Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
 
A arca como presença de DEUS
 
 
 
 
TRANSPORTANDO A ARCA DA ALIANÇA
I CR 13.1-12
Resumo da mensagem de Dan Duke
 (Copiado de http://www.ibvir.net23.net/sermoes_a/transportando_a_arca_da_alianca.htm em 12-08-2011)
Pr. José Antônio Corrêa
 
 
“1 Consultou Davi os capitães de mil, e os de cem, e todos os príncipes; 2 e disse a toda a congregação de Israel: Se bem vos parece, e se vem isso do SENHOR, nosso Deus, enviemos depressa mensageiros a todos os nossos outros irmãos em todas as terras de Israel, e aos sacerdotes, e aos levitas com eles nas cidades e nos seus arredores, para que se reúnam conosco; 3 tornemos a trazer para nós a arca do nosso Deus; porque nos dias de Saul não nos valemos dela. 4 Então, toda a congregação concordou em que assim se fizesse; porque isso pareceu justo aos olhos de todo o povo. 5 Reuniu, pois, Davi a todo o Israel, desde Sior do Egito até à entrada de Hamate, para trazer a arca de Deus de Quiriate-Jearim. 6 Então, Davi, com todo o Israel, subiu a Baalá, isto é, a Quiriate-Jearim, que está em Judá, para fazer subir dali a arca de Deus, diante da qual é invocado o nome do SENHOR, que se assenta acima dos querubins. 7 Puseram a arca de Deus num carro novo e a levaram da casa de Abinadabe; e Uzá e Aiô guiavam o carro. 8 Davi e todo o Israel alegravam-se perante Deus, com todo o seu empenho; em cânticos, com harpas, com alaúdes, com tamboris, com címbalos e com trombetas. 9 Quando chegaram à eira de Quidom, estendeu Uzá a mão à arca para a segurar, porque os bois tropeçaram. 10 Então, a ira do SENHOR se acendeu contra Uzá e o feriu, por ter estendido a mão à arca; e morreu ali perante Deus. 12 Desgostou-se Davi, porque o SENHOR irrompera contra Uzá; pelo que chamou àquele lugar Perez-Uzá, até ao dia de hoje. 12 Temeu Davi a Deus, naquele dia, e disse: Como trarei a mim a arca de Deus?”
 
 
INTRODUÇÃO
 
1. Neste tempo Israel tinha dois reis – Saul e Davi. Davi era o rei escolhido por Deus, ungido por Samuel, mas ainda não havia assumido o trono. Saul embora estivesse no trono, tinha sido rejeitado por Deus. Davi tinha o coração de Deus: “E, tendo tirado a este, levantou-lhes o rei Davi, do qual também, dando testemunho, disse: Achei Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração, que fará toda a minha vontade”, At 13.22. Saul não tinha um coração como o de Davi. É importante dizer que como homens, costumamos olhar para a aparência. Deus, porém, olha para o coração.
 
2. Em 1 Crônicas 13, observamos que Davi está assumindo o reino e quis trazer a presença de Deus para a cidade – a Arca da Aliança. A Arca nesse tempo era a presença manifesta de Deus em meio ao seu povo. Davi queria o mesmo que nós – a presença de Deus.
 
3. Vs. 1-7. Davi queria o avivamento e para isso começou a desenvolver a unidade no meio do povo. Tinha o coração correto, e a motivação correta. Levou o povo até onde estava a Arca e a colocaram num carro novo. No v. 8, a Palavra de Deus nos informa que Davi e todo o Israel se alegravam perante o Senhor..
 
4. No v. 9, observamos que algo não previsto aconteceu. Os bois tropeçaram, e Uzá na ânsia de segurar a Arca prestes a cair, foi fulminado na presença de Deus. Isso também pode acontecer conosco quando, embora nossos corações estejam corretos, nossa motivação sincera, verdadeira, não estivermos agindo de acordo com a vontade de Deus. Jesus, pelo Espírito Santo não nos abençoará quando as ordens de Deus são violadas.
 
5. Vs. 9-11. Embora Davi, tivesse o coração correto, a motivação certa, com o povo em unidade, não pode prever que os bois tropeçariam. Estes bois representam os líderes do Novo Testamento. Muitos líderes estão tropeçando nos dias de hoje. Observe que aqueles bois estavam carregando algo pesado para eles. Isso acontece conosco! Quantas vezes estamos empurrando um sistema religioso carregado de costumes e tradições e outras coisas para as quais não fomos designados.
 
6. Quando Uzá morreu, o povo viu que algo estava errado. Havia uma grande falha!
 
Diante disso Davi fez duas coisas:
 
a) Fez uma oração: “Como poderei trazer a mim a Arca de Deus”. Em outras palavras Davi disse: “O que desejei fazer, eu não sei fazer”. Devemos orar da mesma forma: “Como posso ter sucesso como homem de Deus, homem de negócios, como marido, esposa, filho, etc.?”.
 
b) Começou a examinar as Escrituras. E quando se voltou para a Palavra, Deus lhe revelou cinco coisas (1 Crônicas 15):
 
I. PRIMEIRA COISA: ELE HAVIA VIOLADO A ORDEM DE DEUS
 
1. V. 2, “Então, disse Davi: Ninguém pode levar a arca de Deus, senão os levitas; porque o SENHOR os elegeu, para levarem a arca de Deus e o servirem para sempre”. Davi achou que fez tudo correto. Uma carroça nova, decorada, etc. Porém, ninguém podia levar a Arca de Deus, a não ser os levitas. Deus não pode ser levado numa carroça, mas nos ombros de seu povo. Esta carroça tem a ver com a tradição dos homens.
 
2. Deus não age nas estruturas de uma denominação, mas na vida de seu povo. A carroça como já vimos, representa a tradição dos homens. A tradição pode violentar e adulterar a Palavra de Deus. Foi isso que Jesus disse aos líderes religiosos de seu tempo: “... invalidando (“invalidais”) a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes; e fazeis muitas outras coisas semelhantes”, Mc 7.13.
 
 
II. SEGUNDA COISA: ENTENDEU QUE PRECISAVA PREPARAR UM LUGAR PARA DEUS
 
1. V. 1, “Fez também Davi casas para si mesmo, na Cidade de Davi; e preparou um lugar para a arca de Deus e lhe armou uma tenda”. Se você quer Deus manifeste a sua presença, você tem que preparar um lugar para que Ele possa se mover.
 
1. Duas formas para se preencher isso:
 
a) Igreja. Deus se move em sua igreja? Jesus é bem vindo em sua igreja? Poderá se manifestar do jeito que Ele quer? Temos que pensar que às vezes, Jesus virá de uma maneira diferente daquela que achamos convencional. Pode vir como um rio, como um vento, com uma chuva, etc..
 
b) Vida pessoal. Jesus é bem vindo em sua vida para mudar o que é preciso? Muitas vezes Ele poderá te envergonhar, revelar seu pecado. Jesus somente virá em tua vida quando puder vir como Ele é!
 
Ele não é um batista, um assembleiano, um metodista. Ele somente virá em tua igreja e em tua vida como um rei, e certamente mudará muitas coisas!
 
2. Precisamos preparar um lugar para Deus. É incrível notar que muitas pessoas têm resistido o poder de Deus! Veja o que Deus disse a Davi: Se você me quiser prepare um lugar para mim. Quando eu vir, virei como sou e farei o que for necessário.
 
3. É possível que se o Espírito Santo fosse removido de muitas igrejas, ninguém notaria! Tudo continuaria da forma como está. Os departamentos funcionariam perfeitamente, assim como o “louvor”, as pregações do pastor, a EBD, etc.. Porém não poderia haver o mover de Deus!
 
4. Você já preparou um lugar para Deus se mover em sua vida?
 
 
III. TERCEIRA COISA: O POVO PRECISA SER PREPARADO
 
1. V. 12, “... e lhes disse: Vós sois os cabeças das famílias dos levitas; santificai-vos, vós e vossos irmãos, para que façais subir a arca do SENHOR, Deus de Israel, ao lugar que lhe preparei”. O povo precisa ser santificado, separado, para poder levar a presença de Deus.
 
2. Precisamos nos conscientizar que somos um povo sacerdotal, um grupo escolhido para Deus manifestar sua presença em nós: “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”, 1Pe 2.9.
 
3. Deus somente poderá manifestar sua presença em meio ao seu povo quando o povo estiver disposto a preparar o coração: “Disse Josué ao povo: Santificai-vos, porque amanhã o SENHOR fará maravilhas no meio de vós”, Js 3.5.
 
 
IV. QUARTA COISA: É NECESSÁRIO O LOUVOR E A LEGÍTIMA ADORAÇÃO
 
1. V. 16, “Disse Davi aos chefes dos levitas que constituíssem a seus irmãos, os cantores, para que, com instrumentos músicos, com alaúdes, harpas e címbalos se fizessem ouvir e levantassem a voz com alegria”.
 
2. Nos últimos tempos, temos observado que Deus tem mudado nosso país, isso graças ao mover dele em meio à música e adoração. Deus se move quando há um verdadeiro louvor que conduz à verdadeira adoração. Davi dançava movido pelo ESPÍRITO SANTO.
 
3. Observe a frase: “levantassem (levantaram) a voz em alegria”. Quando Jesus se move há alegria no meio do povo. Pode-se dizer que Deus só se move quando existe o som da alegria. Lembremos da entrada de Jesus em Jerusalém (Lucas 19.37-40, “37 E, quando se aproximava da descida do monte das Oliveiras, toda a multidão dos discípulos passou, jubilosa, a louvar a Deus em alta voz, por todos os milagres que tinham visto, 38 dizendo: Bendito é o Rei que vem em nome do Senhor! Paz no céu e glória nas maiores alturas! 39 Ora, alguns dos fariseus lhe disseram em meio à multidão: Mestre, repreende os teus discípulos! 40 Mas ele lhes respondeu: Asseguro-vos que, se eles se calarem, as próprias pedras clamarão”).
 
- Quando Jesus desceu a Jerusalém, observe a reação do povo: “passou, jubilosa, a louvar a Deus em alta voz”. A palavra júbilo significa “grande alegria ou contentamento”, “gritos de alegria”. Mas, os líderes religiosos criticavam. Queriam que o povo se calasse. Jesus, porém, disse: “se eles se calarem, as próprias pedras clamarão”, v. 40.
 
4. Tudo o que a Arca da Aliança representa, Jesus é. A Arca era símbolo, Jesus é a realidade! Jesus é o mover de Deus! Ele só se move debaixo do som dos adoradores!
 
 
V. QUINTA COISA: AO LONGO DE TODO O CAMINHO DEVERIA HAVER SACRIFÍCIOS
 
1. V. 26, “Tendo Deus ajudado os levitas que levavam a arca da Aliança do SENHOR, ofereceram em sacrifício sete novilhos e sete carneiros”.
 
2. De acordo com a orientação divina, o sacrifício deveria ser feito a cada seis passos: “Sucedeu que, quando os que levavam a arca do SENHOR tinham dado seis passos, sacrificava ele bois e carneiros cevados”, 2Sm 6.3. A caminhada certamente foi dura e longa, o que demonstra que nossa vida em Deus não é fácil. É preciso haver sacrifício! Quando não há sacrifícios não existe o mover:
 
- Rm 12.1, “Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”.
 
- Hb 13.15, “Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu nome”.
 
 
CONCLUSÃO:
 
1. V. 28, “Assim, todo o Israel fez subir com júbilo a arca da Aliança do SENHOR, ao som de clarins, de trombetas e de címbalos, fazendo ressoar alaúdes e harpas”. Davi alcançou seu objetivo, mas não chegou da forma que ele achou que seria.
 
2. Deus deseja se mover sobre sua vida! Os sacerdotes carregavam uma caixa de ouro – a presença de Deus! No Novo Testamento, carregamos o Senhor Jesus Cristo. Para que Ele tenha liberdade de se mover em você, você terá que:
 
a)      Abandonar suas regras e seguir as regras divinas;
b)      Preparar um lugar para Deus;
c)      Preparar o seu coração;
d)      Tornar-se um adorador;
e)      Desenvolver uma vida de júbilo, alegria;
f)        Desejo de oferecer sacrifícios.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Figuras da Bíblia ILUMINA - www.ilumina.com.br
 
Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos