Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
 
 
LIÇÃO 1 - ATOS - A Ação do ESPÍRITO SANTO Através da Igreja
Lições Bíblicas do 1º Trimestre de 2011 - CPAD - Jovens e Adultos
ATOS DOS APÓSTOLOS - Até aos confins da terra
Comentários da revista da CPAD: Pr. Claudionor de Andrade
Consultor Doutrinário e Teológico da CPAD:  Pr. Antonio Gilberto
Complementos, ilustrações, questionários e vídeos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
QUESTIONÁRIO
 
 
TEXTO ÁUREO
"Mas recebereis a virtude do ESPÍRITO SANTO, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra" (At 1.8).
 
 
VERDADE PRÁTICA
Apesar de suas limitações locais, a Igreja de CRISTO, sob o poder do ESPÍRITO SANTO, universaliza-se em suas conquistas e faz-se irresistível corno Reino de DEUS.
 
 
JESUS confirma a promessa do Pai (At 1.4)
A ascensão de JESUS (At 1.9)
A primeira reunião da Igreja (At 1.15-26)
A missão da Igreja (At 1.8)
A expansão da Igreja (At 6.7)
Conservando a unidade da Igreja pelo ESPÍRITO SANTO (Ef 4.3)
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Atos 1.1-5
1 - Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que JESUS começou, não a fazer, mas a ensinar,
2 - até ao dia em que foi recebido em cima, depois de ter dado mandamentos, pelo ESPÍRITO SANTO, aos apóstolos que escolhera;
3 - aos quais também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas e infalíveis provas, sendo visto por eles por espaço de quarenta dias e falando do que respeita ao Reino de DEUS.
4 - E, estando com eles, determinou-Ihes que não se ausentassem de Jerusalém, mas que esperassem a promessa do Pai, que (disse ele) de mim ouvistes.
5 - Porque, na verdade. João batizou com água, mas vós sereis batizados com o ESPÍRITO SANTO, não muito depois destes dias.
 
1.1 O PRIMEIRO TRATADO. No Evangelho segundo Lucas temos o relato de tudo que JESUS começou a fazer e a ensinar no poder do ESPÍRITO SANTO (Lc 4.1,18). No livro de Atos temos a continuação do relato de como seus seguidores, no mesmo poder do ESPÍRITO SANTO, proclamaram o mesmo evangelho, operaram o mesmo tipo de milagre e viveram o mesmo tipo de vida cristã. O ESPÍRITO SANTO reproduzindo a vida e o ministério de JESUS através da igreja é a principal ênfase teológica do livro de Atos. Este livro poderia muito bem ser chamado Os Atos do ESPÍRITO SANTO . Observe os itens abaixo sobre o registro inspirado do ESPÍRITO SANTO no livro de Atos.
(1) Todo o texto bíblico de Atos, inclusive o das narrativas históricas, tem relevância didática (i.e., ensino) e teológica. Dois fatos confirmam esta verdade. (a) A declaração bíblica de que Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça (2 Tm 3.16). (b) A declaração paulina de que as narrativas do AT têm um propósito didático e instrutivo (1 Co 10.11). Ele afirma que essas narrativas são exemplos de relevância prática e teológica para o crente (Rm 15.4). O que é válido às narrativas históricas do AT também o é a Atos.
(2) Os propósitos primários que Lucas tinha em mente ao escrever o livro de Atos eram, portanto, os seguintes:
(a) apresentar um padrão definitivo da atividade do ESPÍRITO SANTO, a ser seguido durante toda a era da igreja;
(b) fornecer dados para a formulação de uma doutrina do ESPÍRITO SANTO; e
(c) mostrar como essa doutrina deve relacionar-se com a vida dos crentes em CRISTO.
Note especificamente dois elementos neste livro que são normativos na teologia e na prática:
(i) o registro repetido e harmônico de Lucas das muitas ocasiões em que ocorreu o batismo no ESPÍRITO SANTO, ou quando os crentes foram cheios do ESPÍRITO SANTO (ver 2.39; cf. 1.5,8; 2.4; 4.8,31; 8.15-17; 9.17; 10.44-46; 13.9,52; 15.8; 19.1-6);
(ii) as muitas atividades do ESPÍRITO SANTO no livro de Atos, que forneceram à igreja os padrões de justiça, de testemunho e do poder que DEUS deseja para seu povo nos últimos dias (i.e., na era da igreja).
1.3 SE APRESENTOU VIVO. Ver Mt. 28.9.
URGÊNCIA EM ALEGRAR-SE
A saudação de JESUS foi um convite à alegria, Mt 28.9. A palavra grega chairete significa "alegrai-vos". A Bíblia de Jerusalém traduz: "E eis que JESUS veio ao seu encontro e lhes disse: Alegrai-vos!”, Mt 28.9.
O misto de alegria e tristeza causado pelo anúncio da ressurreição feito pelos anjos, Mt 28.8, transformou-se em alegre adoração diante da evidência da ressurreição, Mt 28.9. Além da alegria, a presença do CRISTO ressurreto traz paz, poder (ESPÍRITO SANTO) e missão, Jo 20.19-22.
1.4 A PROMESSA DO PAI. O prometido dom do Pai (Jl 2.28,29; Mt 3.11) é o batismo no ESPÍRITO SANTO (ver v. 5). O cumprimento desta promessa, no entanto, é descrito como ser cheios do ESPÍRITO SANTO (2.4). Assim, batizado no ESPÍRITO e cheio do ESPÍRITO , às vezes, são usados como equivalentes nas Escrituras. A partícula grega que aparece nos pertinentes textos do NT leva para a tradução com ou no ESPÍRITO SANTO, em se tratando do batismo pentecostal. Este batismo com ou no ESPÍRITO SANTO, não deve ser identificado com o recebimento do ESPÍRITO SANTO na ocasião da regeneração. São duas obras distintas do ESPÍRITO, muitas vezes separadas por um período de tempo.
1.5 BATIZADOS COM O ESPÍRITO SANTO. A preposição com é a partícula grega en, que pode ser traduzida como "em" ou "com" . Por isso, muitos preferem a tradução sereis batizados no ESPÍRITO SANTO . Da mesma forma, batizados com água pode ser traduzido batizados em água . O próprio JESUS é aquele que batiza no ESPÍRITO SANTO os que nEle crêem.
 
Observações sobre o livro de Atos dos Apóstolos:
Assim como a Igreja em seu início saiu do cenáculo e atingiu o mundo, assim devemos sair de entre as quatro paredes e alcançarmos todas as almas para CRISTO.
Veremos um resumo dos 30 primeiros anos da Igreja na Terra, através do livro de Atos dos Apóstolos.
Lucas, seu autor, poderia te-lo escrito a fim de defender o cristianismo e principalmente Paulo das acusações que lhe pesavam sobre a cabeça, pelo império romano que via o cristianismo como uma ameaça político-religiosa.
O título mais apropriado para o livro seria a meu ver "Atos de JESUS CRISTO pós-ressurreição, através do ESPÍRITO SANTO, agindo na Igreja iniciada pelos apóstolos em Jerusalém, atingindo todo o mundo habitado, graças ao poder recebido a partir do batismo no ESPÍRITO SANTO".
A data mais provável deve ser entre o ano 60e o ano 63, pois já em 64 houve uma grande perseguição à Igreja, por Nero, e esse fato com certeza seria descrito por Lucas, historiador que era - nunca a data poderia ser depois de 70, pois Lucas registraria o fato da destruição de Jerusalém por Tito, general romano.
Por incrível que pareça, existem denominações que separam para o santo ministério pessoas que nem batizados com o ESPÍRITO SANTO são, contrariando a a palavra de DEUS dita por JESUS CRISTO em Atos 1.4,5,8.
Quando aceitamos a JESUS CRISTO como Salvador e Senhor recebemos o ESPÍRITO SANTO, assim como os discípulos O receberam através do sopro de JESUS. Só depois é que foram batizados Com O ESPÍRITO SANTO, no dia do Pentecostes.
É interessante notar que a doutrina do ESPÍRITO SANTO é introduzida por Lucas em seu evangelho, sempre buscando informações sobre as vezes em que JESUS cita o ESPÍRITO SANTO. Agora em Atos Lucas fala abertamente sobre essa tão insubstituível doutrina para a Igreja que quer ser militante no evangelho do reino de DEUS.
 
 

ATOS DOS APÓSTOLOS - BEP - CPAD
Esboço
Introdução (1.1-11)

I. O Derramamento do ESPÍRITO SANTO (1.12 — 2.41)
A. A Preparação para a Promessa (1.12-26)
B.O Dia do Pentecoste (2.1-41)

II. Os Primeiros Dias da Igreja em Jerusalém (2.42—8.1a)
A. Características da Igreja Apostólica em Seguida ao Derramamento do ESPÍRITO (2.42-47)
B. Um Grande Milagre e Seus Efeitos (3.1—4.31)
C. A Comunidade de Bens dos Primeiros Cristãos (4.32—5.11)
D. Mais Curas e a Resistência da Religião Oficial (5.12-42)
E. A Escolha de Sete Diáconos (6.1-7)
F. Estêvão: O Primeiro Mártir do Cristianismo (6.8—8.1a)

III. A Perseguição Leva à Expansão (8.1b—9.31)
A. Os Crentes Dispersos na Judéia e Samaria (8.1b-4)
B. Filipe: O Ministério de um Evangelista (8.5-40)
C. Saulo de Tarso: A Conversão de um Perseguidor (9.1-31)

IV. O Cristianismo Propaga-se entre os Gentios (9.32—12.25)
A. O Ministério de Pedro em Lida e em Jope (9.32-43)
B. A Missão de Pedro aos Gentios em Cesaréia (10.1-48)
C. O Informe de Pedro à Igreja de Jerusalém e a Aprovação da Sua Decisão (11.1-18)
D. Antioquia: A Primeira Igreja Gentia (11.19-30)
E. Perseguição sob Herodes Agripa I (12.1-23)
F. Resumo do Crescimento da Igreja (12.24,25)

V. Primeira Viagem Missionária de Paulo (13.1—14.28)
A. Paulo e Barnabé Comissionados pela Igreja Local de Antioquia (13.1-3)
B. Início da Evangelização da Província da Ásia (13.4—14.28)

VI. O Concílio de Jerusalém (15.1-35)

VII. Segunda Viagem Missionária de Paulo (15.36—18.22)
A. Divergência entre Paulo e Barnabé (15.36-40)
B. Visita às Igrejas Fundadas (15.41—16.5)
C. Novas Regiões Evangelizadas na Província da Ásia (16.6—18.21)
D. Regresso à Antioquia da Síria (18.22)

VIII. Terceira Viagem Missionária de Paulo (18.23—21.16)
A. A Caminho de Éfeso (18.23)
          Parêntese: O Ministério de Apolo (18.24-28)
B. Um Prolongado Ministério em Éfeso (19.1-41)
C. Viagem à Macedônia, Grécia e Volta à Macedônia (20.1-5)
D. Regresso a Jerusalém (20.6—21.16)

IX. A Prisão de Paulo e Seu Ministério Enquanto Preso (21.17—28.31)
A. Em Jerusalém (21.17—23.35)
B. Em Cesaréia (24.1—26.32)
C. A Caminho de Roma (27.1—28.15)
D. Em Roma (28.16-31)

Autor: Lucas
Tema: A Propagação Triunfal do Evangelho pelo Poder do ESPÍRITO SANTO
Data:Cerca de 63 d.C.

Considerações Preliminares

O livro de Atos, e de igual modo o Evangelho segundo Lucas, é endereçado a um homem chamado “Teófilo” (1.1). Embora nenhum dos dois livros identifique nominalmente o autor, o testemunho unânime do cristianismo primitivo e a evidência interna confirmatória dos dois livros denotam que ambos foram escritos por Lucas, “o médico amado” (Cl 4.14).
O ESPÍRITO SANTO inspirou Lucas a escrever a Teófilo a fim de suprir na igreja a necessidade de um relato completo dos primórdios do cristianismo. (1) “O primeiro tratado” foi seu Evangelho a respeito da vida de JESUS, e (2) o segundo foi seu relato, em Atos, sobre o derramamento do ESPÍRITO em Jerusalém e sobre o crescimento da igreja primitiva. Torna-se claro que Lucas era um escritor habilidoso, um historiador consciente e um teólogo inspirado.
Atos abrange, de modo seletivo, os primeiros trinta anos da história da igreja. Como historiador eclesiástico, Lucas descreve, em Atos, a propagação do evangelho, partindo de Jerusalém até Roma. Ele menciona nada menos que 32 países, 54 cidades, 9 ilhas do Mediterrâneo, 95 diferentes pessoas e uma variedade de membros e funcionários do governo com seus títulos precisos. A arqueologia continua a confirmar a admirável exatidão de Lucas em todos os seus pormenores. Como teólogo, Lucas descreve com habilidade a relevância de várias experiências e eventos dos primeiros anos da igreja.
Na sua fase inicial, as Escrituras do NT consistiam em duas coletâneas: (1) os quatro Evangelhos, e (2) as Epístolas de Paulo. Atos desempenhou um papel substancial como elo de ligação entre as duas coletâneas, e faz jus à posição que ocupa no cânon. Nos caps. 13—28, temos o acervo histórico necessário para bem compreendermos o ministério e as cartas de Paulo. O pronome “nós”, empregado por Lucas através de Atos (16.10-17; 20.5—21.18; 27.1—28.16), aponta-o como estando presente nas viagens de Paulo.

Propósito
Lucas tem pelo menos dois propósitos ao narrar os começos da igreja. (1) Demonstra que o evangelho avançou triunfalmente das fronteiras estreitas do judaísmo para o mundo gentio, apesar da oposição e perseguição. (2) Revela a missão do ESPÍRITO SANTO na vida e no papel da igreja e enfatiza o batismo no ESPÍRITO SANTO como a provisão de DEUS para capacitar a igreja a proclamar o evangelho e a dar continuidade ao ministério de JESUS. Lucas registra três vezes, expressamente, o fato de o batismo no ESPÍRITO SANTO ser acompanhado de enunciação em outras línguas (2.1-4.; 10.44-47; 19.1-6). O contexto destas passagens mostra que isto era normal no princípio da igreja, e que é o padrão permanente de DEUS para ela.

Visão Panorâmica
Enquanto o Evangelho segundo Lucas relata “tudo que JESUS começou, não só a fazer, mas a ensinar” (1.1), Atos descreve o que JESUS continuou a fazer e a ensinar depois de sua ascensão, mediante o poder do ESPÍRITO SANTO, operando em, e através dos seus discípulos e da igreja primitiva. Ao ascender ao céu (1.9-11), a última ordem de JESUS aos discípulos foi para que permanecessem em Jerusalém até que fossem batizados no ESPÍRITO SANTO (1.4,5). O versículo-chave de Atos (1.8) contém um resumo teológico e geográfico do livro: JESUS promete aos discípulos que receberão poder quando o ESPÍRITO SANTO vier sobre eles; poder para serem suas testemunhas (1) em Jerusalém (1—7), (2) em toda a Judéia e Samaria (8—12) e (3) até aos confins da terra (13—28).
Nos caps. 1—12, o centro principal irradiador da igreja é Jerusalém. Aqui, Pedro é o mais destacado instrumento usado por DEUS para pregar o evangelho. Nos caps. 13—28, o centro principal de irradiação passou a ser Antioquia da Síria, onde o instrumento de maior realce nas mãos de DEUS foi Paulo para levar o evangelho aos gentios. O livro de Atos termina de modo repentino com Paulo em Roma aguardando julgamento perante César. Mesmo com o resultado do referido julgamento ainda pendente, o livro termina de modo triunfante, estando Paulo prisioneiro, porém cheio de ânimo e sem impedimento para pregar e ensinar acerca do reino de DEUS e do Senhor JESUS (28.31).

Características Especiais

Nove principais destaques assinalam o livro de Atos. (1) A igreja. Atos revela a origem do poder da igreja e a verdadeira natureza da sua missão, juntamente com os princípios que devem norteá-la em todas as gerações. (2) O ESPÍRITO SANTO. A terceira pessoa da Trindade é mencionada cinqüenta vezes; o batismo no ESPÍRITO SANTO e o seu ministério outorgam poder (1.8), ousadia (4.31), santo temor a DEUS (5.3,5,11), sabedoria (6.3,10), direção (16.6-10), e dons espirituais (19.6). (3) Mensagens da igreja primitiva. Lucas relata com habilidade os ensinos inspirados de Pedro, Estêvão, Paulo, Tiago, e outros, apresentando assim um quadro da igreja primitiva não encontrado noutro lugar do NT. (4) Oração. Os cristãos primitivos dedicavam-se às orações com regularidade e fervor, que, às vezes, duravam a noite inteira, produzindo resultados maravilhosos. (5) Sinais, maravilhas e milagres. Estas manifestações acompanhavam a proclamação do evangelho no poder do ESPÍRITO SANTO. (6) Perseguição. A proclamação do evangelho com poder dava origem à oposição religiosa e/ou secular. (7) A ordem judaica/gentia. Do começo ao fim de Atos, o evangelho alcança primeiro os judeus e, depois, os gentios. (8) As mulheres. Há menção especial às mulheres dedicadas à obra contínua da igreja. (9) Triunfo. Barreira alguma nacional, religiosa, cultural, ou racial, nem oposição ou perseguição puderam impedir o avanço do evangelho.

Princípio Hermenêutico
Há quem considere o conteúdo do livro de Atos como se pertencesse a uma outra era bíblica e não como o padrão divino para a igreja e seu testemunho durante todo o período que o NT chama de “últimos dias” (cf. 2.17). O livro de Atos não é simplesmente um compêndio de história da igreja primitiva; é o padrão perene para a vida cristã e para qualquer congregação cheia do ESPÍRITO SANTO.
Os crentes devem desejar, buscar e esperar, como norma para a igreja atual, todos os fatos vistos no ministério e na experiência da igreja primitiva.
 
Atos e a evangelização
A IGREJA DE JERUSALÉM ERA CHEIA DO ESPÍRITO SANTO! Analisemos:
(1) - HAVIA ESTUDO DA PALAVRA DE DEUS (At 2:42) - Esta Igreja não se orientava pelas “novas revelações”. Era, sim, submissa à doutrina dos apóstolos.
(2) - HAVIA COMUNHÃO (At 2:42) - A palavra grega é KOINONIA, cujo significado é duplo:
(A) - Compartilhar nossos recursos materiais e nossas potencialidades inatas, inclusive trocando serviços na comunidade; e
(B) - Princípio de caridade ao pobre, tendo como base At 2:45 e 11:29, ou seja, DAR NA MEDIDA DA POSSE; NA MEDIDA QUE ALGUÉM TENHA NECESSIDADE. Se pretendemos ser uma Igreja como a de Jerusalém, não podemos estar alheios às necessidades dos irmãos e às do nosso próximo
(3) - HAVIA ADORAÇÃO (At 2:42) - “…no partir do pão e nas orações” - No culto a Deus deve haver lugar para os hinos, as manifestações de louvor e a liturgia (= SERVIÇO DIVINO - Significa, primariamente, o serviço que prestamos a Deus. Com a evolução dos séculos, passou a designar a linguagem, os gestos e cânticos usados no culto cristão)
(4) - HAVIA EVANGELISMO (At 2:47) - A evangelização da Igreja de Jerusalém tinha cinco dimensões:
(A) - A DIMENSÃO DA SOBERANIA DE DEUS - “…acrescentava-lhes o Senhor”
(B) - A DIMENSÃO DA COERÊNCIA E AUTORIDADE - Eles aglutinavam serviço social e evangelismo. Era uma Igreja que evangelizava todo o homem e cuidava do “homem todo”.
(C) - A DIMENSÃO DA NATURALIDADE - “… dia a dia” eles evangelizavam. Não precisavam de grandes eventos ou apresentações especiais; estavam sempre disponíveis e a Igreja crescia naturalmente aonde iam.
(D) - A DIMENSÃO DO LOUVOR - “… louvando a Deus” - Esta deve ser a maneira do cristão viver. O mundo não se deixará convencer pela razoabilidade da nossa doutrina, mas por um estilo de vida.
(E) - A DIMENSÃO DA SIMPATIA - Às vezes, pensamos que se orarmos, jejuarmos, formos sinceros e piedosos, teremos sucesso automaticamente quando evangelizarmos. Mas precisamos ter a estratégia, também. A Igreja de Jerusalém usava o método certo: A SIMPATIA.
(5) - O CRESCIMENTO SE DEU PELA MULTIPLICAÇÃO (At 6:7) - Na obra do crescimento, não podem existir as operações de diminuir ou dividir.
(6) - O CRESCIMENTO SE DEU PELA EVANGELIZAÇÃO DOS LARES (At 5:42) - Aqui está o ponto de maior importância relacionado com a expansão da Igreja. As casas são locais ideais para o trabalho de evangelização objetivando o crescimento da Igreja.
(7) - O CRESCIMENTO SE DEU PELA IMPLANTAÇÃO DE NOVAS IGREJAS (At 9:31) - Mais uma vez vemos o verbo “MULTIPLICAR” que vem ressaltar a descentralização do trabalho. Onde quer que os novos crentes chegassem, uma nova Igreja era implantada.
- Em suma: A evangelização, no poder do Espírito Santo, propiciou o crescimento e a expansão da Igreja em proporções geométricas. Analisemos:
(1) - (At 1:13 - doze apóstolos);
(2) - (At 1:15 - quase 120 pessoas);
(3) - (At 2:41 - quase 3000 pessoas);
(4) - (At 2:47 - Todos os dias almas eram salvas);
(5) - (At 4:4 - quase 5000 almas);
(6) - (At 5:14 - multidão crescia cada vez mais);
(7) - (At 5:28 - Jerusalém foi evangelizada);
(8) - (At 6:1 - crescia o número de discípulos);
(9) - (At 6:7 - multiplicava-se o número de discípulos);
(10) - (At 8:4 - os que fugiram de Jerusalém, pregaram em toda Samaria);
(11) - (At 9:31 - Igrejas se multiplicavam em toda Judéia, Galiléia e Samaria);
(12) - (At 9:35 - Todos os habitantes de Lida e Sarona se converteram ao Senhor);
(13) - (At 9:42 - Por toda Jope muitos creram no Senhor);
(14) - (At 11:19 - Evangelização dos judeus na Fenícia, Chipre e Antioquia);
(15) - (At 11:20-21 - Grande número de salvos em Antioquia);
(16) - (At 11:24 - Muita gente salva em Antioquia);
(17) - (At 12:24 - A palavra de Deus crescia e se multiplicava);
(18) - (At 14:1 - Uma grande multidão foi salva em Icônio);
(19) - (At 16:5 - As Igrejas cresciam em número);
(20) - (At 17:4 - Grande multidão creu em Tessalônica);
(21) - (At 17:12 - Muitos salvos em Beréia);
(22) - (At 18:10 - Muita gente salva em Corinto);
(23) - (At 19:10 - Todos os habitantes da Ásia ouviram a Palavra);
(24) - (At 21:20 - Milhares de judeus creram)
 
 
REFLEXÃO
"Pela fé em JESUS CRISTO e através do poder do ESPÍRITO SANTO, a igreja cristã pode se um agente de mudanças." Bíblia de Estudos Aplicação Pessoal.
 
 
RESUMO DA LIÇÃO 1 - ATOS - A Ação do ESPÍRITO SANTO Através da Igreja
I. AUTORIA, DATA E TEMA
1. Autoria.
2. Data de composição.
3. Tema.
II. O CONTEÚDO DE ATOS DOS APÓSTOLOS
1. Eventos pré-pentecostais.
a) A ascensão de CRISTO.
b) A eleição de Matias.
2. Evento Pentecostal.
3. Eventos missionários.
a) A expansão em Jerusalém.
b) A expansão da Igreja na Judéia e Samaria.
c) A expansão da Igreja entre os gentios.
III. O PROPÓSITO DE ATOS DOS APÓSTOLOS
1. Narrar a expansão da Igreja.
2. A justificar os Atos dos Apóstolos.
3. Estimular aos crentes.
 
SINOPSE DO TÓPICO (1)
Lucas participa da história da Igreja Primitiva, não somente como autor, mas como um personagem presente e ativo.
SINOPSE DO TÓPICO (2)
A ascensão de CRISTO e a eleição apostólica de Matias foram os eventos que antecederam o Pentecostes.
SINOPSE DO TÓPICO (3)
A expansão da Igreja deu-se em duas etapas: de Jerusalém à Samaria, de forma espontânea; de Antioquia à Roma, de forma planejada e intencional.
 
DICIONÁRIO:
Paracleto: "Aquele que é chamado ao lado de..."; Defensor advogado.
Escatologia: Estudo sistemático e lógico das doutrinas concernentes às últimas coisas.
Parousia: Presença, vinda ou chegada do Rei.
Vacância: Condição ou estado do que não se acha preenchido ou ocupado.
 
BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
PEARMAN, Myer. Atos: E a Igreja se Fez Missões. 2.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 1999.
ZUCK, Roy et aI. Teologia do Novo Testamento. l.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008.
VEJA MAIS NA Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 45 e pag. 36
 
Subsídio Bibliológico
Atos dos Apóstolos
"Os capítulos iniciais do Livro de Atos definem os alicerces do explosivo crescimento da jovem igreja. Por cerca de quarenta dias os discípulos foram ensinados, por JESUS, sobre o Reino de DEUS e sua responsabilidade de difundir a mensagem de JESUS até aos confins da terra" (1.1-8). A ascensão visível de CRISTO ao céu foi seguida por um breve período de espera, durante o qual os discípulos escolheram um fiel seguidor de JESUS para assumir o lugar de Judas Iscariotes (1.9-26). Esta espera terminou no dia de Pentecostes.
Os primeiros capítulos de Atos apresentam os temas que percorrem todas as epístolas do Novo Testamento, e são vitais para nós hoje. O primeiro tema é o ESPÍRITO SANTO. Sua vinda inaugura a igreja. O segundo tema é a evangelização. Os primeiros cristãos são levados a proclamarem o Senhor [...]. O terceiro motivo é a comunhão. Os membros da jovem igreja são unidos por comprometimento compartilhado com JESUS. Eles adoram, estudam, repartem e oram juntos, em unidade que inspira profundo carinho de uns pelos outros. Embora devamos encarar o Livro de Atos como documento descritivo que retrata o que aconteceu no século I, em lugar de encará-Io como um documento prescritivo que nos instrui sobre como devemos viver hoje, estes três temas nos lembram de como dependência do ESPÍRITO, paixão pela evangelização e comprometimento com a comunhão são vitais para qualquer pessoa que procure seguir a JESUS CRISTO em nossa época" (RICHARDS, Lawrence O.
Comentário Histórico-Cultural, do Novo Testamento. 1. ed. Rio de, Janeiro: CPAD. 2007. pp. 251-2).
A Eclesiologia em Lucas
"No pensamento de Lucas, a Igreja relaciona-se com algumas coisas antigas e novas. Ela está ligada às coisas antigas porque compartilha as promessas feitas e entrega essa mensagem ao mundo. Ela está ligada às coisas novas porque é uma estrutura totalmente nova por meio da qual, agora, DEUS opera. Os apóstolos proclamavam nas sinagogas que JESUS é o cumprimento da Lei do Antigo Testamento, portanto, todo judeu que respondia as promessas devia vir a JESUS. A argumentação dos apóstolos era que o fim natural do judaísmo encontrava-se em JESUS. No início de Atos dos Apóstolos, os apóstolos não parecem considerar que foram chamados a se separar de Israel. Eles iam ao Templo e se reuniam lá (At 3.1-10; 4.1,2; 5.12). A prática deles era sensível em relação às preocupações judaicas (15.1-35; 21.17-26). [u.] Até mesmo quando Paulo deixou os judeus para ir aos gentios, ele ainda ia à sinagoga, ou ao Templo, das cidades que viajava (13.46 - 14.1; 18.6 com 21.26) [.u] Os judeus que ouviam Paulo ficavam informados que eles, para seguir até o fim seu compromisso com DEUS, tinham de abraçar a mensagem da promessa inaugurada e se tornar membros da nova comunidade. Entretanto, os eventos forçaram a Igreja a se separar do Judaísmo, por causa da rejeição judaica. Como resultado disso, a Igreja emergiu como uma comunidade independente da sinagoga.
Lucas via essa comunidade que surgia como algo novo. Por isso, em At 11.15, Pedro, ao se referir aos eventos de 2.1-4, usa a expressão 'ao princípio'. Agora, nos termos lucanos, ela é o início da realização da promessa, conforme as declarações de Pedro relacionadas com a primeira distribuição do ESPÍRITO (At 2.14-36) [.u]. Assim, o surgimento da Igreja teve sua origem na vinda do ESPÍRITO SANTO. Atos 11.15-18 torna a concessão do ESPÍRITO o marco inicial dessa nova era e desse novo grupo de fiéis. Lucas explica como esse grupo torna-se distinto do judaísmo e, mesmo assim, tem o direito de proclamar as promessas que costumam pertencer exclusivamente às sinagogas. DEUS está presente nessa nova comunidade. Em Atos 11, o ponto adicional a respeito desse novo grupo é que DEUS incluiu os gentios nesse círculo de bênçãos com sua intervenção direta (w.II-18). Em Atos 2, os eventos da fundação da igreja fazem paralelo com os eventos da casa de Cornélio, registrados em Atos 10.1-11;18, mostrando, sem deixar a menor sombra de dúvida, que DEUS agiu para incluir os gentios" (ZUCK, Roy. et aI. Teologia do Novo Testamento. 1. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2008, pp. 156-57).
 
VISÃO PANORÂMICA DE ATOS DOS APÓSTOLOS
(Pr. Geziel Gomes)
1. LOCALIZAÇÃO
1.1 Quadragésimo-quarto livro da Bíblia
1.2 Quinto livro do NT
1.3 Situado entre os 4 Evangelhos e as Epístolas Paulinas
1.4 Nos primeiros anos foi chamado de Quinto Evangelho.
2. DADOS ESTATÍSTICOS
2.1 Contém 28 capítulos e 1,007 versículos
2.2 O nome de João é mencionado 3 vezes
2.3 Cobre um período de aproximadamente 33 anos
2.4 Menciona  30 países, 39 cidades, 21 milagres e 15 pregações.
2.5 São relatadas 9 viagens missionárias.
2.6 57 pessoas estão associadas ao Ministério de Paulo.
2.7Aparecem 28 títulos de CRISTO;11de DEUS Pai;e 4 do ESPÍRITO SANTO.              
2.8 Contem 25 referências do Antigo Testamento.
2.9 Tomados com um todo, o Evangelho de Lucas e o livro de Atos representam cerca de vinte e cinco dos escritos da Era Cristã
2.10 Mais de 100 nomes pessoais citados (isto certamente destaca o valor do indivíduo.
3. DESTINATÁRIO: TEÓFILO
3.1 Nome grego: “amigo, amante de DEUS”
3.2 Uma autoridade do Império Romano?
3.3 O advogado pessoal de Paulo durante sua defesa em Roma?
3.3 Um novo convertido, profundamente interessado no Evangelho?
3.4 Uma pessoa influente, interessada no Evangelho?
3.5 Um nome simbólico?
3.6 Muitos estudiosos afirmam que Teófilo deveria ter sido uma autoridade romano simpático à causa do Evangelho. Talvez Lucas escreveu o livro de Atos como uma defesa do Cristianismo, em tempos de perseguição, a fim de demonstrar que não se tratava de um movimento subversivo liderado pelos seguidores de JESUS.
4. ESCRITOR: LUCAS
4.1 Um médico conhecido, amigo e companheiro de Paulo, Cl 4.14; II Tm 4.11; Fl 24.                       
4.2 Escreveu o terceiro Evangelho. A similaridade de estilo e de vocabulário entre os dois livros não deixa dúvidas quanto à autoria de Lucas.
4.3 Escreveu provavelmente da Acaia ou de Roma
4.4 Lucas não foi uma testemunha ocular do ministério de CRISTO. Ele escreveu Atos como o resultado do recolhimento de informações.
4.5 Ele foi companheiro e amigo de Paulo durante muitos anos. Veja o uso de EU e NÓS por exemplo em At 16:10-17; 20:5-16; 21:1-18; 27:1-28:16, etc.
5.DATA: Escrito entre os anos 60 e 63 a.D. 
6.VISÃO GERAL DO CONTEÚDO DO LIVRO
6.1 “Um dos mais enfáticos livros da Bíblia, porque aborda um fator muito importante - a Igreja planejada, destinada, revelada e finalmente inaugurada”.
6.2 “Um livro de ações, de trabalho, de movimento contínuo, o que identifica a natureza da Igreja.”.
6.3 Único livro histórico do NT
6.4  Único livro que retrata a história da Igreja Primitiva
6.5  O mais extenso livro do NT.
6.6  “Ätos assinala a transição da atuação de DEUS do meio dos judeus para uma dimensão universal de Sua Igreja. Em um senso real o leitor de Atos segue desde Jerusalém até os confines da terra”  (Walvoord, Zuck, 1983, p.349.)   
 
QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 1 - ATOS - A Ação do ESPÍRITO SANTO Através da Igreja
RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 1º TRIMESTRE DE 2011
Complete os espaços vazios e marque com "V" as respostas corretas e com "F" as falsas.
  
TEXTO ÁUREO
1- Complete:
"Mas recebereis a _______________________ do ESPÍRITO SANTO, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis __________________________ tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samária e até aos __________________________ da terra" (At 1.8).
 
VERDADE PRÁTICA
2- Complete:
Apesar de suas ___________________________ locais, a Igreja de CRISTO, sob o _________________________ do ESPÍRITO SANTO, universaliza-se em suas conquistas e faz-se ______________________________ como Reino de DEUS.
 
INTRODUÇÃO
3- Com a leitura e estudo de Atos dos Apóstolos, que tipo de igreja encontraremos, conforme adverte-nos o pastor inglês John Stott? Complete:
"A leitura de Atos não deve levar-nos a uma ____________________________ da Igreja Primitiva, como se ela não possuísse nenhum ________________________. Como veremos adiante, ela tinha muitos". Sim, não encontraremos uma igreja perfeita, mas uma igreja poderosa e _________________________ que espalha o Evangelho de CRISTO sem impedimento algum.
 
I. AUTORIA, DATA E TEMA
4- Em seu Evangelho, Lucas fez um relato fidedigno e metódico pondo "em ordem a narração dos fatos" - De quem Lucas ouviu o que escreveu?
(    ) Dos sacerdotes do templo.
(    ) Dos apóstolos.
(    ) Das autoridades romanas.
 
5- Segundo F. B. Meyer, como devem ser conhecidos também os Atos dos Apóstolos?
(    ) "os Atos do ESPÍRITO SANTO que veio do céu".
(    ) "os Atos do ESPÍRITO do CRISTO que ascendeu ao céu".
(    ) "os Atos dos apóstolos de CRISTO que ascendeu ao céu".
 
6- De quem é a Autoria de Atos dos apóstolos?
(    ) De Lucas.
(    ) De Paulo.
(    ) De Tiago.
 
7- Cite algumas características de Lucas:
(    ) Um homem excepcional, culto e possuidor de um estilo literário de impressionante grandeza.
(    ) Brilhante escritor, tento escrito o prólogo de seu evangelho num grego que se aproxima do clássico.
(    ) Lucas também era médico. E mui amado por todos.
(    ) Lucas, além de médico, era advogado brilhante.
(    ) Pelo que depreendemos de sua obra, veio ele a converter-se depois da ascensão do Senhor JESUS.
(    ) A partir da segunda viagem missionária de Paulo, encontramo-Io a participar ativamente da evangelização dos gentios.
 
8- Em que data foi composto o livro de Atos dos Apóstolos?
(    ) Lucas concluiu os Atos dos Apóstolos entre os anos 80-90.
(    ) Lucas concluiu os Atos dos Apóstolos entre os anos 61-63.
(    ) Antes da execução de Paulo e bem antes da destruição de Jerusalém pelos romanos.
(    ) Após a execução de Paulo e depois da destruição de Jerusalém pelos romanos.
 
9- Acerca da historiografia lucana, como manifesta-se A. N. Sherwin White, emérito professor de história da Universidade de Oxford?
(    ) "Para o autor de Atos, a confirmação ou não da historicidade dos fatos deixa de ser fundamental".
(    ) "Para o autor de Atos, a confirmação da historicidade dos fatos não é fundamental".
(    ) "Para o autor de Atos, a confirmação da historicidade dos fatos é fundamental".
 
