Home
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
 
Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
NÃO DEIXE DE ASSISTIR AOS VÍDEOS DA LIÇÃO ONDE TEMOS MAPAS, FIGURAS, IMAGENS E EXPLICAÇÕES DETALHADAS DA LIÇÃO
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
 
Deixe Sua Fé Trabalhar
Tenho observado que muitos filhos de Deus estão neutralizando sua fé. Em consequência, estão sendo privados de uma vida plena da presença e do poder do Senhor.
Meu conselho é bastante simples: deixe sua fé trabalhar. Ponha sua fé em ação.
Não deixe sua fé inativa. Ela lhe foi concedida por Deus para produzir extraordinários resultados no seu viver diuturno.
Ofereça uma oportunidade para que sua fé se deixe dinamizar e atue decisivamente em todas as áreas do seu ser.
Deixe sua fé assegurar sua plena justificação: Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo. Rm 5.1.
Deixe sua fé produzir gozo: Ao qual, não o havendo visto, amais; no qual, não o vendo agora, mas crendo, vos alegrais com gozo inefável e glorioso. I Pe 1.8.
Deixe sua fé conduzir sua vida para uma plena e legítima edificação: Nem se dêem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora. I Tm 1.4. Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo, Judas 20.
Deixe a sua fé consolidar a linda obra de adoção, que lhe assegura a plenitude da filiação divina, garantida por Jesus Cristo: Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Gl 3.26. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Jo 1.12.
Deixe sua fé estreitar sua vida de comunhão com Deus, à medida que efetiva em seu viver a bênção da purificação: E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé. At 15.9.
Deixe sua fé proporcionar a estabilidade espiritual tão útil e necessária à sua vida, produzindo uma perfeita paz interior: Ora o Deus de esperança vos encha de todo o gozo e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Rm 15.13.
Deixe a fé esconder você no mais poderoso abrigo que existe no Universo, a virtude do próprio Deus: Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo.I Pe 1.5.
Deixe sua fé atuar com liberdade, de tal maneira que o (a) conduza a uma vida de campeão espiritual: Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. I Jo 5.4.
 
http://gezielgomes.com/samba/index.php?option=com_content&view=article&id=618:deixe-sua-fe-trabalhar&catid=117:devocionais&Itemid=168
 
Confiando Firmemente em Deus - Ev. Luiz Henrique
 
Complementos e Ajuda para professores e alunos: Ev. Luiz Henrique.  
 
TEXTO ÁUREO
“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1 Pe 5.7).
 
VERDADE PRÁTICA
Confiar em DEUS é estar convicto de que Ele está no comando de todas as coisas.
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: Salmos 37.3-8.
3 Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra e, verdadeiramente, serás alimentado. 4 Deleita-te também no SENHOR, e ele te concederá o que deseja o teu coração. 5 Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele tudo fará. 6 E ele fará sobressair a tua justiça como a luz; e o teu juízo, como o meio-dia. 7 Descansa no SENHOR e espera nele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos. 8 Deixa a ira e abandona o furor; não te indignes para fazer o mal.
 
37.4 DELEITA-TE TAMBÉM NO SENHOR. Deleitar-se no Senhor é desejar e fruir a intimidade da sua presença e a veracidade e justiça da sua Palavra (cf. Jó 22.26; 27.10; Is 58.14). Àqueles que se deleitam no Senhor, DEUS atende o desejo de seus corações. 
(1) DEUS atenderá o anseio do coração do crente, se tal desejo estiver de conformidade com a sua vontade (ver Jo 15.7). 
(2) Quando nos comprazemos em DEUS e na sua vontade, o próprio DEUS põe em nosso coração desejos que Ele se propõe a cumprir (Fp 2.13).
37.6 ELE FARÁ SOBRESSAIR A TUA JUSTIÇA COMO A LUZ. Os justos, aflitos pelos pecados do mundo, têm aqui as seguintes promessas: 
(1) respostas às suas orações (vv. 4,5); 
(2) vindicação dos seus justos padrões (v. 6); 
(3) uma herança celestial (vv. 9,11,34); 
(4) o auxílio potente do Senhor (vv. 17-19,39); 
(5) a direção, proteção e presença do Senhor (vv. 23-25,28); e 
(6) a salvação (v. 39).
 
37.7 ESPERA NELE. Este salmo revela como deve proceder o justo quando o ímpio prospera, apesar da sua conduta perversa e imoral. Devemos perseverar firmemente na fé enquanto esperamos que DEUS faça justiça e nos desagrave (cf. v. 1; 73; Pv 3.31; 23.17; 24.1; Jr 12). É possível ter paciência nas aflições e sofrimentos com a ajuda do ESPÍRITO SANTO (Gl 5.22; Rm 8.3,4; cf. Ef 4.1,2; Cl 1.11; 3.12), o qual nos dá a certeza de que em breve DEUS nos retribuirá e castigará os ímpios (cf. Rm 8.28; Hb 12.1,2,5-13).
Confiar (Dicionário Mini Aurélio)
Segurança íntima de procedimento = Temos confiança plena em DEUS, em sua santidade e no futuro que deseja para nós.
Crédito, Fé = Damos a DEUS todo crédito pela nossa salvação e cremos em seu perdão.
Boa fama = A fama de DEUS é de nunca mentir, nunca falhar em suas promessas e nunca perder uma batalha.
Confiança é definida no Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa Caldas Aulete como “convicção íntima acerca da probidade, diligência, talento e discrição de alguém”. A probidade de Jeová está firmemente ancorada na sua benevolência. E podemos ter plena confiança na sua capacidade de fazer o que prometeu, porque o seu próprio nome, Jeová, o identifica como o grandioso Elaborador de Propósitos. (Êxodo 3:14; 6:2-8) Como Criador, ele é a Fonte de força e de energia dinâmica. (Isaías 40:26, 29) Ele é o epítome da verdade, porque “é impossível que DEUS minta”. (Hebreus 6:18) Por isso somos incentivados a depositar implícita confiança em Jeová, nosso DEUS, a grande Fonte de toda a verdade, que possui a onipotência para proteger os que confiam nele e para levar todos os seus grandiosos propósitos a um glorioso término. - Salmo 91:1, 2; Isaías 55:8-11
Por isso confio plenamente em DEUS. (http://br.answers.yahoo.com/question). 
2) Confiança na obra salvadora de CRISTO e aceitação dos seus benefícios (Rm 1.16-17). 
 
CONFIAR EM DEUS É TER FÉ EM DEUS E EM SUAS PROMESSAS.
Exemplos de confiança firme em DEUS:
Abraão, (Oferecendo seu filho).
Moisés, (Enfrentando Faraó).
Josué. (Entrando numa terra alheia para possuí-la).
Calebe
Js 14:12 Vs 12 Dê-me, pois, a região montanhosa que naquela ocasião o SENHOR me prometeu. Na época, você ficou sabendo que os enaquins lá viviam com suas cidades grandes e fortificadas; mas, se o SENHOR estiver comigo, eu os expulsarei de lá, como ele prometeu”. Agora dá-me este monte de que o Senhor falou naquele dia. Naquele dia tu ouviste que os enaquins estavam ali, bem como cidades grandes e fortes. Porventura o Senhor será comigo para os expulsar, como prometeu.
Jônatas 
1Sm 14:6 Vs 6 E Jônatas disse a seu escudeiro: “Vamos ao destacamento daqueles incircuncisos. Talvez o SENHOR aja em nosso favor, pois nada pode impedir o SENHOR de salvar, seja com muitos ou com poucos”. Disse Jônatas ao seu escudeiro: Vem, passemos à guarnição destes incircuncisos. Porventura operará o Senhor por nós, porque para com o Senhor nenhum impedimento há de livrar com muitos ou com poucos.
Davi 
1Sm 17.45 Davi, porém, lhe respondeu: Tu vens a mim com espada, com lança e com escudo; mas eu venho a ti em nome do Senhor dos exércitos, o DEUS dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado.
Micaías
1Rs 22:14 Vs 14 Micaías, porém, disse: “Juro pelo nome do SENHOR que direi o que o SENHOR me mandar”.Porém Micaías disse: Tão certo como vive o Senhor, o que o Senhor me disser, isso falarei.
Os três jovens hebreus
Dn 3:17 Vs Se formos atirados na fornalha em chamas, o DEUS a quem prestamos culto pode livrar-nos, e ele nos livrará das tuas mãos, ó rei. Se formos lançados na fornalha de fogo ardente, o nosso DEUS, a quem nós servimos, pode livrar-nos dela, e ele nos livrará da tua mão, ó rei.
Daniel
Dn 6:10 Vs 10 Quando Daniel soube que o decreto tinha sido publicado, foi para casa, para o seu quarto, no andar de cima, onde as janelas davam para Jerusalém e ali fez o que costumava fazer: três vezes por dia ele se ajoelhava e orava, agradecendo ao seu DEUS. Ora, quando Daniel soube que a escritura estava assinada, entrou em sua casa, no seu quarto em cima, onde estavam abertas as janelas para o lado de Jerusalém, e três vezes no dia se punha de joelhos, orava e dava graças, diante do seu DEUS, como também antes costumava fazer. 
Discípulos de JESUS
At 4:20 Vs 20 Pois não podemos deixar de falar do que vimos e ouvimos”. Pois não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido.
Paulo 
1Ts 2.2 Apesar de termos sido maltratados e insultados em Filipos, como vocês sabem, com a ajuda de nosso DEUS tivemos coragem de anunciar-lhes o evangelho de DEUS, em meio a muita luta. Havendo primeiro padecido, e sido ultrajados em Filipos, como sabeis, tornamo-nos ousados em nosso DEUS, para vos falar o evangelho de DEUS, no meio de grande combate.
Confiar em DEUS implica em confiar em sua salvação:
 
A SEGURANÇA DA SALVAÇÃO
1Jo 5.13 “Estas coisas vos escrevi, para que saibais que tendes a vida eterna e para que creais no nome do Filho de DEUS.”
Todo cristão deseja ter a certeza da salvação, ou seja: a certeza de que, quando CRISTO voltar ou a morte chegar, esse cristão irá estar com o Senhor, no céu (Fp 1.23; 2Co 5.8). O propósito de João ao escrever esta primeira epístola é que o povo de DEUS tenha esta certeza (5.13). Note que João não declara em parte alguma da carta que uma experiência de conversão vivida apenas no passado proporciona certeza ou garantia da salvação hoje. Supor que possuímos a vida eterna, tendo por base única uma experiência passada, ou uma fé morta, é um erro grave. Esta epístola expõe nove maneiras de sabermos que estamos salvos como crentes em JESUS CRISTO. 
(1) Temos a certeza da vida eterna quando cremos “no nome do Filho de DEUS” (5.13; cf. 4.15; 5.1, 5). Não há vida eterna, nem certeza da salvação, sem uma fé inabalável em JESUS CRISTO; fé esta que o confessa como o Filho de DEUS, enviado como Senhor e Salvador nosso.
(2) Temos a certeza da vida eterna quando temos CRISTO como Senhor da nossa vida e procuramos sinceramente guardar os seus mandamentos. “E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de DEUS está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele” (2.3-5; ver também 3.24; 5.2; Jo 8.31, 51; 14.23; Hb 5.9).
(3) Temos a certeza da vida eterna quando amamos o Pai e o Filho, e não o mundo (2.15; cf. 5.4).
(4) Temos a certeza da vida eterna quando habitual e continuamente praticamos a justiça, e não o pecado (2.29). Por outro lado, quem vive na prática do pecado é do diabo (3.7-10; ver 3.9).
(5) Temos a certeza da vida eterna quando amamos os irmãos (3.14; ver também 2.9-11; 4.7, 12, 20; 5.1; Jo 13.34,35).
(6) Temos a certeza da vida eterna quando temos consciência da habitação do ESPÍRITO SANTO em nós. “E nisto conhecemos que ele está em nós: pelo ESPÍRITO que nos tem dado” (3.24). Ver também 4.13: “Nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós, pois que nos deu do seu ESPÍRITO”.
(7) Temos a certeza da vida eterna quando nos esforçamos para seguir o exemplo de JESUS e viver como ele viveu (2.6; cf. Jo 13.15). 
(8) Temos a vida eterna quando cremos, aceitamos e permanecemos na “Palavra da vida”, i.e., o CRISTO vivo (1.1), e de igual modo procedemos com a mensagem de CRISTO e dos apóstolos, conforme o NT (2.24; cf. 1.1-5; 4.6).
(9) Temos a certeza da vida eterna quando temos um intenso anelo e uma inabalável esperança pela volta de JESUS CRISTO, para nos levar para si mesmo. “Amados, agora somos filhos de DEUS, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro” (3.2,3; cf. Jo 14.1-3).
Devemos crer e confiar na  PROVIDÊNCIA DIVINA. 
O crente para usufruir os cuidados providenciais de DEUS em sua vida, tem responsabilidades a cumprir, conforme a Bíblia revela. 
(1) Ele deve obedecer a DEUS e à sua vontade revelada. No caso de José, por exemplo, fica claro que por ele honrar a DEUS, mediante sua vida de obediência, DEUS o honrou ao estar com ele (39.2, 3, 21, 23). Semelhantemente, para o próprio JESUS desfrutar do cuidado divino protetor ante as intenções assassinas do rei Herodes, seus pais terrenos tiveram de obedecer a DEUS e fugir para o Egito (ver Mt 2.13). Aqueles que temem a DEUS e o reconhecem em todos os seus caminhos têm a promessa de que DEUS endireitará as suas veredas (Pv 3.5-7). 
(2) Na sua providência, DEUS dirige os assuntos da igreja e de cada um de nós como seus servos. O crente deve estar em constante harmonia com a vontade de DEUS para a sua vida, servindo-o e ajudando outras pessoas em nome dEle (At 18.9,10; 23.11; 26.15-18; 27.22-24). 
(3) Devemos amar a DEUS e submeter-nos a Ele pela fé em CRISTO, se quisermos que Ele opere para o nosso bem em todas as coisas (ver Rm 8.28). 
Para termos sobre nós o cuidado de DEUS quando em aflição, devemos clamar a Ele em oração e fé perseverante. Pela oração e confiança em DEUS, experimentamos a sua paz (Fp 4.6,7), recebemos a sua força (Ef 3.16; Fp 4.13), a misericórdia, a graça e ajuda em tempos de necessidade (Hb 4.16; ver Fp 4.6). Tal oração de fé, pode ser em nosso próprio favor ou em favor do próximo (Rm 15.30-32; ver Cl 4.3). 
 
RESUMO DA LIÇÃO 13 - CONFIANDO FIRMEMENTE EM DEUS
REVISTA CPAD - 2ºTRIMESTRE DE 2008
COMENTÁRIO
INTRODUÇÃO
Palavra Chave: Confiança - Disposição espiritual pelo qual 
o crente entrega-se, sem reservas, aos cuidados de DEUS.
Convictos de que tudo está em suas mãos. 
I. O QUE É A CONFIANÇA EM DEUS
1. Definição. 
2. A confiança em DEUS como disciplina teológica. 
O livro de Salmos é Teologia espiritual ou devocional. 
II. A BASE DA CONFIANÇA EM DEUS
1. A soberania de DEUS. 
Nada ocorre sem a expressa permissão de DEUS (Dn 4.34-37). 
2. A sabedoria de DEUS. Atributo por intermédio do qual o 
Ser Supremo sustenta todas as coisas.
3. O poder de DEUS. Nada lhe é impossível (Mt 19.26). 
4. A provisão de DEUS. DEUS tudo provisiona, objetivando a 
execução de seus planos em nossa vida. 
5. O amor de DEUS. Todos os atos de DEUS são atos 
do mais puro e elevado amor (Rm 5.5). 
III. EXEMPLOS DE CONFIANÇA EM DEUS
1. Abraão. Cultivava a esperança em DEUS (Rm 4.18; Hb 11.11,12).
2. Jó. Sua confiança em DEUS continuava inabalável (Jó 19.25).
3. Paulo. Paulo possuía uma confiança singular (2 Tm 1.12).
IV. COMO EXERCER A NOSSA CONFIANÇA EM DEUS
1. Vivendo pela fé. “Mas o justo viverá pela sua fé” (Hc 2.4 - ARA). 
2. Vivendo sem ansiedade.Viver tranqüilo e sossegado (Fp 4.6).
3. Vivendo em oração. “Orai sem cessar” (1 Ts 5.17). 
4. Vivendo a Bíblia Sagrada. “Não cesses de falar deste Livro 
da Lei; ….e serás bem-sucedido” (Js 1.8). 
CONCLUSÃO
Confia você inteiramente em DEUS? 
 
SINOPSE DO TÓPICO (1)A confiança em DEUS é a disposição espiritual pelo qual o crente entrega-se, sem reservas, aos cuidados de DEUS.
SINOPSE DO TÓPICO (2)As bases da confiança do crente no Senhor são: a soberania, sabedoria, poder, provisão e amor de DEUS.
SINOPSE DO TÓPICO (3) Nas Escrituras encontramos diversos exemplos de confiança em DEUS, entre eles podemos destacar: Abraão, Jó e Paulo.
SINOPSE DO TÓPICO (4) O cristão exerce confiança em DEUS quando vive pela fé, sem ansiedade, em oração e conforme a Palavra de DEUS.
REFLEXÃO “Levanta os olhos a DEUS nas alturas e pede perdão de teus pecados e negligências. Deixa as vaidades para os fúteis; tu, porém, atende ao que DEUS te manda.” (Tomás de Kempis)
 
AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO
Subsídio Devocional
“Alegria, apesar da morte
Em Filipenses 1.19-21, Paulo manifesta um altíssimo nível de confiança e alegria no que concerne à sua morte. Paulo tinha confiança em quatro coisas que o ajudaram a encarar a morte sem medo:
1. Confiança na Palavra de DEUS. A declaração de Paulo: ‘Porque sei que disto me resultará salvação’ é uma citação textual de Jó 13.16 no Antigo Testamento grego. A palavra ’sei’ vem da palavra grega oida, que significa saber com certeza. Paulo está exprimindo uma firme confiança no que está para acontecer […]
2. Confiança nas Orações dos Santos. Paulo acreditava nos eternos propósitos de DEUS, estabelecidos antes mesmo da existência do tempo. Todavia, era de seu conhecimento que DEUS trabalha e realiza seus propósitos em associação com as orações dos crentes […]
(MACARTHUR, JR. J. O poder do sofrimento. 4.ed., Rio de Janeiro: CPAD, 2002, pp.63-4.)
 
BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
MACARTHUR, JR. J. O poder do sofrimento. 4.ed., RJ: CPAD, 2002.
 
APLICAÇÃO PESSOAL
O crente deve estar em constante harmonia com a vontade de DEUS para a sua vida, servindo-o e ajudando outras pessoas em nome dEle. Devemos amar e submeter-nos a DEUS pela fé em CRISTO, se quisermos que o Senhor opere para o nosso bem em todas as coisas.
Para termos sobre nós o cuidado de DEUS, devemos clamar a Ele em oração e fé perseverante. Pela oração e confiança em DEUS, experimentamos a paz, recebemos a força, a misericórdia, a graça e ajuda divina em tempos de necessidade.
 
 Ajuda:
CPAD - www.cpad.com.br - Bíblias, CD’S, DVD’S, Livros e Revistas. BEP - Bíblia de Estudos Pentecostal.
www.escoladominical.com.br  -  www.ebdweb.com.br
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm  (VÍDEOS da EBD na TV)
BÍBLIA ILUMINA EM CD - Bíblia de Estudo NVI EM CD - Bíblia Thompson EM CD.
 
Home
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos