Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
    Eu

 

 

CEARÁ...A TERRA DO SOL
 
Poucos Estados brasileiros oferecem uma diversidade tão grande de paisagens quanto o Ceará. Praias, sertões, serras e cidades históricas se mesclam para formar uma das mais belas paisagens do Brasil. Mas não é só o cenário que encanta. A hospitalidade do povo, a culinária especial e a cultura rica e original fazem do Ceará um destino turístico irresistível. Quem conhece volta!
 
As surpresas começam na orla marítima, uma das maiores do país, com 573 quilômetros de extensão. Desbravada pelos colonizadores portugueses no século XVII, a costa cearense é rica em dunas, falésias, coqueirais e enseadas de água doce. Mesmo ali a diversidade ainda é o ponto forte. Praias urbanizadas, como Iguape e Icaraí, fazem o contraponto ideal com paraísos como Jericoacoara e Quixaba.
Em todo o litoral é marcante a presença de jangadas, pequenas embarcações rústicas muito utilizadas pelos pescadores.
 Saindo do litoral, o Ceará oferece paisagens surpreendentes. Nas serras o turista vai encontrar clima ameno e ótimas pousadas, tudo emoldurado pela exuberância da vegetação local, um dos últimos redutos da Mata Atlântica brasileira. As regiões serranas são ideais para o turismo ecológico. Cidades como Ubajara e Guaramiranga possuem áreas de proteção ambiental. 
O sertão é um desafio à parte. Ocupando 57% do território cearense, a região apresenta atrativos diferentes. O período seco tem duração de até oito meses e a temperatura máxima registrada situa-se entre 32º e 33º C, caindo para 23º C durante a noite. Por causa da baixa umidade (inferior a 70%), a sensação de calor é maior do que no litoral.
Formações rochosas únicas garantem a prática de esportes radicais, como o vôo livre e o rappel. As inúmeras trilhas são perfeitas para longas caminhadas entre paisagens que misturam o clima árido, a vegetação de caatinga e os extensos açudes. As cidades, que contam com um povo acolhedor e a cozinha típica do sertão nordestino, trazem em suas construções a marca da história do Ceará.
Vinte municípios do sertão cearense apresentam algumas das mais belas formações rochosas do país, como a Pedra da Galinha Choca (Quixadá) e o Vale Monumental. Localizado entre Quixeramobim e Quixadá, o Vale é considerado o mais importante ecossistema preservado do semi-árido nordestino. A extraordinária beleza do local deve-se à vegetação de caatinga, um convite à exploração botânica, com seus cactos e bromélias, e ao relevo.
A conquista brasileira
Uma história feita de lutas, que começou ainda no século XVI, quando os primeiros europeus desembarcaram na costa cearense, marca este Estado brasileiro. Durante sucessivas décadas, o Ceará foi disputado por holandeses e portugueses. Nessa época, o Estado ainda fazia parte do território de Pernambuco. Somente no início do século XVIII adquiriu independência em relação aos pernambucanos e iniciou uma fase de grande crescimento econômico.
Nos anos do Império aconteceu um dos fatos mais conhecidos da história do Ceará. Em 1881, o jangadeiro Francisco José do Nascimento, “Dragão do Mar”, apelidado por Chico da Matilde, se recusou a transportar para os navios negreiros, fundeados no porto de Fortaleza, os escravos que seriam vendidos para o sul do país. O gesto contribuiu para que o Ceará se tornasse a primeira província do país a abolir a escravidão, em 1884. Por causa disso, o Estado recebeu o nome de “Terra da Luz”.
 
Estátua do Padre Cícero: 
25 m de altura
(Idolatria)
A religiosidade cearense
O turismo religioso é outro destaque. A cidade de Canindé abriga uma das maiores procissões do país em homenagem a São Francisco das Chagas.
Nas cidades, as igrejas são parte fundamental da vida cotidiana. Cada município guarda com carinho e devoção a data do seu santo protetor. Em dias de festejo, as cidades se cobrem de peregrinos, rezas e muita dança, tudo em nome da fé. Nesse ambiente de religiosidade e idolatria, destacam-se os municípios de Juazeiro do Norte e Canindé. Grandes centros de peregrinação, as duas cidades recebem anualmente milhares de pessoas de todo o país. Em Canindé, a 120 quilômetros de Fortaleza, o mês de outubro é reservado para os festejos em homenagem a São Francisco. A basílica da cidade é uma das mais belas igrejas do Ceará.
Em Juazeiro, na região do Cariri, a religiosidade é marcada pela figura do padre Cícero Romão Batista, um homem cultuado como santo popular em todo o Nordeste. Ele foi o fundador da cidade e hoje é uma espécie de mito para seus dois milhões de seguidores, chamados de “romeiros”. A cidade conhecida como a “Meca Nordestina” abriga uma estátua de 25 metros do padre. Localizada no alto da Serra do Horto e visível em todo o município, a estátua é uma das maiores em concreto do mundo. Nas datas comemorativas do nascimento e morte de Padre Cícero, Juazeiro é tomada por multidões de fiéis que vêm de todo o Brasil.
 O folclore é outra grande atração do Ceará. Por meio das danças e dos folguedos populares, o povo cearense expressa suas tradições e costumes. São manifestações espontâneas, cuja origem vem da fusão cultural do branco, do negro e do índio que ali habitaram, resultando num forte sincretismo religioso. Algumas delas são: o bumba-meu-boi, o pastoril, o maneiro pau, a folia de reis, a dança de São Gonçalo e o maracatu.
O Ceará destaca-se entre os Estados brasileiros no tocante ao evangelismo, pois possui o maior índice de cidades não-alcançadas ou precariamente evangelizadas do país. Cerca de 62,1% dos municípios brasileiros não-alcançados pelo evangelho encontram-se nessa região. Fato que levou a Igreja Batista Brasileira, por meio da Secretaria de Missões Mundiais, lançar o projeto Janela Nordestina, que envolve, além do Ceará, mais oito Estados nordestinos, onde se concentram os 346 municípios brasileiros com menos de 1% de evangélicos. Juazeiro do Norte, por exemplo, com mais de 220 mil habitantes, tem apenas três mil crentes.
Governo:
Lúcio Gonçalo Alcântara (PSDB)
Secretaria de Turismo:
Fone: (85) 488-3900
 Localização:
O Estado do Ceará está situado no Nordeste do Brasil, um pouco abaixo da linha do Equador. Faz limites, ao Sul, com Pernambuco; ao Norte, com o Oceano Atlântico; ao Oeste, com o Piauí; e, ao Leste, com a Paraíba e o Rio Grande do Norte.
Área territorial:
146.348 km2
População:
7.417.402 (2000), sendo 2.138.234 hab. (Urbana) e 5.279.168 hab. (Rural)
Clima e temperatura:
Litoral: quente semi-úmido (média entre 26º e 27º C)
Serras: frio úmido (média em torno de 22º C)
Sertão: semi-árido (média entre 32º e 33ºC)
 
© 2003 ICP. http://www.icp.com.br/
Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
    Eu