de profecia relatado por Paulo em 1 Coríntios 14 refere-se a mensagens sobrenaturais, inspiradas pelo ESPÍRITO SANTO, podendo ser em uma língua conhecida para quem fala e também para quem ouve, ou numa língua desconhecida para quem fala e conhecida para quem ouve (caso de línguas mais interpretação), objetivando edificar, exortar ou consolar a pessoa destinatária da mensagem. Os dons, inclusive o de profetizar, são movidos em nós pelo amor, a mais essencial virtude do fruto do ESPÍRITO, implantado em nós, quando nos convertemos a CRISTO (1 Co 13.2). Para que o crente seja usado nesse dom deve primeiro desejar o bem da pessoa que vai receber a profecia, pois é com esse intuito que DEUS nos usa. O Apóstolo Paulo nos exorta a não desprezarmos as profecias (1 Ts 5.20), por isso as mesmas devem passar pelo crivo das escrituras, sendo julgadas pela igreja antes de serem aceitas integralmente, pois as mensagens vêm perfeitas da parte do ESPÍRITO SANTO, mas passam pelo instrumento que é o crente. Como as profecias e as interpretações de línguas podem ser transmitidas parcialmente, integralmente ou acrescentadas pelos que as transmitem, pode haver mudança de entendimento por parte daqueles que as recebem devido a uma mudança de sentido feita pelo que foi instrumento do ESPÍRITO SANTO para a transmitir (1 Co 14.29-33; 1 Ts 5.20). Assim, quem é instrumento usado nesse dom deve evitar interpretar a mensagem recebida à sua maneira ou de maneira que o ouvinte deseja ouvir, mas entregar somente o que recebeu. Infelizmente acontece muito desse dom ser exercido fora da igreja local, sendo por isso mesmo usado de maneira errônea devido à falta de julgamento da veracidade das mensagens ai transmitidas. Alguns por dinheiro ou por fama transmitem mensagens que somente agradam aos ouvintes ou trazem mensagens de terror aos incautos que se guiam por essas mensagens. O Dom de Discernimento é muito importante nesses casos, revelando se tais mensagens vêm do que fala, ou do Diabo, ou de DEUS. "Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos" 1 Coríntios 13:9
As profecias vêm para edificação, exortação e consolação (1 Co 14:3). Línguas + Interpretação = Profecia (1 Co 14:27,13). 
Não devemos confundir Profeta com aquele que profetiza, pois Profeta é ministério dado por CRISTO (Ef 4.11), profecia é manifestação do ESPÍRITO SANTO, é dom do Mesmo. Profeta prediz alguma coisa que ainda vai acontecer ou revela coisas que estão acontecendo ou aconteceram em outra parte, profecia não prediz nada. Todos podem profetizar (1 Co 14.31), mas pouquíssimos são escolhidos para serem profetas. 
 
Profeta Ágabo: At 21 8 Partindo no dia seguinte, fomos a Cesaréia; e entrando em casa de Felipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. 9 Tinha este quatro filhas virgens queprofetizavam (Dom do ESPÍRITO SANTO). 10 Demorando-nos ali por muitos dias, desceu da Judéia um profeta, de nome Ágabo (Ministério dado por CRISTO a Igreja); 11 e vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo e, ligando os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o ESPÍRITO SANTO: Assim os judeus ligarão em Jerusalém o homem a quem pertence esta cinta, e o entregarão nas mãos dos gentios. 
 
b. A relevância do dom de profecia.
“E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia esclareça, e a estrela da alva apareça em vosso coração” (2 Pe 1.19).
Se esse dom não fosse importante para a Igreja certamente Paulo não diria o que disse em 1 Co 14.1 "(1 Co 14.1 "Segui a caridade e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar". Para que não haja desordem no culto, ou seja, quando houver num mesmo culto vários irmãos que profetizam e todos eles desejam trazer uma mensagem da parte de DEUS à igreja, Paulo orienta então que haja no máximo, durante um mesmo culto, dois ou três irmãos que profetizem, sendo que um deve esperar pelo outro, assim um profetiza, depois outro e depois outro (1 Co 14.29-31). Essas profecias deveriam ser julgadas de acordo com a Palavra de DEUS, de acordo com a santidade e honestidade daqueles que as transmitiam e pela sua veracidade comprovada pelos que as receberam (1 Co 14.29).
Por que as profecias devem ser julgadas? Por que podem vir de três fontes distintas: DEUS, o homem ou o Diabo.
Exemplo:
Pode alguém chegar na igreja e dizer que a doença que um membro tem é para que ele não se desvie do evangelho - isso, com certeza, é uma mensagem satânica, pois JESUS já levou nossas doenças e enfermidades na cruz, ELE não vai devolver isso para nós.
Pode alguém, na igreja, dizer sobe a briga de um casal e sua separação sendo que ela já tenha ouvido de uma vizinha esse fato ocorrido e está tentando se passar por alguém usado em profecia, trazendo uma mensagem que não é nem do diabo e nem de DEUS.
Graças a DEUS, pode também alguém trazer mensagens da parte de DEUS para edificação, exortação ou consolação.
Não desprezeis as profecias. 1 Tessalonicenses 5:20 - A igreja tem perdido muito pela falta das profecias que foram praticamente banidas da igreja por falta de quem as julgue, por falta de líderes experientes nos dons.
O apóstolo Paulo dava muito valor às profecias - Não desprezes o dom que há em ti, o qual te foi dado por profecia, com a imposição das mãos do presbitério. (1 Timóteo 4:14)
Este mandamento te dou, meu filho Timóteo, que, segundo as profecias que houve acerca de ti, milites por elas boa milícia; (1 Timóteo 1:18)
- As profecias são ótimas ferramentas na evangelização. - De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis. 1 Coríntios 14:22.
 
c. Propósitos da profecia.
Os principais propósitos da profecia são a edificação da Igreja e a evangelização. A Igreja não pode ser guiada pelas profecias, mas deve ouvir as profecias e julgá-las para que haja uma sábia direção de DEUS em auxílio à obra de DEUS e uma união por parte dos membros da IgrejaA igreja que ouve e julga as profecias é mais propensa a evitar e combater o pecado entre seus membros.
Onde não há profecia, o povo se corrompe; mas o que guarda a lei esse é bem-aventurado (Provérbios 29:18).
Mas, se todos profetizarem, e algum incrédulo ou indouto entrar, por todos é convencido, por todos é julgado; 1 Coríntios 14:24 - Esta declaração de Paulo nos leva a crer que as profecias são excelentes ferramentas para evangelização, pois os segredos do coração das pessoas são revelados provocando neles a certeza de que DEUS está entre nós. "os segredos do seu coração se tornam manifestos; e assim, prostrando-se sobre o seu rosto, adorará a DEUS, declarando que DEUS está verdadeiramente entre vós" - 1 Coríntios 14:25.
 
 
RESUMO RAPIDÍSSIMO
 
O FALAR EM OUTRAS LÍNGUAS - Marcos 16
Quem crêr fala, quem não crêr não fala.
E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Marcos 16:17
 
Quem ora em línguas ora bem.
 "Porque, se eu orar em língua estranha, o meu espírito ora bem.." (1 Co 14.14a). Isso resultará em fortalecimento espiritual ao crente para ficar dirigido e orientado pelo ESPÍRITO SANTO quanto à evangelização.
 
Orar em línguas. Ensino claro de Paulo e de Judas.
Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, Judas 1:20
O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo... 1 Coríntios 14:4a
 
 
O FALAR EM OUTRAS LÍNGUAS NA VIDA PESSOAL
 Línguas para falar com Deus (1 Co 14.2).
Aqui não é dom do ESPÍRITO SANTO. É a língua do batismo.
Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios. 1 Coríntios 14:2
 
 Edificação pessoal.
Aqui não é dom do ESPÍRITO SANTO. É a língua do batismo.
O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo... 1 Coríntios 14:4a
Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, Judas 1:20
É impressionante que em algumas igrejas se referem ao falar em línguas como se fosse algo pecaminoso. Como? Se falar em línguas com interpretação traz edificação da igreja? Por que então Paulo diz que não se deve proibir falar em línguas? Por que então ensina Paulo que um deve falar e outro interpretar? Nos parece que estas igrejas deveriam buscar a presença de DEUS e o poder de DEUS em seu meio e fazer cultos como ensina a Bíblia.
Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. 1 Coríntios 14:26.
Portanto, irmãos, procurai, com zelo, profetizar, e não proibais falar línguas. 1 Coríntios 14:39
 
Paulo falava muito em línguas e ainda diz falar mais do que todos os outros.
Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos. 1 Coríntios 14:18
 
Todos devemn e podem falar em línguas, mas nem todos recebem o dom de variedade de línguas.
Língua do batismo é para todos, porém o dom de falar em várias línguas diferentes, nem todos recbem.
Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos? 1 Coríntios 12:30
Existem manifestações de línguas espirituais ou estranhas no Antigo Testamento?
Alguns eruditos judeus dizem ser possível que sim em Números 11:26 e em Daniel 5:1-31
Porém no arraial ficaram dois homens; o nome de um era Eldade, e do outro Medade; e repousou sobre eles o espírito (porquanto estavam entre os inscritos, ainda que não saíram à tenda), e profetizavam no arraial. Números 11:26
Agora mesmo foram introduzidos à minha presença os sábios e os astrólogos, para lerem este escrito, e me fazerem saber a sua interpretação; mas não puderam dar a interpretação destas palavras. Daniel 5:15
Nós falamos em língua dos anjos?
Não. Paulo está dizendouma hipérbole. Ainda que eu falasse... Paulo está se referindo às línguas comoimportantes, mas não o mais importante. Está fazendo uma comparação. A conclusão é de que o amor é mais importante que tudo na vida do crente. Então use o dom de línguas para edificar as pessoas por amor a eleas. Afinal, se amaos alguém queremos que DEUS fale com ela.
As línguas cessarão quando vier o que é perfeito (1 Coríntios 13).
 O perfeito será quando atingirmos a maturidade perfeita. Quando formos arrebatados e nosso corpo for transformado em corpo espiritual, celeste e eterno. Ai, não mais será necessário falar em línguas e nem será mais necessário exercer os dons do ESPÍRITO SANTO, pois no céu, na Nova Jerusalém, tudo será perfeito e DEUS falará pessoalemnte conosco, não por meio de pessoas, mas ELE mesmo falará conosco pessoalmente.
 
CONCLUSÃO
Todos os crentes devem e podem ser batizados no ESPÍRITO SANTO e quando isso ocorrer falarão em língua espiritual ou estranha.
E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Marcos 16:17
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. Atos 2:4
Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus. Atos 10:46
E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam. Atos 19:6
E eu quero que todos vós faleis em línguas, ...1 Coríntios 14:5
Nem todos os crente recebem dom de variedade de línguas, mas todos devem e podem buscar esse dom maravilhoso para edificar a Igreja.
Ore em línguas o máximo que puder para ser edificado, fortalecido e guiado pelo ESPÍRITO SANTO.
 
Estudo elaborado pelo Pr. Luiz Henrique - EBD NA TV - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/donsdoespiritosanto.htm
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/orarnoespiritosanto.htm
 

 

Home
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos