Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
 Eu

 

 

 

                                DIABETES  

- O que é diabetes?
Diabete é uma doença , quando seu corpo torna-se incapaz de usar e armazenar glicose (um tipo de açúcar). É quando o pâncreas fabrica pouca ou nenhuma insulina, e com isso a taxa de açúcar no sangue sobe muito. Há dois tipos de diabetes: Tipo I, (também chamada juvenil ou insulino dependente), quando o corpo para completamente de fabricar insulina (hormônio que torna seu corpo capaz de transformar alimentos em glicose). Pessoas com esse tipo de diabetes necessitam tomar injeções de insulina diariamente. Esta forma de diabetes é mais freqüente em crianças ou jovens, mas pode ocorrer em qualquer idade. Tipo II (também chamada de não insulino dependente ), quando o corpo ainda produz insulina, mas não o suficiente. Esta forma de diabetes normalmente ocorre em pessoas acima de 40 anos, com peso acima do normal, e, ou, histórico de diabetes na família.
- Como as pessoas sabem que estão diabéticas?
Pessoas com diabetes passam a sentir sintomas, tais como: muita sede, vontade de urinar diversas vezes, perda de peso, fome exagerada, visão embaçada, infecções da pele, machucados que demoram para cicatrizar, ou fadiga (cansaço inexplicável). Em alguns casos não há sintomas. Isto ocorre com maior freqüência no diabetes tipo II. Neste caso podem passar muitos meses ou até anos para a pessoa descobrir a doença.
- Quem adquire diabetes ?
Qualquer pessoa pode adquirir diabetes. Porém, com maior propensão à doença, temos: Pessoas com histórico de diabetes na família, acima de 40 anos e obesas, descendentes de Afro-Americanos, Hispânicos ou Asiáticos, mulheres grávidas (diabetes durante a gestação), e que talvez voltem a adquirir a doença quando mais velhas.
- Como é tratada a diabetes?
Para as pessoas com diabetes I ou II, obterem uma vida saudável, existem certos procedimentos a serem seguidos: alimentação planejada, de preferência por nutricionista, ou pelo médico; praticar exercícios, pois eles ajudam no melhor aproveitamento da insulina, fazendo com que a glicose seja melhor utilizada pelas células; diabéticos tipo I, e alguns que têm tipo II, também precisam tomar insulina. Pessoas com diabetes tipo II necessitam de "agentes orais" (comprimidos); outros necessitam somente perder peso e praticar exercícios, sem nenhuma medicação.
As pessoas que têm diabetes devem consultar um endocrinologista, ao menos duas vezes ao ano. Ter um nutricionista que planeje a alimentação. Um fisiologista para desenvolver exercícios adequados. Em alguns casos, um psicólogo que ajude aqueles com dificuldade em conviver com uma doença crônica. É muito importante também consultar o oftalmologista para o caso de surgir qualquer problema de visão associado à diabetes, que descoberto à tempo, pode ser tratado antes que se agrave. É também importante para essas pessoas, monitorar seu açúcar no sangue diariamente. Este teste diário tem como objetivo, verificar se o planejamento alimentar, os exercícios, e os medicamentos estão mantendo um nível satisfatório de açúcar no sangue.
- O que mais pode causar a diabetes?
Se você não seguir as recomendações acima, a diabetes pode trazer graves conseqüências, tais como: ataque do coração, derrame, cegueira, complicação nos rins, complicações vasculares, que pode até resultar em amputação, afetar os nervos, e impotência em alguns homens.
Mas felizmente, após um estudo feito durante 10 anos ou mais, chegou-se à conclusão que o diabético que mantiver o açúcar no sangue, o mais perto do normal possível, reduz o risco de desenvolver estas complicações em 50% ou mais.
- A diabetes pode ser evitada?
Talvez algum dia. Há estudos sendo realizados para proteger os parentes diretos do diabético tipo I. Já é possível identificar aqueles que irão desenvolver a doença, daqui alguns anos. O tipo II de diabetes, que é o mais comum, ainda não é inteiramente compreensível. Porém pesquisas feitas recentemente, ajudam pessoas com propensão à doença, a se prevenirem, tais como: parentes diretos, quem teve diabetes durante a gestação, ou membros dos grupos étnicos. Outra pesquisa está sendo feita com o objetivo de prevenir o diabetes tipo II em qualquer pessoa. Mudanças no comportamento (mais exercícios, emagrecer), e certos medicamentos estão sendo testados.
ALGUNS EXAMES NECESSÁRIOS PARA CONTROLE DA DIABETES.
 - Hemoglobina A1: este exame mostra o controle da diabetes nos últimos 2 meses. Deve ser feito ao menos 2 vezes ao ano. Se o resultado for acima de 8%, é necessário fazer algumas mudanças no tratamento, para diminuir o risco de complicações. Se você sofre freqüentemente de hipoglicemia, (nível baixo de açúcar no sangue), terá que modificar o tratamento, mantendo a taxa de hemoglobina o mais baixo possível. Tudo deve ser feito sob orientação médica.
- Perfil do Lipídio: este teste mede o nível da gordura no sangue. Pessoas com diabetes têm propensão à altos níveis de gordura no sangue, o que aumenta o risco de ter problemas coronários e vasculares. Este exame deve ser feito ao menos uma vez ao ano. O nível do colesterol não deve passar de 200. O nível de HDL (considerado o colesterol bom), deve ser maior que 40. O nível de LDL (considerado o colesterol ruim), deve ser menor que 130, e o triglicérides deve estar abaixo de 150. Se você tiver alguma doença no coração ou nos vasos sangüíneos, estes índices devem ser respeitados, à fim de evitar maiores problemas. Se os testes não estiverem dentro destes limites, é necessário que o médico o encaminhe para um nutricionista, que o ajudará a baixar a gordura contida na sua alimentação, e a perder peso, se esse for o problema. Um fisiologista poderá elaborar um programa de exercícios. Porém se você tiver acima de 35 anos, ou alguma complicação, deverá passar por uma avaliação antes. Caso nenhuma destas alternativas resolver, será preciso tomar algum medicamento para baixar o colesterol.   
       Copyright by DBO Engenharia - Diabete 1998 - Diretos Reservados  Qualquer problema ou dúvida relacionado com o site webmaster@diabete.com.br

 

ALERTA - ENLATADOS
Dr.Fábio Lopes Olivares
" Toda vez que comprar uma lata de refrigerante, tome o cuidado de lavar a parte de cima com água corrente e sabão e , se for possível, use canudo.

Uma amiga da família morreu depois de beber uma soda em lata! Provavelmente ela não limpou a parte superior da lata antes de beber e a lata estava suja com urina de rato seca, que contem substâncias tóxicas e letais, inclusive leptóspiras, provocadoras da leptospirose.

Bebidas em lata e outros alimentos enlatados ficam guardados em armazéns que geralmente são infestados de roedores, e posteriormente são transportados para as lojas de venda sem a devida limpeza.

Por favor, encaminhe a nota para as pessoas com quem você se preocupa. Complementando, uma pesquisa do Inmetro, confirmou que a tampa da latinha do refrigerante é mais poluída que um banheiro público. Segundo essa pesquisa, a quantidade de vermes e bactérias era tão intensa, que eles sugeriam que se lavasse a tampa da latinha com água e sabão".

Dr.Fábio Lopes Olivares
Setor de Citologia Vegetal
Laboratório de Biologia Celular e Tecidual (LBCT)
Centro de Biociencias e Biotecnologia (CBB)
Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF)
Av. Alberto Lamego, 2000 - Horto
28015-620 - Campos dos Goytacazes - RJ
Tel: (24)7263838 / Tel(fax): (24) 7263714
(É importante que essa mensagem seja divulgada. Faça sua parte e proteja aqueles a quem ama!)

 

Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
 Eu