Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
 
LIÇÃO 3, OS FRUTOS DA OBEDIÊNCIA NA VIDA DE ISRAEL
Lições Bíblicas do 1º Trimestre de 2012 - CPAD - Jovens e Adultos
A Verdadeira prosperidade - A vida cristã abundante
Comentários da revista da CPAD: Pr. José Gonçalves
Consultor Doutrinário e Teológico da CPAD: Pr. Antonio Gilberto
Complementos, ilustrações, questionários e videos: Ev. Luiz Henrique de Almeida Silva
QUESTIONÁRIO
 
 
TEXTO ÁUREO
 “E será que, havendo-te o SENHOR, teu DEUS, introduzido na terra, a que vais para possuí-la, então, pronunciarás a bênção sobre o monte Gerizim e a maldição sobre o monte Ebal” (Dt 11.29).
 
 
VERDADE PRÁTICA
A verdadeira prosperidade é o resultado de um correto relacionamento com DEUS e da obediência à sua Palavra.
 
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda - Dt 27.13 A desobediência quebra a aliança com DEUS 
Terça - Dt 28.1 A obediência gera a prosperidade 
Quarta - Dt 28.18-25 A desobediência traz graves conseqüências
Quinta - 1 Sm 15.19,20 Atentando para a voz do Senhor
Sexta - 2 Rs 24.14,15 A desobediência traz a derrota 
Sábado - 2 Rs 10.30,31 A obediência não pode ser parcial
 
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Deuteronômio 11.26-32
26 - Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição: 27 - a bênção, quando ouvirdes os mandamentos do SENHOR, vosso DEUS, que hoje vos mando; 28 - porém a maldição, se não ouvirdes os mandamentos do SENHOR, vosso DEUS, e vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes. 29 - E será que, havendo-te o SENHOR, teu DEUS, introduzido na terra, a que vais para possuí-la, então, pronunciarás a bênção sobre o monte Gerizim e a maldição sobre o monte Ebal. 30 - Porventura não estão eles daquém do Jordão, junto ao caminho do pôr do sol, na terra dos cananeus, que habitam na campina defronte de Gilgal, junto aos carvalhais de Moré? 31 - Porque passareis o Jordão para entrardes a possuir a terra que vos dá o SENHOR, vosso DEUS; e a possuireis e nela habitareis. 32 - Tende, pois, cuidado em fazer todos os estatutos e os juízos que eu hoje vos proponho.
 
11.26 A BÊNÇÃO E A MALDIÇÃO. Deus colocou diante do seu povo a escolha: a bênção ou a maldição. Se obedecessem à Palavra de Deus e permanecessem separados do pecado e da iniqüidade das nações em derredor, a bênção de Deus viria e ficaria com eles (ver 28.1-14). Se, por outro lado, adotassem os caminhos dos ímpios, a maldição de Deus cairia sobre eles (ver 28.15-68).
(1) Infelizmente, a maioria dos israelitas não levou a sério a advertência de Deus. Constantemente adotavam os caminhos dos ímpios e então padeciam sob a maldição divina.
(2) Deus coloca a mesma escolha (i.e., "a bênção e a maldição") diante do crente do NT. Se renunciarmos ao pecado, seguirmos a Cristo e o servirmos continuamente, teremos sua bênção e seu poder. Se deixarmos a Deus e seus justos caminhos, não teremos a sua presença, sua prosperidade e nem sua ajuda e sua proteção.
 
11:26 uma bênção e uma maldição. Esta introdução para a cerimônia de bênção e maldição que estava a ter lugar em Ebal e Gerizim é reiterada em Dt 30.19 no final do discurso de Moisés. Sob inspiração divina, Moisés enfatiza a obrigação do povo a amar a Deus e obedecer a Seus mandamento
11.27. A carne - Excetuando o que deve ser queimado para Deus, honra é dada ao sacerdote de acordo com a sua nomeação. 
11:29 monte Gerizim ... Monte Ebal. A cerimônia em si foi realizada de acordo com a direção de Josué (Js 8:30-35). As frases "no outro lado do Jordão, na direção do sol poente" (v. 30) aponta para uma localização em Canaã (isto é, a oeste da Jordânia). Segundo o Gn 12.6, as árvores "carvalho de Moré" está perto de Siquém. A localização precisa da Gilgal é incerto, mas parece ter sido perto de Jericó (Js 4:19). Os cananeus habitavam este território, e não há nenhuma razão para duvidar da identificação habitual destas montanhas como as duas montanhas perto de Siquém, montado na estrada principal norte-sul.
 
PARA QUEM CUMPRE A ALIANÇA - BÊNÇÃOS, MAS PARA QUEM NÃO CUMPRE, MALDIÇÕES.
 
VEJA ESTUDO SOBRE ALIANÇA - MUITO IMPORTANTE
 
Deuteronômio 28.1-14
OBEDIÊNCIA
BÊNÇÃOS
 
BÊNÇÃOS
1 E será que, se ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu te ordeno hoje, o SENHOR, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da terra.2 E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR, teu Deus:3 Bendito serás tu na cidade e bendito serás no campo.4 Bendito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e o fruto dos teus animais, e a criação das tuas vacas, e os rebanhos das tuas ovelhas.5 Bendito o teu cesto e a tua amassadeira.6 Bendito serás ao entrares e bendito serás ao saíres.7 O SENHOR entregará os teus inimigos que se levantarem contra ti feridos diante de ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão diante de ti.8 O SENHOR mandará que a bênção esteja contigo nos teus celeiros e em tudo que puseres a tua mão; e te abençoará na terra que te der o SENHOR, teu Deus.9 O SENHOR te confirmará para si por povo santo, como te tem jurado, quando guardares os mandamentos do SENHOR, teu Deus, e andares nos seus caminhos.10 E todos os povos da terra verão que és chamado pelo nome do SENHOR e terão temor de ti.11 E o SENHOR te dará abundância de bens no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto da tua terra, sobre a terra que o SENHOR jurou a teus pais te dar.12 O SENHOR te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo e para abençoar toda a obra das tuas mãos; e emprestarás a muitas gentes, porém tu não tomarás emprestado.13 E o SENHOR te porá por cabeça e não por cauda; e só estarás em cima e não debaixo, quando obedeceres aos mandamentos do SENHOR, teu Deus, que hoje te ordeno, para os guardar e fazer.14 E não te desviarás de todas as palavras que hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, para andares após outros deuses, para os servires.
Deuteronômio 28.15-68
DESOBEDIÊNCIA
MALDIÇÕES
 MALDIÇÕES
15 Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do SENHOR, teu Deus, para não cuidares em fazer todos os seus mandamentos e os seus estatutos, que hoje te ordeno, então, sobre ti virão todas estas maldições e te alcançarão: 16 Maldito serás tu na cidade e maldito serás no campo.17 Maldito o teu cesto e a tua amassadeira.18 Maldito o fruto do teu ventre, e o fruto da tua terra, e a criação das tuas vacas, e os rebanhos das tuas ovelhas.19 Maldito serás ao entrares e maldito serás ao saíres.20 O SENHOR mandará sobre ti a maldição, a turbação e a perdição em tudo que puseres a tua
mão para fazer, até que sejas destruído e até que repentinamente pereças, por causa da maldade das tuas obras, com que me deixaste.21 O SENHOR te fará pegar a pestilência, até que te consuma da terra, a qual passas a possuir.22 O SENHOR te ferirá com a tísica, e com a febre, e com a quentura, e com o ardor, e com a secura, e com destruição das sementeiras, e com ferrugem; e te perseguirão até que pereças.23 E os teus céus que estão sobre a cabeça serão de bronze; e a terra que está debaixo de ti será de ferro.24 O SENHOR, por chuva da tua terra, te dará pó e poeira; dos céus descerá sobre ti, até que pereças.25 O SENHOR te fará cair diante dos teus inimigos; por um caminho sairás contra eles, e por sete caminhos fugirás diante deles, e serás espalhado por todos os reinos da terra.26 E o teu cadáver será por comida a todas as aves
dos céus e aos animais da terra; e ninguém os espantará.27 O SENHOR te ferirá com as úlceras do Egito, e com hemorróidas, e com sarna, e com coceira, de que não possas curar-te.28 O SENHOR te ferirá com loucura, e com cegueira,
e com pasmo do coração.29 E apalparás ao meio-dia, como o cego apalpa na escuridade, e não prosperarás nos teus caminhos; porém somente serás oprimido e roubado todos os dias; e não haverá quem te salve.30 Desposar-te-ás com uma mulher, porém outro homem dormirá com ela; edificarás uma casa, porém não morarás nela; plantarás uma vinha, porém não lograrás o seu fruto.31 O teu boi será morto aos teus olhos, porém dele não comerás; o teu jumento será roubado diante de ti e não voltará a ti; as tuas ovelhas serão dadas aos eus inimigos; e não haverá quem te salve.32 Teus filhos e tuas filhas serão dados a outro povo, os teus olhos o verão, e após eles desfalecerão todo o dia; porém não haverá poder na tua mão.33 O fruto da tua terra e todo o teu trabalho o comerá um povo que nunca conheceste; e tu serás oprimido e quebrantado todos os dias.34 E ficarás aterrado pelo que verás com os teus olhos.35 O SENHOR te ferirá com úlceras malignas nos joelhos e nas pernas, de que não possas sarar, desde a planta do teu pé até ao alto da cabeça.36 O SENHOR te levará a ti e a teu rei, que tiveres posto sobre ti, a uma gente que não conheceste, nem tu nem teus pais; e ali servirás a outros deuses, feitos de madeira e de pedra.37 E serás por pasmo, por ditado e por fábula entre todos os povos a que o SENHOR te levará.38 Lançarás muita semente ao campo; porém colherás pouco, porque o gafanhoto a consumirá.39 Plantarás vinhas e cultivarás; porém não beberás vinho, nem colherás as uvas, porque o bicho as colherá.40 Em todos os termos, terás oliveiras; porém não te ungirás com azeite, porque a azeitona cairá da tua oliveira.41 Filhos e filhas gerarás; porém não serão para ti, porque irão em cativeiro.42 Todo o teu arvoredo e o fruto da tua terra consumirá a lagarta.43 O estrangeiro, que está no meio de ti, se elevará muito sobre ti, e tu mui baixo descerás.44 Ele te emprestará a ti, porém tu não lhe emprestarás a ele; ele será por cabeça, e tu serás por cauda.45 E todas estas maldições virão sobre ti, e te perseguirão, e te alcançarão, até que sejas destruído; porquanto não haverás dado ouvidos à voz do SENHOR, teu Deus, para guardar os seus mandamentos e os seus estatutos, que te tem ordenado.46 E serão entre ti por sinal e por maravilha, como também entre a tua semente, para sempre.47 Porquanto não haverás servido ao SENHOR, teu Deus, com alegria e bondade de coração, pela abundância de tudo,48 assim servirás aos teus inimigos, que o SENHOR enviará contra ti, com fome, e com sede, e com nudez, e com falta de tudo; e sobre o teu pescoço porá um jugo de ferro, até que te tenha destruído.49 O SENHOR levantará contra ti uma nação de longe, da extremidade da terra, que voa como a águia, nação cuja língua não entenderás;50 nação feroz de rosto, que não atentará para o rosto do velho, nem se apiedará do moço.51 E comerá o fruto dos teus animais e o fruto da tua terra, até que sejas destruído; e não te deixará cereal, nem mosto, nem azeite, nem criação das tuas vacas, nem rebanhos das tuas ovelhas, até que te tenha consumido.52 E te angustiará em todas as tuas portas, até que venham a cair os teus altos e fortes muros, em que confiavas em toda a tua terra; e te angustiará até em todas as tuas portas, em toda a tua terra, que te tem dado o SENHOR, teu Deus.53 E comerás o fruto do teu ventre, a carne de teus filhos e de tuas filhas, que te der o SENHOR, teu Deus, no cerco e no aperto com que os teus inimigos te apertarão.54 Quanto ao homem mais mimoso e mui delicado entre ti, o seu olho será maligno contra o seu irmão, e contra a mulher de seu amor, e contra os demais de seus filhos que ainda lhe ficarem;55 de sorte que não dará a nenhum deles da carne de seus filhos, que ele comer; porquanto nada lhe ficou de resto no cerco e no aperto com que o teu inimigo te apertará em todas as tuas portas.56 E, quanto à mulher mais mimosa e delicada entre ti, que de mimo e delicadeza nunca tentou pôr a planta de seu pé sobre a terra, será maligno o seu olho contra o homem de seu amor, e contra seu filho, e contra sua filha;57 e isso por causa de suas páreas que saírem dentre os seus pés e por causa de seus filhos que tiver, porque os comerá às escondidas pela falta de tudo, no cerco e no aperto com que o teu inimigo te apertará nas tuas portas.58 Se não tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta lei, que estão escritas neste livro, para temeres este nome glorioso e terrível, o SENHOR, teu Deus,59 então, o SENHOR fará maravilhosas as tuas pragas e as pragas de tua semente, grandes e duradouras pragas, e enfermidades más e duradouras;60 e fará tornar sobre ti todos os males do Egito, de que tu tiveste temor; e se apegarão a ti.61 Também o SENHOR fará vir sobre ti toda enfermidade e toda praga, que não está escrita no livro desta lei, até que sejas destruído.62 E ficareis poucos homens, em lugar de haverdes sido como as estrelas dos céus em multidão, porquanto não destes ouvidos à voz do SENHOR, vosso Deus.63 E será que, assim como o SENHOR se deleitava em vós, em fazer-vos bem e multiplicar-vos, assim o SENHOR se deleitará em destruir-vos e consumir-vos; e desarraigados sereis da terra, a qual passas a possuir.64 E o SENHOR vos espalhará entre todos os povos, desde uma extremidade da terra até à outra extremidade da terra; e ali servirás a outros deuses que não conheceste, nem tu nem teus pais; servirás à madeira e à pedra.65 E nem ainda entre as mesmas nações descansarás, nem a planta de teu pé terá repouso; porquanto o SENHOR ali te dará coração tremente, e desfalecimento dos olhos, e desmaio da alma.66 E a tua vida como suspensa estará diante de ti; e estremecerás de noite e de dia e não crerás na tua própria vida.67 Pela manhã, dirás: Ah! Quem me dera ver a noite! E à tarde dirás: Ah! Quem me dera ver a manhã! Isso pelo pasmo de teu coração, com que pasmarás, e pelo que verás com os teus olhos.68 E o SENHOR te fará voltar ao Egito em navios, pelo caminho de que te tenho dito: Nunca jamais o verás; e ali sereis vendidos por servos e por servas aos vossos inimigos; mas não haverá quem vos compre.
 
Palavra Chave - Obediência: Sujeição voluntária a DEUS e às suas leis.
 
A aliança (A HISTÓRIA DE ISRAEL - NO ANTIGO TESTAMENTO - Livro Samuel J. Schultz)
Tendo permanecido em cativeiro e num entorno idolátrico, Israel a partir de então seria um povo totalmente devotado a Deus. por um ato sem precedentes na história, nem repetido desde então, foi repentinamente mudado desde uma situação de escravidão à de uma nação livre e independente. Ali, no Sinai, sobre a base de sua liberação, Deus fez uma aliança pela qual Israel seria sua nação sagrada.
Israel foi instruído para preparar três dias para o estabelecimento desta aliança. Através de Moisés, Deus revelou o Decálogo, outras leis e instruções para a observação de festas sagradas. Sob a liderança de Arão, dois de seus filhos e setenta anciãos, o povo adorou a Deus com oferendas de fogo e de paz. Após de Moisés ter lido o livro da aliança, eles responderam aceitando seus termos. A aspersão do sangue sobre o altar e sobre o povo selou o acordo. Israel teve a seguridade de que seria levado à terra de Canaã a seu devido tempo. A condição da aliança era a obediência. Os membros individuais da nação podiam perder seus direitos à aliança pela desobediência. Sobre as planícies de Moabe, Moisés conduziu os israelitas a um ato público de renovação de tudo aquilo antes de sua morte (Dt 29.1).
  
O Decálogo
As dez palavras ou dez mandamentos constituem a introdução à aliança. As enumerações mais comuns do Decálogo, como se consideram no presente, são:
  
A maior parte dos protestantes
e a Igreja Católica Grega
(Ordem de Josefo)
Luteranos
e a Igreja Católica Romana
(Ordem de Agostinho)
1. Deuses estranhos Êx 20.2-3.1
1. Deuses estranhos e imagens Êx 20.2-6.2
2. Imagens Êx 20.4-6-2
2. Nome de Deus
3. Nome de Deus
3. Sábado
4. Sábado
4. Pais
5. Pais
5. Matar
6. Matar
6. Adultério
7. Adultério
7. Roubar
8. Roubar
8. Falso testemunho
9. Falso testemunho
9. Desejar a casa do próximo
10. Ambicionar
10. Ambicionar a casa, a propriedade ou a mulher do próximo
 
A lei e sua significação
Dt 4.44-28.68
A Aliança e o Decálogo
Dt 4.44-11.32
Leis para a vida em Canaã     
Dt 12.1-26.19
Bênçãos e maldições    
Dt 27.1-28.68
 
PERÍODO DOS JUÍZES
 
Anos
Juízes
Opressão mesopotâmica
8
3.8
Otniel – liberação e tranqüilidade
40
3.11
Opressão de Moabe
18
3.14
Eúde
80
3.30
Opressão cananéia – Jabim
20
4.3
Débora e baraque – liberação e tranqüilidade
40
5.31
Opressão midianita
7
6.1
Gideão – liberação e tranqüilidade
40
8.28
Abimeleque – o rei marionete
3
9.22
Tola – período de dignidade
23
10.2
Jair – período de dignidade
22
10.3
Opressão amonita
18
10.8
Jefté – liberação e tranqüilidade
6
12.7
Ibsã – magistratura
7
12.9
Elom – magistratura
19
12.11
Abdom – magistratura
8
12.14
Opressão filistéia
40
13.1
Sansão – façanhas e magistratura
20
15.20
TOTAL
410 anos
 
 
 
Nossa época é de crença em mágicas realizadas pelos grandes pregadores e cantores - Prega-se uma transformação instantânea nas pessoas sem isso depender da mesma.
A verdade é que sem arrependimento e conversão, ou seja, decisão de mudança e obediência à Palavra de DEUS, não existe futuro de salvação, consequentemente não existirá uma legítima prosperidade.
A obediência a DEUS é a condição indispensável para um viver próspero e isso implica em que a desobediência é a causa da maldição.
Somente obteremos as bênção de DEUS em todos os sentidosde nossa vida se formos fiéis a ELE e obedientes à sua Palavra.
 
“De onde procedem tanta violência e males em nossa sociedade?”. São advindos da desobediência aos princípios divinos. A desobediência gera maldição.
Tanto o crente, que não obedece a DEUS, como o descrente que ainda não se converteu, ambos estão sem a proteção de DEUS, e por isso, sujeitos às maldições e juízos que cabem aos desobedientes.
Veja abaixo um resumo das bênção destinadas aos obedientes a DEUS e as maldições a que estão sujeitos os desobedientes a DEUS:
 
 
 
 
 
RESUMO DA LIÇÃO 3, OS FRUTOS DA OBEDIÊNCIA NA VIDA DE ISRAEL
I. OBEDIÊNCIA, UM FIRME FUNDAMENTO
1. DEUS fala e quer ser ouvido. A Palavra de DEUS é o instrumento de diálogo principal de DEUS conosco - Deve ser crida e obedecida.
2. A obediência e suas reais motivações. A obediência a DEUS revela um coração disposto a adorar a DEUS pelo que ELE é para nós.
II. DESOBEDIÊNCIA, A CAUSA DA MALDIÇÃO
1. A quebra da aliança. A aliança possui promessa de bênçãos para os obedientes às suas leis e promessa de maldições para os desobedientes.
2. A maldição da idolatria. A principal causa de maldição é a idolatria - adorar ou tributar adoração a qualquer coisa, ou pessoa (que não o DEUS verdadeiro), ou objeto.
III. A OBEDIÊNCIA E SUAS LIÇÕES 
1. A bênção como instrumento de proteção. Proteção é um dos ítens das promessas de DEUS a todos os que lhe obedecem.
2. Período tribal e monárquico. Na época dos juízes havia castigo por desobediência e bênção por obediência. No geral havia uma desordem e comprometimento com povos da Terra. na época dos reis, até eles mesmos desobedeciam e todo o povo sofria por isso.
3. As falsas idéias sobre maldição. Maldição (hereditária ou não) é resultado de desobedência e não característica de crente, pois, JESUS levou nossas maldições na Cruz como está registrado em Gl 3.13.
 
SINOPSE DO TÓPICO (I)
Somente através da observância da Palavra de DEUS, podemos experimentar a verdadeira prosperidade.
SINOPSE DO TÓPICO (II) 
A maldição é resultado do desprezo aos preceitos divinos.
SINOPSE DO TÓPICO (III) 
Muitos infortúnios na vida do crente são resultados da desobediência à Palavra de DEUS e não de supostas maldições hereditárias.
 
VOCABULÁRIO
Mandatário: Aquele que recebe mandato ou procuração para agir em nome de outro.
Monarquia: Forma de governo cujo chefe de Estado tem o título de Rei ou Rainha.
 
BIBLIOGRAFIA SUGERIDA
Comentário Bíblico Beacon: Gênesis a Deuteronômio. Vol. 1, RJ: CPAD, 2005.
ZUCK, R. B. Teologia do Antigo Testamento. 1.ed., RJ: CPAD, 2009.
 
 
VAMOS COLOCAR AQUI UM RESUMO DO ESTUDO IMPORTANTÍSSIMO SOBRE ALIANÇA QUE TEMOS EM NOSSO SITE, LEIA E ESTUDE COM ATENÇÃO:
 
 
A L I A N Ç A   (PACTO, MEMORIAL, TRATADO, COMPROMETIMENTO, TESTAMENTO)
 
 
Sem o conhecimento da ALIANÇA é quase impossível alguém ler e entender o plano de redenção que DEUS fez para nos salvar, e principalmente entender algumas passagens bíblicas que estão registradas no Antigo Testamento.
 
Sl 25.14 "O conselho do Senhor é para aqueles que o temem, e Ele lhes faz saber o seu pacto (aliança, ou concerto)"
 
Hb 10.19 "Tendo pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus, 20 pelo caminho que ele nos inaugurou, caminho novo e vivo, através do véu, isto é, da sua carne, 21 e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus,22 cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,23 retenhamos inabalável a confissão da nossa esperança, porque fiel é aquele que fez a promessa;"     
 
***Somos íntimos do senhor, como vimos acima,
***Somos um mesmo Espírito com Ele (1Co 6.17),
Portanto, podemos conhecer a sua aliança, senão, vejamos:
A aliança pode ser feita por diversos motivos (guerras,amizade, amor, casamento). 
 
São várias as alianças que Deus fez com os homens, mas iremos destacar, aqui as duas mais importantes:
A aliança Abrahâmica (com H) e a nova aliança de Deus conosco em Cristo Jesus.
Deus escolheu vir a nós através da aliança de sangue, costume antigo e muito utilizado pelos chefes de tribos e patriarcas não só naquela época, mas também nos dias de hoje, principalmente pelos ciganos e índios na áfrica. No satanismo também é muito usado, pois satanás imita as coisas de Deus e sabe quanto vale o sangue no reino espiritual. (Satanás usa sangue de galinha preta, de bodes,etc...)
 
Hb 9.22 "E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão." Veja também: Mt 23.34; 26.28; Jo 19.34; At 15.20; 20.28; Rm 3.25; Hb 9.12-22
 
 
1- ALIANÇA ABRAHÂMICA
 
***São nove os requisitos (ou normas, ou leis) exigidos para se fazer aliança com alguém :
 
1.1-    TROCA DE CINTO (ou de armadura, ou de armas): Significa proteção, quem luta contra mim luta contra ti e quem luta contra ti, luta contra mim. (CINTO ERA USADO PARA CARREGAR ARMAS)
 
Exemplo: Gn 15.1 "Depois destas coisas veio a palavra do Senhor a Abrão numa visão, dizendo: Não temas, Abrão; eu sou o teu escudo, o teu galardão será grandíssimo."
 
Outro exemplo: 1 Sm 18.3 "Então Jônatas fez um pacto com Davi, porque o amava como à sua própria vida. 4 E Jônatas se despojou da capa que vestia, e a deu a Davi, como também a sua armadura, e até mesmo a sua espada, o seu arco e o seu cinto."
 
1.2-    TROCA DE TÚNICA (ou Capa): Significa que tua vida se torna minha vida e que minha vida se torna tua vida. Era complemento do primeiro tópico.
 
Exemplo: Gn 12.3 "Abençoarei aos que te abençoarem, e amaldiçoarei àquele que te amaldiçoar; e em ti serão benditas todas as famílias da terra"
 
Outro exemplo: 1 Sm 18.3 " Então Jônatas fez um pacto com Davi, porque o amava como à sua própria vida. 4 E Jônatas se despojou da capa que vestia, e a deu a Davi, como também a sua armadura, e até mesmo a sua espada, o seu arco e o seu cinto."
 
1.3-   CORTE COM DERRAMAMENTO DE SANGUE: Significa cortar aliança com. Sangue é vida, nossas vidas se unem para sempre, eternamente. Corte geralmente feito no pulso ou na mão; no caso de Abrahão, o sinal foi feito na carne do prepúcio ou seja, na pele que une a glande do órgão sexual masculino ao pênis, através de uma faca de pedra.
 
Exemplo: Gn 17.11 "Circuncidar-vos-eis na carne do prepúcio; e isto será por sinal de pacto entre mim e vós."
 
Outro exemplo: Ex 4.25 Então Zípora tomou uma faca de pedra, circuncidou o prepúcio de seu filho e, lançando-o aos pés de Moisés, disse: Com efeito, és para mim um esposo sanguinário.
 
1.4-    SINAL DA ALIANÇA: PRIMEIRO MEMORIAL - Significa fazer cicatriz, marcar com sinal visível na carne. Usa-se passar cinza no local do corte para que outros soubessem, quando vissem; na África ainda se encontra chefes indígenas com marcas pelo braço, e quanto mais marcas, mais poderoso é o chefe, pois possui muitos amigos também chefes. Era complemento do  tópico 3.
 
Exemplo: Gn 17.11 " Circuncidar-vos-eis na carne do prepúcio; e isto será por sinal de pacto entre mim e vós."
 
Outro exemplo: 21.4 "E Abraão circuncidou a seu filho Isaque, quando tinha oito dias, conforme Deus lhe ordenara."
 
1.5-    TROCA DE NOMES:  significa que o meu nome passa a ter direito sobre tudo o que o teu nome tem e o teu nome passa a ter direito sobre tudo o que o meu nome tem direito, inclusive dívidas. (Gn 17.5/28.13). Eu passo a ter um pedaço do seu nome e você passa a ter um pedaço do meu nome.
 
Exemplo: Gn 17.4 "Quanto a mim, eis que o meu pacto é contigo, e serás pai de muitas nações;
5 não mais serás chamado Abrão, mas Abraão será o teu nome; pois por pai de muitas nações te hei posto;"
 
A partir daí Abrão passou a se chamar AbraHão (esse "H" é importante, pois vem do nome de DEUS (YHWH) ; infelizmente no português não traduziram com o 'H", porém nas outras línguas, sim.
 
DEUS também teria que mudar o seu nome; a partir daí ELE se apresenta como o DEUS de Abrahão.
Gn 26.24 "E apareceu-lhe o Senhor na mesma noite e disse: Eu sou o Deus de Abraão, teu pai; não temas, porque eu sou contigo, e te abençoarei e multiplicarei a tua descendência por amor do meu servo Abraão."
 
Gálatas 3.13= Abrahão recebe o H de DEUS e fica com um novo nome, ABRAHÃO,  (recebe o H = ESPÍRITO, pela fé).
  
  
1.6-     TERMOS DA ALIANÇA: Significa: leis que vão reger a aliança se mantida ou se quebrada. (Todo o capítulo de Dt 28, fala de bênçãos e maldições da aliança) AbraHão, recebe promessas, homem pecava, mas prevaleciam as promessas, foi necessário acrescentar leis, continuaram a transgredir e foi necessário acrescentar os cerimoniais que acabam não sendo suficientes para a purificação do homem; DEUS enviou seu filho para um único e perfeito sacrifício. (Hb 10.12-18).
 
Em Dt 28 temos como benção da aliança por exemplo: "11 E o Senhor te fará prosperar grandemente no fruto do teu ventre, no fruto dos teus animais e no fruto do teu solo, na terra que o Senhor, com juramento, prometeu a teus pais te dar.
12 O Senhor te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar à tua terra a chuva no seu tempo, e para abençoar todas as obras das tuas mãos; e emprestarás a muitas nações, porém tu não tomarás emprestado.
13 E o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda; e só estarás por cima, e não por baixo; se obedeceres aos mandamentos do Senhor teu Deus, que eu hoje te ordeno, para os guardar e cumprir,
14 não te desviando de nenhuma das palavras que eu hoje te ordeno, nem para a direita nem para a esquerda, e não andando após outros deuses, para os servires."
 
Em Dt 28 temos como maldição da aliança por exemplo: "27 O Senhor te ferirá com as úlceras do Egito, com tumores, com sarna e com coceira, de que não possas curar-te;
28 o Senhor te ferirá com loucura, com cegueira, e com pasmo de coração.
29 Apalparás ao meio-dia como o cego apalpa nas trevas, e não prosperarás nos teus caminhos; serás oprimido e roubado todos os dias, e não haverá quem te salve.
30 Desposar-te-ás com uma mulher, porém outro homem dormirá com ela; edificarás uma casa, porém não morarás nela; plantarás uma vinha, porém não a desfrutarás.
31 O teu boi será morto na tua presença, porém dele não comerás; o teu jumento será roubado diante de ti, e não te será restituído a ti; as tuas ovelhas serão dadas aos teus inimigos, e não haverá quem te salve."
  
 
 
AS LEIS PROMULGADAS NO SINAI SÃO TERMOS DA ALIANÇA MOSAICA FEITA ENTRE DEUS E O POVO HEBREU ATRAVÉS DE MOISÉS.
  
1.7-     REFEIÇÃO DA ALIANÇA: Significa: tudo o que eu como vai para o meu sangue e sangue é vida, então a minha vida se torna a tua e tua vida se torna minha; CRISTO, em Melquisedeque faz refeição com AbraHão. 
 
 
Exemplo: Gn 14.18 Ora, Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; pois era sacerdote do Deus Altíssimo; 19 e abençoou a Abrão, dizendo: bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Criador dos céus e da terra! 20 E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo. 
 
 
 
1.8-     MORTE DE UM ANIMAL OU PASSAR PELAS METADES: Significa: estamos morrendo e nascendo de novo, também significa: Que eu morra se não cumprir e que tu morras se não cumprir.
 Colocava-se uma parte do animal de um lado e outra parte do outro lado e depois os cabeças de aliança, ou chefes, passavam pelas metades de braços dados, dando a entender que:
***Este sinal significa infinito; a aliança passa de pai para filho, é eterna.
***Daí a aliança ser um círculo, significa eternidade; sem princípio e nem fim.
 
Jr 34. 18 Entregarei os homens que traspassaram o meu pacto, e não cumpriram as palavras do pacto que fizeram diante de mim com o bezerro que dividiram em duas partes, passando pelo meio das duas porções-
 Gênesis 15.9 Respondeu-lhe: Toma-me uma novilha de três anos, uma cabra de três anos, um carneiro de três anos, uma rola e um pombinho. 10 Ele, pois, lhe trouxe todos estes animais, partiu-os pelo meio, e pôs cada parte deles em frente da outra; mas as aves não partiu.11 E as aves de rapina desciam sobre os cadáveres; Abrão, porém, as enxotava. 12 Ora, ao pôr do sol, caiu um profundo sono sobre Abrão; e eis que lhe sobrevieram grande pavor e densas trevas. 13 Então disse o Senhor a Abrão: Sabe com certeza que a tua descendência será peregrina em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos; 14 sabe também que eu julgarei a nação a qual ela tem de servir; e depois sairá com muitos bens. 15 Tu, porém, irás em paz para teus pais; em boa velhice serás sepultado. 16 Na quarta geração, porém, voltarão para cá; porque a medida da iniqüidade dos amorreus não está ainda cheia.
17 Quando o sol já estava posto, e era escuro, eis um fogo fumegante e uma tocha de fogo, que passaram por entre aquelas metades. 18 Naquele mesmo dia fez o Senhor um pacto com Abrão, dizendo: Â tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até o grande rio Eufrates;
 
Interpretação:
a) Três animais: Significa três pessoas, PAI, FILHO e ESPÍRITO SANTO.
b) Pássaros no céu e animais na terra( aliança entre céu e terra, entre DEUS e homens.)
c) Uma rolinha e um pombinho voam, são do céu, significa que o PAI e o ESPÍRITO SANTO vão para o céu, JESUS fica para o sacrifício. O cordeiro é animal terreno, JESUS se torna homem, o cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo (Jo 12.24 = se o grão de trigo caindo na terra, não morrer, fica ele só, mas, se morrer dá muito fruto(Jo 1.36)
d) Fogo fumegante representa o modo como DEUS PAI apareceu no monte Sinai e sobre a tenda da congregação, bem como em outras manifestações.(Êx 19.18 "Nisso todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo; e a fumaça subiu como a fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia fortemente".)
e) Tocha de fogo representa CRISTO ( Eu sou a luz do mundo - Jo 8.12 "Então Jesus tornou a falar-lhes, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue de modo algum andará em trevas, mas terá a luz da vida.")
f) O Pai representando DEUS e o Filho representando o homem; assim a aliança foi feita entre DEUS  e os homens em CRISTO, pois é pecador é fraco, não conseguiria afastar Satanáz e vencê-lo.
 
1.9-     ÁRVORE OU ANIMAL MANCHADO DE SANGUE (poderia também plantar uma árvore para servir de memorial) :
SEGUNDO MEMORIAL:
- Abrahão plantou um bosque.
- Significa a lembrança da aliança, toda vez que olhar pra lá, devem lembrar da aliança.
Plantar árvore, lembrança da pazinha na armadura: Dt 23.13 "Entre os teus utensílios terás uma pá; e quando te assentares lá fora, então com ela cavarás e, virando-te, cobrirás o teu excremento"; (fezes). É o cuidado que Deus tem com a natureza e com a saúde de seus filhos.
(No sacrifício pode ser usado um, ou mais, Novilhos ou Ovelhas).
 
Gn 21.33 "Abraão plantou uma tamargueira em Beer-Seba, e invocou ali o nome do Senhor, o Deus eterno".
NOTE QUE A ALIANÇA PASSA DE PAI PARA FILHO, POR ISSO O REI DAVI SE LEMBROU DO FILHO DE JÔNATAS PARA ABENÇOÁ-LO, MESMO SENDO ESTE SEU INIMIGO.
2 Sm 4.4,6,8,10   Ora, Jônatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado dos pés. Este era da idade de cinco anos quando chegaram de Jizreel as novas a respeito de Saul e Jônatas; pelo que sua ama o tomou, e fugiu; e sucedeu que, apressando-se ela a fugir, ele caiu, e ficou coxo. O seu nome era Mefibosete.   6 E Mefibosete, filho de Jônatas, filho de Saul, veio a Davi e, prostrando-se com o rosto em terra, lhe fez reverência. E disse Davi: Mefibosete! Respondeu ele: Eis aqui teu servo.   8 Então Mefibosete lhe fez reverência, e disse: Que é o teu servo, para teres olhado para um cão morto tal como eu?   10 Cultivar-lhe-ás, pois, a terra, tu e teus filhos, e teus servos; e recolherás os frutos, para que o filho de teu senhor tenha pão para comer; mas Mefibosete, filho de teu senhor, comerá sempre à minha mesa. Ora, tinha Ziba quinze filhos e vinte servos.
 
VEREMOS AGORA A NOVA ALIANÇA FEITA POR JESUS CRISTO COM O PAI, PELOS HOMENS, EM LUGAR DOS HOMENS, SUBSTITUINDO OS HOMENS PECADORES, SENDO INTERMEDIÁRIO ENTRE OS HOMENS E DEUS PAI.
 
  
2-    NOVA ALIANÇA
 
***BHÊRITE (ALIANÇA EM HEBRAICO) = A ALIANÇA ANTERIOR É FEITA EM BASE DE IGUALDADE, É UMA TROCA, UM ACORDO EM QUE DEUS ME DÁ E EU TENHO QUE DAR PARA DEUS O MESMO.
 
***DIATEKE (ALIANÇA EM GREGO) = A NOVA ALIANÇA É DIFERENTE, É SUPERIOR, POIS DEUS ME DÁ TUDO O QUE PRECISO NÃO EXIGINDO NADA EM TROCA, A NÃO SER FÉ.
EU NÃO TINHA NADA DE BOM A OFERECER, SÓ DE RUIM: PECADO E INIQÜIDADE; MESMO ASSIM, DEUS ME RECEBE COMO CABEÇA DE ALIANÇA E ME DÁ A SALVAÇÃO E TODAS AS BÊNÇÃOS PROVINDAS DAÍ : BATISMO COM ESPÍRITO SANTO,
DONS DO ESPÍRITO SANTO, PARTICIPAÇÃO NO MINISTÉRIO, ETC... 
***DEUS CONOSCO EM CRISTO, Hb 8.9, 1 Co 1.30 E Gl 3.16 = MAIOR SINAL
 
 
***JESUS CUMPRINDO CADA PASSO DA ALIANÇA:
 
1. TROCA DE CINTO: 
Ef 6.10-18 ARMAS.
 
-II Co 10.4,5 ARMAS ESPIRITUAIS (principal é o nome de JESUS)
 
2. TROCA DE TÚNICA: 
Fl 2.6-11 / Jo 10.17 / Cl 3.8-10 VESTES DE SANTIDADE E DE SALVAÇÃO.
 
3. CORTE COM DERRAMAMENTO DE SANGUE: 
Jo 20.25-29
-Circuncisão interior.
Rm 2.28 "Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. 29 Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus."
 
4. CICATRIZ: 
Jo 20.20 – Significa que quando satanás nos quer dominar, devemos lembrar-lhe de que lá no céu JESUS CRISTO tem as marcas da aliança, provando que nos comprou e que temos com ELE uma aliança; somos de DEUS, pois JESUS nos comprou com seu sangue. 1Co 6
NA EPÍSTOLA AOS EFÉSIOS, PAULO FALA DO SELO.  
 
Jo 20.27 Depois disse a Tomé: Chega aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; chega a tua mão, e mete-a no meu lado; e não mais sejas incrédulo, mas crente.
 
1 Co 6.19 "Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? 20 Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo."
 
5. TROCA DE NOMES: 
JESUS gostava de se chamar "filho do homem", nós gostamos de ouvir o ESPÍRITO SANTO testificar com nosso espírito que somos filhos de DEUS. 
Rm 8.16 "O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus;" 
Ef 1.13 "No qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, 14 o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para o louvor da sua glória." (Recebemos o "H" de Deus)
 
6. TERMOS DA NOVA ALIANÇA: 
Condições para entrar = Rm 10.8 / Mt 10.32, NÃO é por merecimento, mas pela graça de DEUS mediante a fé: 
 
Ef 2.8 "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isso não vem de vós, é dom de Deus; 9 não vem das obras, para que ninguém se glorie."
 
- Só tem bênçãos, pegue o Novo Testamento e saberá quais são. – Se creres verás a glória de DEUS. (Rm 5.1,2; Hb 10.16). Todas as maldições JESUS já levou na cruz do calvário. Gl 3.13  
 
Leis Espirituais que estão no Cap.5 de Mateus. Bem-Aventuranças. Ex.:Mt 5.3 Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
 
7. REFEIÇÃO DA ALIANÇA: 
Ceia com os discípulos antes de morrer e conosco renovada sempre NA CEIA (Lc 22.7-23; Co 11.23-34; Jo 6.51-54)
 
8. MORTE DE UM ANIMAL: (Jo 19.30 / Rm 8.10 )
18 sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, 19 mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo,(1 Pd 1.17)
-JESUS é o cordeiro que deu sua vida por nós e é o que tira o pecado do mundo (Jo1.29).
Lembrando que no batismo nas águas nós morremos. Rm 6.88 Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos,
   
 
 
 
9. ARVORE MANCHADA DE SANGUE:  
Cruz ensangüentada no calvário.
 Palavra fez um corte profundo em nós (Rm 12.1 / Hb 9.13-15)
 
1 Jo 1.7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.  
***MAIOR SINAL DA ALIANÇA: CRISTO, NUM CORPO DE HOMEM NO CÉU; AQUI O ESPÍRITO SANTO MORANDO DENTRO DE NÓS, NA TERRA. HÁ UM HOMEM (JESUS) LÁ EM CIMA E DEUS (ESPÍRITO SANTO) AQUI NA TERRA.** 
 
Bibliografia: A Bíblia Explicada, S.E.Mcnair;
Conhecendo as Doutrinas Bíblicas, Myer Pearlman;
Bíblia de Estudo Pentecostal, Apostila FAETEL módulo VI
Ev.Luiz Henrique de Almeida Silva
 
 
QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 3, OS FRUTOS DA OBEDIÊNCIA NA VIDA DE ISRAEL
RESPONDA CONFORME A REVISTA DA CPAD DO 1º TRIMESTRE DE 2012
Complete os espaços vazios e marque com "V" as respostas corretas e com "F" as falsas.
 
TEXTO ÁUREO 
1- Complete:
E será que, havendo-te o SENHOR, teu DEUS, introduzido na _____________________, a que vais para possuí-la, então, pronunciarás a ______________________ sobre o monte Gerizim e a ___________________________ sobre o monte Ebal” (Dt 11.29).
 
VERDADE PRÁTICA 
2- Complete:
A verdadeira _______________________________ é o resultado de um ___________________________ relacionamento com DEUS e da _________________________ à sua Palavra.
 
I. OBEDIÊNCIA, UM FIRME FUNDAMENTO 
3- Moisés chama a atenção do povo para a necessidade de que, para um viver próspero?
(    ) As bênçãos do Senhor são fundamentadas em seus servos e qualquer promessa deve estar condicionada àquilo que eles dizem.
(    ) De se “ouvir a voz do Senhor”, como condição indispensável para um viver próspero.
(    ) As bênçãos do Senhor são fundamentadas em sua Palavra e qualquer promessa deve estar condicionada àquilo que ela diz.
(    ) No discurso de Moisés, há uma extensa lista de bênçãos que viriam em virtude de uma resposta positiva à Palavra de DEUS.
(    ) Observe que o texto não afirma que as bênçãos virão automaticamente, mas em virtude de se ouvir a voz divina..
(    ) Esse dado reforça o fato de que as bênçãos existem e estão disponíveis para serem desfrutadas, mas estão condicionadas a um relacionamento correto com a Palavra de DEUS.
(    ) O Senhor não se responsabiliza por aquilo que Ele não prometeu, ou por aquilo que alguém acrescentou à sua Palavra, acreditando ser parte dela.
 
4- Pelo que a obediência deve ser  motivada?
(    ) Em Deuteronômio, observamos que a verdadeira obediência a DEUS deve ser motivada por um coração amoroso e grato.
(    ) Em Deuteronômio, observamos que a verdadeira obediência a DEUS deve ser motivada por um coração generoso e merecedor.
(    ) Em Levítico, observamos que a verdadeira obediência a DEUS deve ser motivada por um coração sincero e carente de afeto.
 
5- Como deve ser o relacionamento do crente com o Senhor?
(    ) É a bênção que engloba todas as demais.
(    ) Não havia uma relação de troca ou barganha.
(    ) A obediência era uma forma de amorosa gratidão no relacionamento com DEUS.
(    ) A desobediência quebrava tal relação.
(    ) O crente deve sempre cobra de DEUS um retorno pela sua fidelidade.
(    ) Através da observância da Palavra de DEUS, Israel poderia experimentar a verdadeira prosperidade.
(    ) A condição para tal pode ser resumida na frase encontrada várias vezes no Pentateuco: “Se ouvires a minha voz e, guardares os meus estatutos”.
 
II. DESOBEDIÊNCIA, A CAUSA DA MALDIÇÃO
6- Por que em Deuteronômio 27.15-26 e 28.16-19 a maldição aparece e em que isso acarreta?
(    ) Ela aparece como resultado da desobediência, ocasionando a quebra da aliança divina.
(    ) Ela aparece como resultado da desobediência, ocasionando a necessidade da aliança divina.
(    ) Assim como a bênção está associada à obediência a DEUS, da mesma forma a maldição vem associada à desobediência!
 
7- Qual lei é bem clara no Antigo Testamento (Dt 28.47,48)?
(    ) A lei da retribuição, tanto no seu sentido positivo como negativo.
(    ) Isso não significa que os justos estivessem livres de tribulações e angústias, pois os santos são constantemente provados.
(    ) A lei da maldição hereditária.
 
8-  Por que a maldição vez por outra alcançava o povo de Israel?
(    ) Por causa da irreverência, que é veementemente condenada na história.
(    ) Por causa da idolatria, que é veementemente condenada na Bíblia.
(    ) Por causa da ideologia, que é veementemente condenada na Bíblia.
 
9- O que é a idolatria?
(    ) É colocar qualquer coisa, ou pessoa, em lugar de DEUS.
(    ) É só quando se coloca qualquer imagem em lugar de DEUS.
(    ) Se colocarmos os bens materiais acima de DEUS estará incorrendo no pecado da idolatria.
 
10- De que maneira devemos amar e obedecer a DEUS?
(    ) Não devemos obedecer a DEUS, visando apenas às riquezas deste mundo.
(    ) Devemos sempre buscar as bênçãos materiais de DEUS.
(    ) Temos de amá-lo e obedecer-lhe a Palavra independentemente de qualquer recompensa material.
 
III. A OBEDIÊNCIA E SUAS LIÇÕES
11- De que forma se dá a proteção divina?
(    ) DEUS prometeu segurança ao povo de Israel, mas isto não descartava a possibilidade de a nação eleita passar por situações conflituosas.
(    ) Muitas são as adversidades daqueles que desejam viver piamente em CRISTO.
(    ) Há promessas de proteção e segurança para o crente.
(    ) É só confiar! Nós somos a propriedade particular de DEUS.
(    ) A idéia de um povo santo, separado e consagrado ao Senhor permeia toda a Escritura.
(    ) Devemos nos lembrar de que DEUS só guarda os descendentes de Abraão.
(    ) Você quer ser abençoado? Então, reconheça seus limites e consagre-se inteiramente a DEUS.
 
12- O que explica o estado de anarquia em que a nação de Israel estava mergulhada, na época do juízes?
(    ) Com a morte de Josué o povo se rebelou contra seus líderes, pois os mesmos se tornaram idólatras.
(    ) No período dos juízes, o povo fazia o que achava mais correto.
(    ) Somente a intervenção dos juízes trazia o povo de volta à obediência, fazendo-o experimentar a bênção divina.
 
13- O que explica o estado de anarquia em que a nação de Israel estava mergulhada, na época da monarquia e qual o papel dos profetas nessa época?
(    ) No período monárquico, a atuação dos profetas faz-se ainda mais notória.
(    ) Chamados por DEUS para clamar contra a idolatria e as injustiças sociais, os profetas falavam tanto ao povo como aos governantes.
(    ) A maior parte das profecias do Antigo Testamento está diretamente relacionada ao combate às injustiças sociais.
(    ) Para os profetas, nenhuma prosperidade era legítima se fosse alcançada à custa dos menos favorecidos.
 
14- O que nos ensina o período da monarquia de Israel, quanto à prosperidade? Complete:
Esse período deixa-nos a seguinte lição: a ____________________________ é causada também pelas ____________________________ cometidas pelos governantes e a ________________________ advém como resultado do temor que os mandatários nutrem por aquele que governa todas as coisas: o Todo-Poderoso DEUS (2 Cr 31.20).
 
15- O que é “maldição hereditária”? 
(    ) É uma maldiçao que só se instala na vida do crente.
(    ) É um falso ensino muito popular entre os evangélicos que associa a pobreza ao pecado e os infortúnios da vida a alguma maldição não quebrada.
(    ) Crendo nessa falsa doutrina, muitos cristãos entraram numa espécie de paranóia, procurando alguma maldição para quebrar.
(    ) Um exame das Escrituras, porém, mostra que a desobediência à Palavra de DEUS, e não uma maldição hereditária, é a causa do castigo!
 
16- Por que ninguém necessita participar de nenhum ritual de quebra de maldição?
(    ) Porque a Escritura afirma que CRISTO nos faz passar pela maldição da lei.
(    ) Porque a Escritura afirma que “CRISTO nos condenou à maldição da lei, fazendo-se maldição por nós”.
(    ) Porque a Escritura afirma que “CRISTO nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós”.
 
CONCLUSÃO
17- Complete:
 Nesta lição, destacamos que DEUS quer fazer _____________________________ o seu povo e para isso deu-lhe muitas promessas. Outrossim, precisamos deixar bem claro que o fato de um crente passar por _______________________________ e dificuldades não significa que ele esteja em pecado ou em desobediência a DEUS, pois o próprio CRISTO alertou-nos de que no mundo seremos afligidos (Jo 16.33). Mas que o _________________________ traz conseqüências para a vida do crente, não o podemos negar (Gl 6.7). Por isso, devemos agir com muito _____________________________ e sobriedade ao tratar desse assunto.
 
 
 
RESPOSTAS DO QUESTIONÁRIO EM http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
 
AJUDA
CPAD - http://www.cpad.com.br/ - Bíblias, CD'S, DVD'S, Livros e Revistas. BEP - BÍBLIA de Estudos Pentecostal.
VÍDEOS da EBD na TV, DE LIÇÃO INCLUSIVE - http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/videosebdnatv.htm
BÍBLIA ILUMINA EM CD - BÍBLIA de Estudo NVI EM CD - BÍBLIA Thompson EM CD.
BANCROFT, E. H. Teologia Elementar. São Paulo, IBR, 1975.
CEGALLA, D. P. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo, Companhia Editora Nacional, 1977.
BÍBLIA. Português. Bíblia Sagrada. Edição contemporânea. São Paulo, Vida, 1994.
McNAIR, S. E. A Bíblia Explicada. Rio de Janeiro, CPAD, 1994.
Espada Cortante 2 - Orlando S. Boyer - CPAD - Rio de Janeiro - RJ
CHAMPLIN, R. N. Enciclopédia de Bíblia, Teologia e Filosofia. 5. ed. São Paulo: Hagnos, 2001. v. 1
VOS, Howard F.; REA, John. Dicionário Bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, 2006.
VINE, W. E.; UNGER, Merril F.; WHITE JR, William. Dicionário Vine. 2. ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2003.
GILBERTO, Antonio. A BÍBLIA Através dos Séculos. Rio de Janeiro: CPAD, 1987. HORTON, Stanley. Teologia Sistemática. Rio de Janeiro: CPAD, 1996. 
Romeiro, Paulo - Decepcionados com a graça : esperanças e frustrações no Brasil neopentecostal / Paulo Romeiro. — São Paulo : Mundo Cristão, 2005.
Ari Pedro ORO, Igreja Universal do Reino de DEUS: Os novos conquistadores da fé, p. 32,33. V. tb. entrevista sobre o mesmo tema na revista Eclésia, dezembro de 2003, p. 18.
Paulo ROMEIRO, Super Crentes e Evangélicos em crise.
Dennis A. SMITH, “Pistas polêmicas para uma pastoral no final do milênio” in
Benjamin F. GUTIÉRREZ e Leonildo S. CAMPOS, Na força do ESPÍRITO, p. 286.
Peq.Enc.Bíb. - Orlando Boyer - CPAD
Livro Jó - Claudionor De Andrade - CPAD
Introdução e Comentários de Francis I.Andersen - Sociedade Religiosa Edições Vida Nova - S.Paulo - SP
Impressão 05/1996  -  http://www.vidanova.com.br/ 
www.estudosbiblicos.com.br 
MURPMY, R. E. – Jó e Salmos. Encontros e Confrontos com DEUS, Ed Paulinas, 1985.
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao07-pd-apromessadaverdadeprosperidade.htm
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao10-heresias-ateologiadaprosperidade.htm
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/jolicao9bildadeteologiaprosperidade.htm
 
 
 
Índex
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos