Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
Eu
 
 
 
 
 
 
Lição 1 – Todos Os Salvos Têm O ESPÍRITO SANTO
arenovacaoespiritualdocrente.htm    Questionário
 
Texto Áureo:
"E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito, e é Ele que segundo DEUS intercede pelos santos" (Rm 8.27)
 O ESPÍRITO... INTERCEDE POR NÓS COM GEMIDOS. No tocante à atividade do Espírito Santo em ajudar o crente a orar, três observações são importantes: (1) O filho de Deus tem dois intercessores divinos. Cristo intercede no céu pelo crente, perante a face do Pai (v. 34; ver Hb 7.25 nota; 9.24; 1 Jo 2.1) e o Espírito Santo intercede no íntimo do crente, na terra . (2) "Com gemidos", provavelmente, indica que o Espírito intercede juntamente com os gemidos do crente. Esses gemidos têm lugar no coração do crente. (3) Os desejos e anseios espirituais dos crentes têm sua origem no Espírito Santo, que habita em nosso coração. O próprio Espírito suspira, geme e sofre dentro de nós, ansiando pelo dia final da redenção (vv. 23-25). Ele apela ao Pai em favor das nossas necessidades "segundo [a vontade de] Deus" (v. 27)
 
Verdade Prática:
DEUS enviou o ESPÍRITO SANTO para que Este efetue a obra de regeneração na vida do pecador, e opere a santificação na vida do crente.
 
Leitura Diária:
Segunda: O ESPÍRITO SANTO é DEUS At 5.3,4; 1Jo 5.7
5.3 MENTISSES AO ESPÍRITO SANTO. A fim de obterem prestígio e reconhecimento, Ananias e Safira mentiram diante da igreja a respeito das suas contribuições. Deus considerou um delito grave essas mentiras contra o Espírito Santo. As mortes de Ananias e Safira ficaram como exemplos perpétuos da atitude de Deus para com qualquer coração enganoso entre aqueles que professam ser cristãos. Note, também, que mentir ao Espírito Santo é a mesma coisa que mentir a Deus, logo, o Espírito Santo também é Deus (vv. 3,4; ver Ap 22.15)
5.4 POR QUE FORMASTE ESTE DESÍGNIO...? A raiz do pecado de Ananias e de Safira era seu amor ao dinheiro e elogio dos outros. Isto os fez tentar o Espírito Santo (v. 9). Quando o amor ao dinheiro e o aplauso dos homens tomam posse de uma pessoa, seu espírito fica vulnerável a todos os tipos de males satânicos (1 Tm 6.10). Ninguém pode estar cheio de amor ao dinheiro e, ao mesmo tempo, amar e servir a Deus (Mt 6.24; Jo 5.41-44).
1Jo 5.6 Esta expressão deve aludir ao batismo de Jesus, no início do seu ministério e à sua morte na cruz. Talvez João escreveu assim porque alguns estavam ensinando que o Cristo divino não experimentou a morte; ele então afirma que Jesus Cristo morreu como o Deus-Homem e, portanto, está plenamente capacitado para fazer expiação pelos nossos pecados. O Espírito também testifica dessa verdade (vv. 7,8).

Terça: DEUS nos deu o ESPÍRITO SANTO Jo 14.16; 1Co 2.12
 O CONSOLADOR. Jesus chama o Espírito Santo de "Consolador". Trata-se da tradução da palavra grega parakletos, que significa literalmente "alguém chamado para ficar ao lado de outro para o ajudar". É um termo rico de sentido, significando Consolador, Fortalecedor, Conselheiro, Socorro, Advogado, Aliado e Amigo. O termo grego para "outro" é, aqui, allon, significando "outro da mesma espécie", e não heteros, que significa outro, mas de espécie diferente. Noutras
palavras, o Espírito Santo dá prosseguimento ao que Cristo fez quando na terra. (1) Jesus promete enviar outro Consolador. O Espírito Santo, pois, faria pelos discípulos, tudo quanto Cristo tinha feito por eles, enquanto estava com eles. O Espírito estaria ao lado deles para os ajudar (cf.  Mt 14. 30,31), prover a direção certa para suas vidas (v. 26), consolar nos momentos difíceis (v. 18), interceder por eles em oração (Rm 8.26,27; cf. 8.34) e permanecer com eles para sempre. (2) A palavra parakletos é aplicada ao Senhor Jesus em 1 Jo 2.1. Jesus, portanto, é nosso Ajudador e Intercessor no céu (cf. Hb 7.25) enquanto que o Espírito Santo é nosso Ajudador e Intercessor, habitando em nós, aqui na terra (Rm 8.9,26; 1 Co 3.16; 6.19; 2 Co 6.16; 2 Tm 1.14).
1Co2.12 PARA QUE PUDÉSSEMOS CONHECER. As coisas que Deus preparou para os que o amam (v. 9), podem ser compreendidas pelo crente, mediante a revelação e a iluminação do Espírito (vv. 10-16). À medida que o crente lê e estuda a Bíblia, o Espírito Santo ilumina sua compreensão da verdade. Além disso, o Espírito comunica ao crente fiel uma forte convicção quanto à origem divina das Escrituras (Jo 16.13; Ef 1.17).
 
Quarta: O ESPÍRITO SANTO Habita em nós 1Co 3.16; 6.19; 2Tm 1.14
1Co 3.16 - SOIS O TEMPLO DE DEUS. A ênfase, aqui, recai na congregação inteira, i.e., os crentes como o templo de Deus e como a habitação do Espírito Santo (cf. v. 9; 2 Co 6.16; Ef 2.21). Como o templo de Deus em meio a uma sociedade perversa, o povo de Deus em Corinto não devia participar dos pecados prevalecentes naquela sociedade. Devia rejeitar todas as formas de imoralidade. O templo de Deus deve ser santo (v. 17), porque Deus é santo (cf. 1 Pe 1.14-16)
1Co 6.19 -  NOSSO CORPO É O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO. Se somos cristãos, nosso corpo é a morada pessoal do Espírito Santo (ver Rm 8.9,11, onde vemos que o Espírito Santo é o selo de Deus em nós, mostrando que lhe pertencemos). Porque Ele habita em nós e pertencemos a Deus, nosso corpo nunca deve ser profanado por qualquer impureza ou mal, proveniente da imoralidade, nos pensamentos, desejos, atos, filmes, livros ou revistas. Pelo contrário, devemos viver de tal maneira que glorifiquemos e agrademos a Deus em nosso corpo (v. 20).
1Tm 1.14 - GUARDA... PELO ESPÍRITO SANTO. O pastor deve guardar e defender o evangelho que lhe foi confiado em tempos como os atuais, em que muitos se apartam da fé do NT (3.13-15; 4.2-5; 1  Tm 4.1). (1) Deve defendê-lo contra ataques, e ajudar a igreja a não ceder a tentação de afastar-se da verdade. Esse dever é essencial para garantir a salvação a si mesmo e aos que estão sob seus cuidados (ver 3.14,15; 1 Tm 4.16) (2) A guarda do depósito da fé deve ser feita com a ajuda do Espírito Santo. Foi Ele quem inspirou as verdades infalíveis das Escrituras (ver 3.16; 2 Pe 1.21), e é Ele o grande guia e defensor da verdade (Jo 16.13). Defender a fé original, que uma vez foi dada aos santos (Jd 3), importa em manter posição firme segundo o Espírito Santo.

 
Quinta: O ESPÍRITO SANTO é o nosso guia Jo 16.13; Rm 8.14
Jo 16.13 ELE VOS GUIARÁ EM TODA A VERDADE. A obra do Espírito Santo quanto a convencer do pecado não concerne somente ao incrédulo (vv. 7,8), mas também ao crente e à igreja, ensinando, corrigindo e guiando na verdade (Mt 18.15; 1 Tm 5.20; Ap 3.19). (1) O Espírito Santo falará ao crente concernente ao pecado, a justiça de Cristo e ao julgamento da maldade com vistas a: (a) conformar o crente a Cristo e aos seus padrões de justiça (cf. 2 Co 3.18); (b) guiá-lo em toda verdade (v. 13); e (c) glorificar a Cristo (v. 14). Deste modo, o Espírito Santo opera no crente para reproduzir no seu viver a vida santa de Cristo. (2) Se o crente cheio do Espírito Santo rejeita a sua direção e sua operação de convencer do pecado, e se o crente não mortifica as obras da carne mediante o Espírito Santo, morrerá espiritualmente (Rm 8.13a). Somente os que recebem a verdade e são "guiados pelo Espírito de Deus" são filhos de Deus (Rm 8.14), e assim podem continuar na plenitude do Espírito Santo (ver Ef 5.18). O pecado arruína a vida espiritual e igualmente a plenitude do Espírito Santo no crente (Rm 6.23; 8.13; Gl 5.17; cf. Ef 5.18; 1 Ts 5.19).
Rm 8.14 - 8.14 GUIADOS PELO ESPÍRITO DE DEUS. O Espírito Santo habita no crente como filho de Deus, a fim de levá-lo a pensar, falar e agir de conformidade com a Palavra de Deus. (1) Ele orienta o crente, principalmente, por impulsos que: (a) são exortações interiores para o crente cumprir a vontade de Deus e mortificar as obras pecaminosas do corpo (v. 13; Fp 2.13; Tt 2.11,12); (b) estão sempre em harmonia com as Escrituras (1 Co 2.12,13; cf. 2 Pe 1.20,21); (c)  visam a dar orientação na vida (Lc 4.1; At 10.19,20; 16.6,7); (d) opõem-se aos desejos pecaminosos oriundos das tendências naturais do crente (Gl 5.17,18; 1 Pe 2.11); (e) têm a ver com a culpa do pecado, o padrão da justiça de Cristo e o juízo divino contra o mal (Jo 16.8-11); (f) exortam o crente a perseverar na fé e o advertem contra a apostasia da sua fé em Cristo (v.13; Hb 3.7-14); (g) enfraquecem à medida que o crente deixa de obedecer aos apelos do Espírito (1.28; Ef 4.17-19,30,31; 1 Ts 5.19); (h) resultam em morte espiritual quando rejeitados (vv. 6,13); e (i) resultam em vida espiritual e em paz quando obedecidos (vv. 6,10,11,13; Gl 5.22,23). (2) Os avisos ou a voz interior do Espírito vêm através de: (a) ler a Palavra de Deus (Jo 14.26; 15.7,26; 16.13; 2 Tm 3.16,17); (b) orar fervorosamente (8.26; At 13.2,3); (c) ouvir a pregação e ensino sadios e santos (2 Tm 4.1,2; Hb 13.7,17); (d) exercitar as manifestações do Espírito (ver 1 Co 12.7-10; 14.6); e (e) acatar os conselhos de pais cristãos e de líderes espirituais fidedignos (Ef 6.1; Cl 3.20).

 
Sexta: O ESPÍRITO SANTO é o nosso Intercessor Rm 8.26,27
8.26 O ESPÍRITO... INTERCEDE POR NÓS COM GEMIDOS. No tocante à atividade do Espírito Santo em ajudar o crente a orar, três observações são importantes: (1) O filho de Deus tem dois intercessores divinos. Cristo intercede no céu pelo crente, perante a face do Pai (v. 34; ver Hb 7.25 nota; 9.24; 1 Jo 2.1) e o Espírito Santo intercede no íntimo do crente, na terra. (2) "Com gemidos", provavelmente, indica que o Espírito intercede juntamente com os gemidos do crente. Esses gemidos têm lugar no coração do crente. (3) Os desejos e anseios espirituais dos crentes têm sua origem no Espírito Santo, que habita em nosso coração. O próprio Espírito suspira, geme e sofre dentro de nós, ansiando pelo dia final da redenção (vv. 23-25). Ele apela ao Pai em favor das nossas necessidades "segundo [a vontade de] Deus" (v. 27)
 
Sábado: O Penhor da nosso herança Ef 1.13,14
1.13,14 O ESPÍRITO SANTO... O PENHOR. O Espírito Santo é o "penhor" ou sinal da nossa herança (v. 14), i.e., uma primeira prestação ou parcela inicial. Na presente era, o Espírito Santo é concedido aos crentes como parcela ou quinhão inicial, por conta do que vamos receber no futuro. Sua presença e obra em nossas vidas é uma "entrada" por conta da nossa herança (cf. Rm 8.23;
2 Co 1.22; 5.5).
 
Leitura Bíblica Em Classe:
Rm 8.1-9; 15,16
1 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.3 Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado.4 para que a justa exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.5 Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.6 Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.7 Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser;8 e os que estão na carne não podem agradar a Deus.9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! 16 O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus;
 
8.1 OS QUE ESTÃO EM CRISTO JESUS. Paulo acaba de demonstrar que a vida sem a graça de Cristo é derrota, miséria e escravidão do pecado. Agora, em Rm 8, Paulo nos diz que a vida espiritual, a liberdade da condenação, a vitória sobre o pecado e a comunhão com Deus nos vêm pela união com Cristo, mediante o Espírito Santo que em nós habita. Ao recebermos o Espírito e sermos por Ele dirigidos, somos libertos do poder do pecado e prosseguimos adiante para a
glorificação final em Cristo. Essa é a vida cristã normal, segundo a plena provisão do evangelho.
8.2 A LEI DO ESPÍRITO. Esta "lei do espírito de vida" é o poder e a vida do Espírito Santo, reguladores e ativadores operando na vida do crente. O Espírito Santo entra no crente e o liberta do poder do pecado (cf. 7.23). A lei do Espírito entra em plena operação, à medida que os crentes se comprometem a obedecer ao Espírito Santo (vv. 4,5,13,14). Descobrem que um novo poder opera dentro deles; poder este que os capacita a vencer o pecado. A "lei do pecado e da morte", neste versículo, é o poder dominante do pecado, que faz da pessoa uma escrava do pecado  (7.14), reduzindo-a à miséria (7.24).
8.4 PARA QUE A JUSTIÇA DA LEI SE CUMPRISSE EM NÓS. O Espírito Santo operando dentro do crente, capacita-o a viver uma vida de retidão que é considerada o cumprimento da lei moral de Deus. Sendo assim, a operação da graça e a guarda da lei moral de Deus não conflitam entre si (cf. 2.13; 3.31; 6.15; 7.12,14). Ambas revelam a presença da justiça e da santidade divinas.
Rm 8.9  -  SE... O ESPÍRITO DE DEUS HABITA EM VÓS. Todo crente, desde o momento em que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, tem o Espírito Santo habitando nele (v. 9; cf. 1 Co 3.16; 6.19,20; Ef 1.13,14
8.16 O MESMO ESPÍRITO TESTIFICA. O Espírito Santo nos transmite a confiança de que, por Cristo e em Cristo, agora somos filhos de Deus (v. 15). Ele torna real a verdade de que Cristo nos amou, ainda nos ama e vive por nós no céu, como nosso Mediador (cf. Hb 7.25). O Espírito também nos revela que o Pai nos ama como seus filhos por adoção, não menos do que Ele ama seu Filho Unigênito (Jo 14.21,23; 17.23). Finalmente, o Espírito cria em nós o amor e a confiança
que nos capacitam a lhe clamar: "Aba, Pai" (v. 15).
 
Objetivos:
1-Definir a pessoa do ESPÍRITO SANTO
2-Identificar a ação do ESPÍRITO SANTO na vida do pecador
3-Citar as funções do ESPÍRITO SANTO na vida do salvo
 
Comentários: Introdução:
O batismo com o ESPÍRITO SANTO não só é a maior bênção que o crente tem para receber depois de sua conversão, como também deve ser a primeira busca do crente novo convertido. É tão importante o batismo com o ESPÍRITO SANTO que os apóstolos tiveram que esperá-lo antes de saírem a pregar o evangelho (At 1.8), esses mesmos enviaram Pedro e João a Samaria, onde Filipe pregava (At 8.5), com a missão de orarem para que todos recebessem essa maravilhosa bênção (At 8.14).
Há grande diferença entre Ter o ESPÍRITO SANTO e o ESPÍRITO SANTO nos Ter:
-          Quando aceitamos a JESUS CRISTO como Senhor e Salvador recebemos o ESPÍRITO SANTO (Ef 1.3), assim como os apóstolos receberam logo após a ressurreição do Senhor (Jo 20.22 E havendo dito isso, assoprou sobre eles, e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo).
Não houve aí nenhuma manifestação exterior do ESPÍRITO SANTO, nenhum deles falou em línguas e nem profetizou, mas receberam-No e se tornaram morada de DEUS na terra (Jo 14.23). Passaram a ter o ESPÍRITO SANTO.
-          Quando os apóstolos receberam o batismo com o ESPÍRITO SANTO (At 2.3), estavam assentados, orando à espera dessa tão esperada promessa do próprio JESUS e quando receberam tiveram a confirmação externa, pois falaram em línguas e profetizaram (At 2.4), bem como receberam o Dom de Línguas 1Co 12.10) para falarem nas línguas dos que ali estavam de vários países diferentes (At 2.6,8). Nessa hora quem os tinha era o ESPÍRITO SANTO que dominou até suas línguas, membro mais difícil de ser domado (Tg 3.8).
 
 
 I-    O ESPÍRITO SANTO É Uma Pessoa Divina
DEUS é triuno, ou seja, é um só DEUS, mas existe em uma triunidade de três pessoas distintas que coexistem em um só e que concordam em tudo, diferentemente do homem que é tricótomo (corpo, alma e espírito), mas com discordância entre as três partes.
-          O PAI, que projeta, que planeja e ordena (Planejou nossa salvação)
-          O FILHO (JESUS CRISTO), que executa em obediência às ordens do PAI, que age de acordo ã vontade do PAI (Executou nossa salvação na CRUZ, morrendo por nós)
-          O ESPÍRITO SANTO, que revela o que o pai planejou e o que o filho realizou, para que os homens sejam salvos e abençoados (Revelou-nos a salvação em JESUS CRISTO, convencendo-nos do pecado, da justiça e do juízo)
 
 A Personalidade do Espírito Santo:
O Espírito Santo é uma Pessoa, distinta do Pai e do Filho, e não uma mera influência ou operação divina, e portanto dotado de intelecto, emoção, autoconsciência e autodeterminação.
1) Pronomes Pessoais Masculinos:
Estes pronomes são aplicados ao Espirito Santo (Jo.15:26;16:7,8,13,14), muito embora o vocábulo grego Pneuma seja substantivo neutro.
2) Substantivo Masculino:
O termo masculino Paraklito é aplicado ao Espirito Santo (Jo.14:16,17) como sendo outro (allon) Consolador igual a Cristo.
3) Características Pessoais:
a) Inteligência (ICo.2:10,11; Rm.8:27).
b) Vontade (ICo.12:11).
c) Amor (Rm.15:30).
d) Bondade (Ne.9:20).
e) Tristeza (Ef.4:30; Is.63:10).
4) Atos Pessoais:
a) Ele perscruta (ICo.2:10).
b) Ele fala (Ap.2:7; Gl.4:6; Jo.15:26).
c) Ele intercede (Rm.8:26).
d) Ele ensina (Jo.14:26).
e) Ele guia (Jo.16:12-14; Ne.9:20).
f) Ele chama (At.13:2;20:28).
A Divindade do Espírito Santo: O Espírito Santo é coeterno e consubstancial com o Pai e o Filho.
1) Nomes Divinos:
a) Deus (At.5:3,4).
b) Senhor (IICo.3:18).
2) Atributos Divinos:
a) Eternidade (Hb.9:14).
b) Onipresença (Sl.139:7-10).
c) Onipotência (Lc.1:35).
d) Onisciência (ICo.2:10,11).
A OBRA DO ESPÍRITO SANTO:
Em relação ao universo material: Ele participou da obra da criação (Sl.33:6; Jó 33:4;104:29,30).
Em relação aos homens não regenerados:
 
1) Luta (Gn.6:3).
2) Testifica (Jo.15:26; At.5:32).
3) Convence (Jo.16:8-11).
Em relação aos crentes:
1) Regenera (Jo.3:3-6;6:63; Tt.3:5; ICo.2:4;3:6).
2) Batiza (Jo.1:32-34; ICo.12:13; At.1:5).
3) Habita (ICo.3:16;6:15-19; Rm.8:9).
4) Sela (Ef.1:13,14;4:30).
5) Testifica (Rm.8:14,16).
6) Fortalece (Ef.3:16).
7) Enche (Ef.5:18-20).
8) Liberta (Rm.8:2).
9) Guia (Rm.8:14; At.8:27-29;13:2,4).
10) Ilumina (ICo.2:12,14).
11) Instrui (Jo.16:13,14).
12) Capacita (ITs.1:5; At.1:8; ICo.2:1-5).
13) Produz Frutos (Gl.5:22,23; Fp.3:3; At.2:11).
14) Intercede (Rm.8:26; Jd.20).
Em relação a Cristo:
1) Concebido pelo Espirito Santo (Lc.1:35).
2) Ungido pelo Espirito Santo (At.10:38; Is.11:2;61:1;
Lc.4:14,18; Mt.12:17,18).
3) Guiado pelo Espirito Santo (Mt.4:1).
4) Cheio do Espirito Santo (Lc.4:1; Jo.3:34).
5) Ministério (Lc.4:14,18,19; Is.61:1).
6) Sacrifício (Hb.9:14).
7) Ressureição (Rm.8:11; Rm.1:4).
8) Deu mandamentos pelo Espirito Santo (At.1:1,2).
Em relação as Escrituras:
1) É o Seu Autor (IIPe.1:20,21; IITm.3:16; IIPe.3:15,16; Jo.16:13).
2) É o Seu Intérprete (Ef.1:17; ICo.2:9-14; Jo.16:14-16 IIPe.1:20,21; IJo.2:20,27).
 
http://www.armazemnadia.com.br/henrique/ESPIRITOSANTO.htm
 
II-    O ESPÍRITO SANTO Opera Na Salvação Do Pecador
    O homem jamais seria salvo pelo sacrifício de JESUS CRISTO ordenado pelo PAI,  se o ESPÍRITO SANTO não o revelasse através da pregação do evangelho ao pecador.
 
1-    O ESPÍRITO SANTO Desperta O Pecador Para A Necessidade De Salvação
O ESPÍRITO SANTO é responsável pela presença de DEUS na terra e de sua revelação aos homens desde que JESUS ressuscitou.
O homem jamais seria salvo pelo sacrifício de JESUS CRISTO ordenado pelo PAI,  se o ESPÍRITO SANTO não o revelasse através da pregação do evangelho ao pecador.
Antes, no Antigo Testamento, DEUS PAI se manifestava a Adão, a Noé, a Abraão, a Isaque, a Jacó, a Moisés e tantos outros; depois JESUS CRISTO se manifestou em carne e agora o ESPÍRITO SANTO é quem nos garante e comprova que DEUS está entre nós.
2-    O ESPÍRITO SANTO Opera Na Regeneração Do Pecador
É o ESPÍRITO SANTO que dá a certeza de salvação ao pecador arrependido e ajuda em sua regeneração e santificação, bem como o ensina e revela a Palavra de DEUS, exortando-o e consolando-o.
 
III-    O ESPÍRITO SANTO Habita No Salvo
    Antes a morada de DEUS na terra era num local determinado, ou seja, os homens precisavam estar no templo em Jerusalém para falarem com DEUS e o adorarem; agora DEUS mora dentro de cada um de nós através do ESPÍRITO SANTO que se tabernacularizou em nosso corpo; por isso não precisamos estar nem em Jerusalém, nem em Samaria, nem em algum outro monte para falar com DEUS, pois DEUS vive em nós e os verdadeiros adoradores o adoram em espírito e em verdade.
    Jo 4. 23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. 24 Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.
 
    Selamos um bezerro, ou marcamos o mesmo com nossas iniciais para que o mesmo seja reconhecido como de propriedade nossa, DEUS nos selou com o ESPÍRITO SANTO (Ef 1.13), colocou em nós a marca de posse, de propriedade exclusiva Sua, fomos comprados por bom preço (1Co 6.20; 7.23).
MARCA NOVA: JCN = JESUS CRISTO DE NAZARÉ. (Pode ser comparado também ao anel ou sinete de um rei colocado em um documento)
 
    Assim como deixamos na Caixa Econômica Federal algum objeto de valor penhorado para que depois possamos resgatá-lo como risco de perdê-lo se não voltarmos para isso; JESUS CRISTO deixou-nos o ESPÍRITO SANTO como penhor para nos dar a certeza de que ELE voltará para nos buscar. Vide Lv 25.25 e estudo do capítulo 14 do evangelho de João. Penhor.
 
  Jo 14.3- “E, se eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também”.
            DEUS sempre vem ao homem no nível em que ele se encontra, de maneira simples e cotidiana, e aqui JESUS usa a figura do noivado judaico (hebreus) para infundir fé em seus ouvintes a respeito de sua volta para buscar-nos; vejamos:
1-     Quem escolhia a noiva era a pai do noivo (Gn 24.2-4), compare com Rm 8.29 onde DEUS nos escolhe para seu filho.
2-     O costume era que a escolhida fosse a filha mais velha, mas se a mesma fosse maior (acima de 18 anos), poderia aceitar ou não o noivo (Gn 29.24-26), compara com Jo 1.11,12 aonde JESUS veio para ISRAEL (a filha mais velha, porém de maior), mas estes não o receberam, assim JESUS escolheu a nós (gentios filhos mais novos que não eram os escolhidos, para sermos sua noiva, a Igreja).
3-     No noivado o noivo ia à casa da noiva para cear e confirmar o compromisso (Gn 24.54), compare com Mt 22.14-20 aonde JESUS vem a nossa casa (o mundo) e ceia conosco (representados pelos apóstolos).
4-     O noivo deixava um penhor como prova de que ia voltar para buscar a noiva (Gn 24.53), compare com Ef 1.13,14 onde o ESPÍRITO SANTO nos é dado como penhor e prova de que o SENHOR voltará para nos buscar. (2 Ts 2.7)
5-     A noiva era comprada por preço de ouro (Gn 24.47), compare com 1 Co 6.19,20 e At 20.28 onde a palavra de DEUS nos diz que fomos comprados pelo sangue de JESUS CRISTO derramado na cruz do calvário (o preço maior que existe).
6-     O noivo ia preparar uma casa para o casal, ao lado da casa de seu pai (Gn 24.67), compare com a leitura em Jo 14.2 onde JESUS diz que na casa de nosso pai existem muitas moradas e que ELE ia nos preparar lugar.
7-     O noivo mandava recados e recebia recados da noiva através de algum emissário (a), dizendo como é que gostava da noiva: Se bem vestida,  modo de falar correto e santo, etc... Também dizia que era pra esperá-lo, pois a casa estava quase pronta e ele estava voltando; compare com Hb 13.7 e 13.14; Ef 5.19 e 5.25-27; Ap 22.7 e 22.20; etc..., Onde JESUS está nos exortando a continuarmos firmes, com uma vida santa e irrepreensível e o ESPÍRITO SANTO sempre nos avisando: JESUS ESTÁ VOLTANDO, a casa está quase pronta, prepara-te.
 
Sf 1.7 “Cala-te diante do Senhor DEUS, porque o dia do Senhor está perto; pois o Senhor tem preparado um sacrifício, e tem santificado os seus convidados”.
 
 
1-    O ESPÍRITO SANTO Santifica o Crente
    A santificação é um processo gradativo onde o crente cresce à medida que se aproxima mais de DEUS pela comunhão como ESPÍRITO SANTO. Sem a santificação ninguém verá o Senhor (Hb 12.14).
Ap 22. 11 Quem é injusto, faça injustiça ainda: e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, santifique-se ainda.
 
2-    O ESPÍRITO SANTO Amplia O Conhecimento Das Coisas De DEUS
    O ESPÍRITO SANTO vai nos revelando mais e mais de DEUS à medida que procuramos nos aprofundar em seus mistérios que estão registrados em sua Palavra. 2Pe 3.18 antes crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como até o dia da eternidade.
 
3-    O ESPÍRITO SANTO Capacita O Crente Para Ser Instrumento De DEUS
    Quem escolhe os ministérios é o Senhor JESUS (1Co 12.5; Ef 4.11), mas quem capacita cada ministério para o serviço para o qual foi chamado é o ESPÍRITO SANTO, concedendo-lhe dons especiais (1Co12.7-11)
 
IV-    O Próprio ESPÍRITO De DEUS Desperta O Salvo Para Buscar O Batismo Com O ESPÍRITO SANTO
    É comum aos que estão para serem batizados sonharem que estão sendo batizados, isso é um sinal claro de que o ESPÍRITO SANTO está  querendo levar esse crente a buscar o tão maravilhoso batismo com o ESPÍRITO SANTO. É vontade de DEUS PAI, de JESUS CRISTO (aquele que batiza – Mt 3.11) e do ESPÍRITO SANTO que todo crente seja batizado o mais depressa possível, de preferência no mesmo dia de sua conversão. (At 10.46; At 19.6).
 
Conclusão:
    Sempre devemos nos lembrar de que somos morada do ESPÍRITO SANTO e que onde estivermos, DEUS estará também; somos selados e temos o penhor de DEUS como prova de que JESUS CRISTO nos buscará para que estejamos para sempre com ELE, portanto vale a pena santificarmos nossas vidas e perseverarmos na fé e esperança de nossa salvação.
 
 
Questionário de Ev. Luiz Henrique www.henriqueestudos.cjb.net
Lição 1 - Todos Os Salvos Têm O ESPÍRITO SANTO
 
Texto Áureo:
1-    Quem intercede pelos santos?
(   ) O PAI     (   ) O Homem     (  ) O ESPÍRITO SANTO
Verdade Prática:
2-    A quem DEUS enviou para realizar a Regeneração e Santificação na vida do crente?
(   ) O PAI     (   ) O Homem     (  ) O ESPÍRITO SANTO
Introdução:
3-    Qual a maior Bênção que DEUS preparou para os salvos, aqui na Terra?
(   ) A salvação     (   ) A ressurreição     (  ) O batismo com o ESPÍRITO SANTO
I-    O ESPÍRITO SANTO É Uma Pessoa Divina
4-    Quem é o ESPÍRITO SANTO?
(  ) A primeira pessoa da trindade     (  ) A segunda pessoa da trindade     (  ) A terceira pessoa da trindade
5-    Cite sete atributos da pessoa do ESPÍRITO SANTO:
(  )Maldade, Tem sentimento, Ama, Fala, Testifica, Intercede, Ensina     
(  ) Vontade, Tem sentimento, Ama, Fala, Testifica, Intercede, Ensina
(  ) Vontade, Tem sentimento, Ama, Só escuta, Testifica, Intercede, Ensina
II-    O ESPÍRITO SANTO Opera Na Salvação Do Pecador
6-    Como O ESPÍRITO SANTO opera na pregação?
(  ) Vivifica a Palavra, Convence do pecado, Leva ao impedimento de aceitar ao convite de JESUS
(  ) Vivifica a Palavra, Convence do pecado, Leva ao arrependimento, Transmite o convite de JESUS
7-    O que é implantado no coração do homem pelo ESPÍRITO SANTO?
(  ) Fé     (   ) A preguiça     (   ) O super-rego
8-    Coloque "V" Para Verdadeiro e "F" Para Falso
(  ) O ESPÍRITO SANTO Livra o pecador da lei do pecado e da morte
(  ) O ESPÍRITO SANTO dá certeza da Salvação ao pecador que não se arrependeu
(  ) O ESPÍRITO SANTO Testifica ao novo convertido que agora ele é filho de DEUS
III-    O ESPÍRITO SANTO Habita No Salvo
9-    O que é o corpo do crente para o ESPÍRITO SANTO?
(   ) Local somente para morada do Pecado     (  ) Templo e morada     (   ) Local somente para Prostituição
10-    Quem é o selo de DEUS na vida do salvo?
(  ) O ESPÍRITO SANTO     (   ) A salvação     (   ) O batismo com o ESPÍRITO SANTO
11-    Quem é o penhor da herança celestial do crente?
(  ) O ESPÍRITO SANTO     (   ) A salvação     (   ) O batismo com o ESPÍRITO SANTO
12-    Quem luta contra a carne e manifesta em nós a vida de CRISTO?
(   ) JESUS     (   ) O PAI     (  ) O ESPÍRITO SANTO
13-    Quem penetra até às profundezas de DEUS?
(   ) O Homem     (  ) O ESPÍRITO SANTO     (   ) Nossos pensamentos
14-    Quem desperta o crente para o serviço de DEUS
(   ) A consciência     (   ) A alma     (  ) O ESPÍRITO SANTO
IV-    O Próprio ESPÍRITO De DEUS Desperta O Salvo Para Buscar O Batismo Com O ESPÍRITO SANTO
15-    Como nos é concedido o batismo com o ESPÍRITO SANTO?
(   ) Com muito jejum e oração somente    (   ) Com muito sacrifício   (  ) Como Dádiva, como um Dom, Gratuitamente
16-    A quem é dado o batismo com o ESPÍRITO SANTO?
(   ) Somente aos obreiros     (  ) Aos que pedem e buscam     (   ) Somente aos crentes de muitos anos
Conclusão:
17-    Quando é que passamos a Ter o ESPÍRITO SANTO como selo de DEUS em nossa vida?
(  ) Ao aceitarmos a JESUS como salvador     (   ) Após o batismo com o ESPÍRITO SANTO   (   ) Após a morte 
 
Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
Eu