10- Qual o Tema Central de Atos dos Apóstolos?
(    ) A cooperação dos judeus na propagação do Evangelho de CRISTO através do ESPÍRITO SANTO.
(    ) A expansão triunfal do Evangelho de CRISTO através da Igreja no poder do ESPÍRITO SANTO.
(    ) O esforço da Igreja e seu sofrimento para cumprir o IDE de CRISTO no poder do ESPÍRITO SANTO.
 
II. O CONTEÚDO DE ATOS DOS APÓSTOLOS
11- Como podemos dividir o conteúdo de Atos dos Apóstolos? Complete:
Eventos Pré-_________________________ (At 1); Evento ______________________________ (At 2); A expansão do Evangelho em _____________________________ (At 3-7); A expansão do Evangelho na ___________________________ e Samaria (At 8-12); A expansão do Evangelho entre os ________________________ (At 13-28).
 
12- De que maneira as divisões de Atos dos Apóstolos acompanham a ordem de JESUS em Atos 1.8? Ligue a primeira coluna de acordo com a segunda:
 
Evento Pentecostal.
 
a) A ascensão de CRISTO. Fato histórico comprovado e testemunhado por centenas de pessoas (At 1.15; 1 Co 15.6).e b) A eleição de Matias. A Igreja não poderia ser inaugurada com o colégio apostólico incompleto (At 1.15-26)
Eventos pré-pentecostais.
 
a) A expansão em Jerusalém. No Sermão do Pentecostes, quase três mi almas agregaram-se aos fiéis (At 2.41) - O número já sobe para quase cinco mil (At 4.4) - Até mesmo não poucos sacerdotes obedeciam a fé (At 6.7). b) A expansão da Igreja na Judéia e Samaria. Morte de Estevão, perseguição, diáspora, diácono Filipe em Samaria (At 8.1-25) c) A expansão da Igreja entre os gentios. Saulo de Tarso - três viagens missionárias, levou o Evangelho ao extremo ocidental do mundo então conhecido (At 13-28).
Eventos missionários.
 
Efusão do ESPÍRITO SANTO sobre os discípulos. A Igreja seria inaugurada como a agência por excelência do Reino de DEUS.
 
III. O PROPÓSITO DE ATOS DOS APÓSTOLOS
13- Quais os propósitos de Lucas ao escrever o livro de Atos dos Apóstolos?
(    ) Basicamente, foi escrito para defender-se perante o império romano, apelando para seu amigo Teófilo, membro importante da casa de César.
(    ) Foi escrito com o propósito de narrar e justificar a expansão universal da Igreja de CRISTO no poder do ESPÍRITO SANTO.
(    ) Foi escrito para estimular os crentes de todas as gerações a prosseguir na universalização do Reino de DEUS até a volta de CRISTO.
 
14- Como a Igreja de CRISTO, inaugurada pelo ESPÍRITO SANTO em Jerusalém, veio a tornar-se na universal e invisível assembléia dos santos?
(    ) Metódica e sistematicamente, mostra Lucas como a Igreja transcendeu as fronteiras da Judéia para universalizar-se nos confins da terra
(    ) Lucas revela com maestria na pena, como a Igreja ascendeu as fronteiras da política no império romano e universalizou-se até aos confins da terra
(    ) A Igreja rompeu barreiras graças a homens sábios e inteligentes que conheciam a cultura e hábitos a sua volta.
 
15- De maneira sutil, porém bastante evidente, Lucas destaca o mandamento de CRISTO que justifica não apenas a expansão da Igreja como a sua universalização. Qual é esse versículo em Atos dos apóstolos? complete:
"Mas recebereis a ____________________________ do ESPÍRITO SANTO, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis __________________________ tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos __________________________ da terra" (At 1.8). Evangelizar e fazer missões é a nossa ______________________________.
 
16- De que maneira Lucas procurou estimular aos crentes a fazerem missões? Complete:
Ao encerrar os Atos dos Apóstolos, deixa Lucas bem patente a todos nós que aqueles atos não foram encerrados com a ____________________ de Paulo em ____________________, mas acham-se abertos e livres para que evangelizemos e façamos _______________________ até a volta de JESUS sem impedimento algum.
 
CONCLUSÃO
17- Complete:
Tendo como ensejo o Centenário das Assembléias de DEUS no Brasil, busquemos um poderoso ____________________, a fim de que o Evangelho de CRISTO seja levado aos mais distantes rincões, quer de nosso país, quer do mundo, sem quaisquer impedimentos. Ore. Rogue a DEUS um ________________________ autenticamente ___________________________.
 
RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO EM http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm   
 
AJUDA
CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - BÍBLIA de Estudos Pentecostal.
VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm  
BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.  
Nosso novo endereço: http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/
Veja vídeos em http://ebdnatv.blogspot.com, http://www.ebdweb.com.br/ - Ou nos sites seguintes: 4Shared, BauCristao, Dadanet, Dailymotion, GodTube, Google, Magnify, MSN, Multiply, Netlog, Space, Videolog, Weshow, Yahoo, Youtube.
veja também - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao10-ldc-osdonsespirituais.htm 
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/atos.htm
 
 
Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos