Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
1º Trimestre de 2004 -  A PESSOA E A OBRA DO ESPÍRITO SANTO 
 
Lição 3 -  Todos Os Salvos Precisam ser Batizados Com O ESPÍRITO SANTO
 
 
Questionário
 
JESUS deseja derramar o ESPÍRITO SANTO como cachoeira sobre sua Igreja
 
Texto Áureo:
At 2.39 Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar.
A VÓS, A VOSSOS FILHOS E A TODOS. A promessa do batismo no Espírito Santo não foi apenas para aqueles presentes no dia de Pentecoste (v.4), mas também para todos os que cressem em Cristo durante toda esta era: a vós os ouvintes de Pedro; a vossos filhos à geração seguinte; à todos os que estão longe à terceira geração e às subseqüentes. (1) O batismo no Espírito Santo com o poder que o acompanha, não foi uma ocorrência isolada, sem repetição, na história da igreja. Não cessou com o Pentecoste (cf. v. 38; 8.15; 9.17; 10.44-46; 19.6), nem com o fim da era apostólica. (2) É o direito mediante o novo nascimento de todo cristão buscar, esperar e experimentar o mesmo batismo no Espírito que foi prometido e concedido aos cristãos do NT (1.4,8; Jl 2.28; Mt 3.11; Lc 24.49).
 
Verdade Prática:
Ser Batizado Com O ESPÍRITO SANTO Significa Ser imerso Na Plenitude do ESPÍRITO.
 
 
 
Leitura Diária:
Segunda: O ESPÍRITO SANTO intercede por nós
Rm 8.26,27 = 26 Do mesmo modo também o Espírito nos ajuda na fraqueza; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis. 27 E aquele que esquadrinha os corações sabe qual é a intenção do Espírito: que ele, segundo a vontade de Deus, intercede pelos santos.
O ESPÍRITO... INTERCEDE POR NÓS COM GEMIDOS. No tocante à atividade do Espírito Santo em ajudar o crente a orar, três observações são importantes: (1) O filho de Deus tem dois intercessores divinos. Cristo intercede no céu pelo crente, perante a face do Pai (v. 34; ver Hb 7.25 nota; 9.24; 1 Jo 2.1) e o Espírito Santo intercede no íntimo do crente, na terra (ver o estudo A INTERCESSÃO). (2) "Com gemidos", provavelmente, indica que o Espírito intercede juntamente com os gemidos do crente. Esses gemidos têm lugar no coração do crente. (3) Os desejos e anseios espirituais dos crentes têm sua origem no Espírito Santo, que habita em nosso coração. O próprio Espírito suspira, geme e sofre dentro de nós, ansiando pelo dia final da redenção (vv. 23-25). Ele apela ao Pai em favor das nossas necessidades "segundo [a vontade de] Deus" (v. 27)
 
 
Terça: O ESPÍRITO SANTO concedido aos discípulos ousadia para anunciarem o evangelho
At 4.31,33 = 31 E, tendo eles orado, tremeu o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com intrepidez a palavra de Deus.
TODOS FORAM CHEIOS DO ESPÍRITO SANTO. Várias verdades importantes destacam-se aqui. (1) A expressão batizados com Espírito Santo (ver 1.5 nota) descreve a obra de consagração do Espírito Santo capacitando inicialmente o crente com poder divino para testemunhar. Os termos cheios , revestido e com autoridade descrevem essa sua capacitação para trabalhar (2.4; 4.8,31; 9.17; 13.9,52). Conforme a necessidade, o enchimento do Espírito pode ser renovado. (2) As expressões do meu Espírito derramarei (2.17,18; 10.45), veio sobre eles o Espírito Santo (19.6), retratam de modo diferente a ocasião em que os crentes são cheios do Espírito Santo (2.4; 4.31; 9.17). (3) Todos os crentes, inclusive os apóstolos anteriormente cheios (2.4), foram novamente cheios a fim de enfrentarem a oposição contínua dos judeus (v. 29). Novos enchimentos com o Espírito Santo fazem parte da vontade e provisão de Deus para todos os que receberam o batismo no Espírito Santo (cf. 4.8 nota; 13.52). Devemos esperá-los e buscá-los. (4) Aqui, o Espírito visita uma congregação inteira. Logo, para que seja cumprida a vontade de Deus quanto a igreja, não somente indivíduos devem ser cheios do Espírito (4.8; 9.17; 13.9), mas também congregações inteiras (2.4; 4.31) devem experimentar visitações repetidas do Espírito Santo face às necessidades e desafios especiais. (5) A atuação de Deus sobre toda a congregação, com um novo enchimento do Espírito Santo, resulta em ousadia e poder no testemunho dos crentes, em amor uns pelos outros e no recebimento de graça abundante sobre todos (vv. 31-33).
ANUNCIAVAM COM OUSADIA A PALAVRA DE DEUS O poder interior do Espírito e a realidade da presença de Deus que vêm da 
plenitude do Espírito libertam o crente do medo doutras pessoas e aumenta grandemente a sua coragem e motivação para falar de Deus

33 Com grande poder os apóstolos davam testemunho da ressurreição do Senhor Jesus, e em todos eles havia abundante graça.
COM GRANDE PODER. Era poder divino manifesto no mais alto grau que operava nos apóstolos. O grego diz aqui mega dunamis. Grande poder é a característica distintiva da pregação e do testemunho apostólicos (cf. 1.8), por três razões: (1) O testemunho apostólico baseava-se na Palavra de Deus (v. 29) e na convicção de que ela fora dada pela inspiração do Espírito Santo. (2) Os discípulos tinham certeza de terem sido enviados e comissionados pelo próprio Jesus Cristo, o Senhor ressurreto (v. 33). (3) O grande poder do Espírito Santo operando nos discípulos (v. 31), efetuava grande convicção nos ouvintes do evangelho quanto ao pecado de cada um, a justiça de Cristo e o juízo divino (ver Jo 16.8). Hoje, o mesmo acontecerá em nossas igrejas se o Espírito operar poderosamente

 
Quarta: O ESPÍRITO SANTO ajuda a enfrentar as perseguições
At 13.50-52 = 50 Mas os judeus incitaram as mulheres devotas de alta posição e os principais da cidade, suscitaram uma perseguição contra Paulo e Barnabé, e os lançaram fora dos seus termos. 51 Mas estes, sacudindo contra eles o pó dos seus pés, partiram para Icônio. 52 Os discípulos, porém, estavam cheios de alegria e do Espírito Santo.
ESTAVAM CHEIOS ... DO ESPÍRITO SANTO. O verbo grego traduzido cheios está no pretérito imperfeito, indicando ação contínua num tempo passado. Os discípulos recebiam continuamente, dia após dia, a plenitude e o revestimento de poder do Espírito Santo. A plenitude do Espírito não é meramente uma experiência inicial que ocorre uma só vez, mas, sim, uma vida de repetidos enchimentos para as necessidades e tarefas da parte de Deus (cf. Ef 5.18).
 
Quinta: Onde há o ESPÍRITO SANTO, há vida
Sl 133.2,3 = 2 É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desceu sobre a barba, a barba de Arão, que desceu sobre a gola das suas vestes; 3 como o orvalho de Hermom, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordenou a bênção, a vida para sempre.
133.1 QUE OS IRMÃOS VIVAM EM UNIÃO! Este salmo expressa a mesma verdade espiritual que Jo 17, quando Jesus orou para que seus discípulos fossem alicerçados em amor, santidade e unidade. Ele sabia que o Espírito Santo não poderia operar entre eles, havendo divisões causadas por pecado e ambições egoístas (ver 1 Co 1.10-13; 3.1-3). Por outro lado, o fervente amor a Deus e ao próximo, aliado à santificação na verdade da Palavra de Deus, fará com que Ele esteja entre os seus e os unja (ver Jo 17.21; Ef 4.3).
 
Sexta: O ESPÍRITO SANTO é imprescindível para expansão do evangelho
At 1.8 = 8 Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.
RECEBEREIS A VIRTUDE. O termo original para virtude é dunamis, que significa poder real; poder em ação. Esse é o versículo-chave do livro de Atos. O propósito principal do batismo no Espírito Santo é o recebimento de poder divino para testemunhar de Cristo, para ganhar os perdidos para Ele, e ensinar-lhes a observar tudo quanto Cristo ordenou. Sua finalidade é que Cristo seja conhecido, amado, honrado, louvado e feito Senhor do povo de Deus (cf. Mt 28.18-20; Lc 24.49; Jo 5.23; 15.26,27). (1) Poder (gr. dunamis) significa mais do que força ou capacidade; designa aqui, principalmente, o poder divino em operação, em ação. O batismo no Espírito Santo trará o poder pessoal do Espírito Santo à vida do crente. (2) Note que neste versículo Lucas não relaciona o batismo no Espírito Santo com a salvação e regeneração da pessoa, mas com o poder celestial no interior do crente para este testemunhar com grande eficácia. (3) A obra principal do Espírito Santo no testemunho e na proclamação do evangelho diz respeito à obra salvífica de Cristo, à sua ressurreição e à promessa do batismo no Espírito (cf. 2.14-42). Ver a nota seguinte, que trata do Espírito dando testemunho e o que isso representa em nossa vida pessoal.
 SER-ME-EIS TESTEMUNHAS. O batismo no Espírito Santo não somente outorga poder para pregar Jesus como Senhor e Salvador (ver a nota anterior), como também aumenta a eficácia desse testemunho, fortalecido e aprofundado pelo nosso relacionamento com o Pai, o Filho e o Espírito Santo por termos sido cheios do Espírito (cf. Jo 14.26; 15.26,27). (1) O Espírito Santo revela e torna mais real para nós a presença pessoal de Jesus (Jo 14.16-18). Uma comunhão íntima com o próprio Jesus Cristo resultará num desejo cada vez maior da nossa parte de amar, honrar e agradar nosso Salvador. (2) O Espírito Santo dá testemunho da justiça (Jo 16.8,10) e da verdade (Jo 16.13), as quais glorificam a Cristo (Jo 16.14), não somente com palavras, mas também no modo de viver e no agir. Daí, quem tem o testemunho do Espírito Santo a respeito da obra redentora de Jesus Cristo, manifestará com certeza, à semelhança de Cristo, o amor, a verdade e a justiça em sua vida (cf. 1 Co 13). (3) O batismo no Espírito Santo outorga poder para o crente testemunhar de Cristo e produz nos perdidos a convicção do pecado, da justiça e do juízo (ver Jo 16.8 nota). Os efeitos desta convicção se tornarão evidentes naqueles que proclamam com sinceridade a mensagem da Palavra e naqueles que a recebem (2.39,40). (4) O batismo no Espírito Santo destina-se àqueles cujos corações pertencem a Deus por terem abandonado seus maus caminhos (2.38; 3.26), e é mantido mediante a mesma dedicação sincera a Cristo (ver 5.32 nota). (5) O batismo no Espírito Santo é um batismo no Espírito que é santo (cf. Espírito de santificação , Rm 1.4). Assim, se o Espírito Santo realmente estiver operando em nós plenamente, viveremos em maior conformidade com a santidade de Cristo. À luz destas verdades bíblicas, portanto, quem for batizado no Espírito Santo, terá um desejo intenso de agradar a Cristo em tudo o que puder. Noutras palavras: a plenitude do Espírito complementa (i.e., completa) a obra salvífica e santificadora do Espírito Santo em nossa vida. Aqueles que afirmam ter a plenitude do Espírito, mas vivem uma vida contrária ao Espírito de santidade, estão enganados e mentindo. Aqueles que manifestam dons espirituais, milagres, sinais espetaculares, ou oratória inspiradora, mas não têm uma vida de verdadeira fé, amor e retidão, não estão agindo segundo o Espírito Santo, mas segundo um espírito impuro que não é de Deus (Mt 7.21-23; cf. Mt 24.24; 2 Co 11.13-15). 
 
Sábado:  ESPÍRITO SANTO é uma bênção de DEUS para os seus filhos
Ef 1.3 = 3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestes em Cristo;
Já nos abençoou, falta a muitos tomarem posse dessa bênção.
 
Objetivos:
 
Leitura Bíblica Em Classe: At 1.4-14
4 como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor;
5 e nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade,
6 para o louvor da glória da sua graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado; 7 em quem temos a redenção pelo seu sangue, a redenção dos nossos delitos, segundo as riquezas da sua graça, 8 que ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência, 9 fazendo-nos conhecer o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que nele propôs
10 para a dispensação da plenitude dos tempos, de fazer convergir em Cristo todas as coisas, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra, 11 nele, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade, 12 com o fim de sermos para o louvor da sua glória, nós, os que antes havíamos esperado em Cristo; 13 no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, 14 o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para o louvor da sua glória.
1.4 A PROMESSA DO PAI. O prometido dom do Pai (Jl 2.28,29; Mt 3.11) é o batismo no Espírito Santo (ver v. 5 nota). O cumprimento desta promessa, no entanto, é descrito como ser cheios do Espírito Santo (2.4). Assim, batizado no Espírito e cheio do Espírito , às vezes, são usados como equivalentes nas Escrituras. A partícula grega que aparece nos pertinentes textos do NT leva para a tradução com ou no Espírito Santo, em se tratando do batismo pentecostal. Este batismo com ou no Espírito Santo, não deve ser identificado com o recebimento do Espírito Santo na ocasião da regeneração. São duas obras distintas do Espírito, muitas vezes separadas por um período de tempo 
1.5 BATIZADOS COM O ESPÍRITO SANTO. A preposição com é a partícula grega en, que pode ser traduzida como em ou com . Por isso, muitos preferem a tradução sereis batizados no Espírito Santo . Da mesma forma, batizados com água pode ser traduzido batizados em água . O próprio Jesus é aquele que batiza no Espírito Santo os que nEle crêem.
1.8 RECEBEREIS A VIRTUDE. Vide acima Dia Sexta-Feira
1.14 PERSEVERAVAM UNANIMEMENTE EM ORAÇÃO E SÚPLICAS. A experiência do Pentecoste sempre envolve a responsabilidade humana. Aqueles que desejam o derramamento do Espírito em sua vida, para terem poder para realizar a obra de Deus, devem colocar-se à disposição do Espírito Santo mediante sua submissão à vontade de Deus e à oração (v. 4; 2.38; 9.11-17; cf. Lc 11.5-13; 24.49; Is 40.29-31). Note os paralelos entre a vinda do Espírito sobre Jesus e os discípulos. (1) O Espírito desceu sobre eles depois que oraram (Lc 3.21,22; At 1.14; 2.2-4). (2) Houve manifestações visíveis do Espírito (Lc 3.22; At 2.2-4). (3) Os ministérios, tanto de Jesus como dos discípulos, começaram depois do Espírito Santo vir sobre eles (cf. Mt 3.16 com 4.17; Lc 3.21,22 com 4.14-19; At 2.14-47).
 
Comentários: Introdução:
Em muitas denominações ainda hoje se encontram doutrinas anti-batismo com o ESPÍRITO SANTO, porém, mais incrível que isso é sabermos que muitos dos que congregam em Igrejas Pentecostais ainda não são batizados com o  ESPÍRITO SANTO. É como estar morrendo de fome com uma despensa cheia da melhor e mais apetitosa comida à disposição.
 
Tópico I - A Doutrina Sobre O Batismo Com O ESPÍRITO SANTO No Novo Testamento
É no Novo Testamento que O ESPÍRITO SANTO é apresentado por DEUS em toda a sua glória e poder, operando através dos crentes.
DEUS agora não tem mais só um filho fazendo milagres e pregando o evangelho na terra, mas uma multidão que, cheios O ESPÍRITO SANTO fazem sinais e prodígios, arrebatando as almas das garras de Satanás.
 
1- João Batista Apresentou JESUS Como Aquele Que Batiza Com  O ESPÍRITO SANTO
João Batista, apesar de ser primo de JESUS, testificou que antes não sabia que JESUS era o filho de DEUS, mas agora lhe foi revelado que este a quem viu sair da água e descer sobre Ele O ESPÍRITO SANTO, é o que batiza com O ESPÍRITO SANTO e com fogo, ou seja, batiza e capacita com dons de poder.
 
2- O Apóstolo Pedro E O Batismo Com O ESPÍRITO SANTO
O Pedro que antes era medroso e se escondia dos Romanos, agora é um Pedro cheio de coragem e fé para pregar a uma multidão e ganhar para CRISTO quase três mil almas num só dia. O Que Aconteceu? É o maravilhoso Batismo Com O ESPÍRITO SANTO, capacitando, dando coragem e poder para testemunhar, é a promessa de DEUS se cumprindo entre os homens. É a profecia de Joel que se cumpriu e causa arrependimento de pecados e conversão em massa pela unção da Palavra de DEUS pregada pelo discípulo de JESUS, cheio do ESPÍRITO SANTO.
At 5.3,4 “Disse, então, Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço da herdade? Guardando-a, não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.”
 É essencial que os crentes reconheçam a importância do Espírito Santo no plano divino da redenção. Sem a presença do Espírito Santo neste mundo, não haveria a criação, o universo, nem a raça humana (Gn 1.2; Jó 26.13; 33.4; Sl 104.30). Sem o Espírito Santo, não teríamos a Bíblia (2Pe 1.21), nem o NT (Jo 14.26, 1Co 2.10) e nenhum poder para proclamar o evangelho (1.8). Sem o Espírito Santo, não haveria fé, nem novo nascimento, nem santidade e nenhum cristão neste mundo.
Atos 10:44-47: “E dizendo Pedro ainda estas palavras, veio o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a Palavra. E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. Porque os ouvia falar línguas e magnificar a Deus. Respondeu então Pedro: Pode alguém por ventura recusar a água para que sejam batizados estes, que também receberam como nós o Espírito Santo?”
Conforme as passagens acima, o batismo com o Espírito Santo é uma Segunda experiência que a pessoa tem com Cristo, a primeira é a salvação, a Segunda o batismo com Espírito Santo.
 
Tópico II - Porque JESUS Quer Batizar Todos Os Crentes
Como fazer para que de repente homens iletrados e rudes se tornem pregadores eloquentes e cheios de poder e de sabedoria? Somente através do glorioso derramamento do ESPÍRITO SANTO.
 
1- ELE quer que cada crente esperimente plenamente a alegria do ESPÍRITO SANTO 
Não há alegria maior do que estar cheio do ESPÍRITO SANTO, parece incrível, mas acontece até de pessoas passarem uma noite inteira sorrindo às gargalhadas pela presença poderosa e transformadora do ESPÍRITO SANTO. Regozijai-vos, outra vez vos digo, Regozijai-vos, já dizia Paulo, homem que vivia cheio do ESPÍRITO SANTO e sofrendo todo tipo de perseguição.
 
2- O ESPÍRITO SANTO é um inestimável auxílio em nossa vida de oração e serviço
http://www.armazemnadia.com.br/henrique/ORACAO.HTM  http://www.armazemnadia.com.br/henrique/orarnoespíritosanto.htm 
 
O ESPÍRITO SANTO É NOSSO INTERCESSOR NA TERRA: (Rm 8.26,27)
E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
 
Definição de Intercessão:
Interceder é colocar-se no lugar de outro e pleitear a sua causa, como se fora sua própria. É estar entre Deus e os homens, a favor destes, tomando seu lugar e sentindo sua necessidade de tal maneira que luta em oração até a vitória na vida daquele por quem intercede.
Há muitas definições que nós poderíamos dar sobre intercessão. A mais simples está na Bíblia: "Orai uns pelos outros" (Tg. 5:16). Ela está cheia de exemplos: Abraão suplicou por Ló e este foi liberto da destruição de Sodoma e Gomorra; Moisés intercedeu por Israel apóstata e foi ouvido; Samuel orou constantemente pela nação; Daniel orou pela libertação do seu povo do cativeiro; Davi suplicou pelo povo; Cristo rogou por Seus discípulos e fez especial intercessão por Pedro; Paulo é exemplo de constante intercessão. Toda a Igreja é chamada ao fascinante ministério da intercessão.
O intercessor é o que vai a Deus não por causa de si mesmo, mas por causa dos outros. Ele se coloca numa posição de sacerdote, entre Deus e o homem, para pleitear a causa.
Intercessão é dar à luz no reino do espírito às promessas e propósitos de Deus. É uma oração para que a vontade de Deus seja feita na vida de outros; é descobrir o que está no coração de Deus e orar para que isso se manifeste.
Deus levanta hoje um verdadeiro exército de intercessores.  Ele está para trazer à Terra o maior derramamento do Espírito já testemunhado. Para tanto, Seu Espírito traz ao Corpo de Cristo um peso de intercessão, pois a oração intercessória é a ferramenta usada por Ele para manifestar na vida dos homens Seus poderosos feitos.
Interceder é ver a necessidade da intervenção de DEUS nas mais diversas situações. É captar a mente de Cristo, de modo a ver as circunstâncias como Cristo as vê, e unir-se a Ele em súplica para que Deus se mova de tal maneira que sua vontade e propósito Divinos sejam cumpridos nas vidas dos homens e das nações.
 
Etimologia da Palavra
Etimologicamente, podemos considerar a palavra no hebraico, grego e português. É interessante estudarmos o significado das palavras nas línguas originais, porque em assim fazendo temos um entendimento melhor do que elas significam.
Paga (hebraico) - Vem da raiz de uma palavra que significa "colidir pela violência". Paga segundo a Concordância de Strong, quer dizer: "colidir, encontrar, por acidente ou violência, ou (figuradamente) pela importunação. Vir (entre), suplicar, cair (sobre), fazer intercessão, interceder, pleitear, prostrar, encontrar com (juntos), suplicar, orar, alcançar, correr". É esta a palavra usada em Is. 55:12; Jr. 7:16; 27:18; 36:25.
O Léxico Hebraico-Caldeu do Velho Testamento, de H.W.F. Gesenius, ressalta vários significados existentes na raiz da palavra. Destacamos: "Vir sobre ou contra, quer de propósito ou acidentalmente, quer violenta ou levemente; num bom sentido, assaltar alguém com petições, orações; instá-lo; encontrar-se com; alcançar alguém; fazer uma aliança com alguém..."
Interessantes são também as expressões: "colocar-se na brecha", para defender alguém (Ez. 13:5; 22:30; SI. 106:23) e "erguer um muro em torno de alguém" (Ez. 13:6; 22:30).
Ënteuxis (grego) - (substantivo) De acordo com W. E. Vine, em seu Expository Dictionary of the New Testament Words, "primariamente denota encontrar-se com; então, uma conversação; uma petição; é um termo técnico de aproximação de um rei, bem como para a aproximação de Deus em intercessão; é traduzido para oração em 
I Tm. 4:5 e no plural em I Tm. 2:1 (isto é, procurando a presença e ouvindo de Deus a favor de outros).
Entugchano (grego) - (verbo) Segundo W. E. Vine, "primariamente harmonizar-se com, encontrar-se com o fim de conversar; então, fazer petição, especialmente intercessão, pleitear com uma pessoa, tanto a favor quanto contra outros;  
(a) contra: At. 25:24; Rm. 11:2; 
(b) a favor: Rm. 8:27,34; Hb. 7:25.
Huperentugcha no grego) - Interceder a favor de; fazer intercessão por. 
Interceder, segundo o Dicionário de Aurélio, é "pedir, rogar, suplicar (por outrem); intervir (a favor de alguém ou de algo)"
O Dicionário da Bíblia, de Nelson, declara: "O ato de peticionar a Deus ou orar a favor de outra pessoa ou grupo." 
 
A natureza pecaminosa deste mundo separa os seres humanos de Deus. Tem sido necessário, portanto, que pessoas justas vão a Deus buscar reconciliação entre Ele e Sua criação caída."
 
Encontro e Confronto
A palavra hebraica, paga, para intercessão, tem dois aspectos: O primeiro é de luta, violência, choque e denota confronto. O outro, de encontro, colocar-se entre, orar, suplicar. Concluímos, pois, que a intercessão tem duas facetas: Uma de confronto com o inimigo e outra de encontro com o Rei.
O homem não tem autoridade para confrontar o seu Criador. Vamos a Deus com uma atitude de quebrantamento e submissão. Contra quem, pois, se colide na intercessão? Contra o que se opõe aos planos de Deus na vida dos filhos dos homens.
No sentido lato da palavra, interceder é enfrentar as forças opostas de Satanás, colidindo contra elas, pela batalha espiritual, e colocar-se diante de Deus, firmado em Suas promessas, a fim de pleitear a causa de outros; é um  encontro com Deus e um confronto com Satanás, a favor dos homens. (O poder da INTERCESSÃO - Valnice Milhomens).
 
3- O batismo com O ESPÍRITO SANTO proporciona o ambiente espiritual no qual os dons espirituais se manifestam
Falar em línguas estranhas é o sinal do batismo com Espírito Santo:
Atos 2:4: “E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.”
Atos 10:46: “Porque os ouvia falar em línguas e magnificar a Deus.”
Atos 19:6: “E impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e falavam línguas e profetizavam.”
Atos 8:17 diz que com a imposição da mãos dos apóstolos Pedro e João, os novos convertidos em Samaria receberam o Espírito Santo. Não está escrito que falaram línguas, mas o versículo 18, diz que Simão, vendo que pela imposição das mãos dos apóstolos era dado o Espírito Santo, lhes ofereceu dinheiro. Que sinal teria visto Simão, para saber que eles tinham recebido o Espírito Santo? É natural entendermos que Simão tenha visto a manifestação do mesmo sinal manifestado em outras ocasiões semelhantes, isto é, línguas estranhas. Não quero entrar no assunto de falar línguas estranhas, porque estaria fugindo do nosso tema. Mas apenas mostrar pelas Escrituras que o falar línguas estranhas, é o sinal do batismo com o Espírito Santo
 
Tópico III - Descrições Bíblicas Do Batismo Com O ESPÍRITO SANTO 
 
1- Expressões Usadas Por JESUS
2- Outras Expressões Encontradas Em Atos Dos Apóstolos
 
Tópico IV - Batismo Com O ESPÍRITO SANTO  - Uma Bênção Que Deve Ser Buscada
Porque deve o crente buscar o batismo com o Espírito Santo? Porque o Espírito Santo dá ao crente poder para ser testemunha de Jesus:
Atos 1:8: “Mas recebeis a virtude do Espírito Santo que há de vir sobre vós, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.”
É muito importante que os pregadores do Evangelho sejam pessoas bastante cultas, e que procurem sempre aprimorar essa cultura que pesquisem, que estudem; mas é indispensável que sejam batizados com o Espírito Santo, e permaneçam cheios do Espírito Santo. O batismo com o Espírito Santo, abre ao crente as portas para o recebimento dos dons espirituais que o torna útil para a Igreja:
I Coríntios 12:7: “Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. O Espírito Santo glorifica a Jesus no crente.”
João 16:14: “Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vô-lo há de anunciar.”
É uma nova experiência que o crente tem com Cristo. O Espírito Santo dá ao crente poder sobre a carne, sobre o mundo, e o diabo. O crente batizado com o Espírito Santo, sente um manancial de vida afluir do seu interior como as correntezas de um rio caudaloso:
João 7:37-39: “E o último dia, o grande dia da festa Jesus pôs-se em pé, e clamou dizendo: Se alguém tem sede, vem a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a escritura, rios de águas vivas correrão do seu ventre. E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem, porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.”
Os crentes que ainda não são batizados com o Espírito Santo o conselho de Jesus é que o busquem até receber:
Lucas 11:9-13: “E eu vos digo a vós. Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á. Porque quem pede recebe, e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-vos-á. E qual o pai dentre vós que se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou também se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Pois vós sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito àqueles que lho pedirem?”

Tópico V - O Batismo Com O ESPÍRITO SANTO É A Maior Necessidade Do Cristianismo Nos Dias Atuais
O Espírito Santo é o agente divino para o serviço do Senhor, revestindo os crentes de poder para realizar a obra do Senhor e dar testemunho dEle. Esta obra do Espírito Santo relaciona-se com o batismo ou com a plenitude do Espírito. Quando somos batizados no Espírito, recebemos poder para testemunhar de Cristo e trabalhar de modo eficaz na igreja e diante do mundo (1.8). Recebemos a mesma unção divina que desceu sobre Cristo (Jo 1.32,33) e sobre os discípulos (2.4; ver 1.5), e que nos capacita a proclamar a Palavra de Deus (1.8; 4.31) e a operar milagres (2.43; 3.2-8; 5.15; 6.8; 10.38). O plano de Deus é que todos os cristãos atuais recebam o batismo no Espírito Santo (2.39).
    Aos crentes batizados com o Espírito Santo, não devem se acomodar acham do que já subiram o último degrau. Deus tem muitas bênçãos ainda para lhes dar. O celeiro celestial está cheio. Glória a Deus.
Está escrito que, após o Senhor Jesus Ter sido batizado nas águas, o céu se abriu e veio sobre ele o Espírito Santo, descendo como pomba e vindo sobre ele. (Mateus 3:16) Depois que veio o Espírito Santo sobre Jesus, o mesmo Espírito o conduziu para o deserto para ser tentado por Satanás. (Lucas 4:1) E após a completa vitória de Jesus sobre o diabo, teve início ao seu glorioso ministério. Isto deve nos servir de ensino, que após o batismo com o Espírito Santo, não cessam as lutas; mas nos conforta saber, que estamos mais preparados para a luta. Que estamos agora revestido de poder. (Lucas 24:49).
Os grandes movimentos evangelísticos, que tem sido a causa da salvação de muitas almas, grandes campanhas de cura divina e libertação de oprimidos, tem surgido sempre após um período de oração, e grande derramamento do Espírito Santo.

Oxalá possamos receber uma grande avivamento espiritual e muitos crentes apáticos e acomodados possam ser sacudidos pelo poder de Deus; cheio do Espírito Santo, e se tornarem uma benção para o reino de Deus aqui na terra. 
 
Conclusão:
Levam todos os crentes em Jesus Cristo o Espírito Santo a sério? A pergunta não é descabida, porque a própria Escritura Sagrada nos encoraja a não entristecer o Espírito, e a não extingüi-Lo em nossa experiência de vida espiritual. Uma coisa, no entanto, deve ser enfatizada: a vida cristã foi projetada para ser de vitórias! E elas dependem do Espírito Santo em nós, conduzindo a nossa vida e a enchendo.
Como vamos afirmar que levamos o Espírito Santo a sério, se Ele não ocupa lugar de seriedade em nossa vida ou na vida da igreja? Na Escritura Sagrada, ao Espírito Santo é atribuída a mesma dignidade do Pai e do Filho. Na Carta de Judas está ressaltado: "Vós amados, edificando-vos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo; conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo" (v. 20). A Palavra de Deus ensina, ainda, que toda a Santíssima Trindade, em comunhão perfeita, trabalha unida, e nenhuma das Suas Pessoas opera de modo separado das outras.
   Muitas vezes as pessoas que são usadas por DEUS para ministrarem o batismo no ESPÍRITO SANTO, são mal-compreendidas. Veja bem: Seria muito difícil alguém ser batizado sem abrir a boca para falar, pois a evidencia do batismo é o falar em línguas espirituais, assim pede-se às pessoas para glorificarem a DEUS para que quando o ESPÍRITO SANTO vier sobre as mesmas, não os ache de boca fechada e isso venha a impedi-los de receber sua tão desejada bênção. O medo de falar em línguas de maneira diferente dos outros ou o medo da reação na hora do batismo têm impedido muitos de serem balizados; mas o maior impedimento é o pecado não arrependido e não confessado.   
 
Questionário da Lição 3 -  Todos Os Salvos Precisam ser Batizados Com O ESPÍRITO SANTO
Ev. Luiz Henrique – www.henriqueestudos.cjb.net
Texto Áureo:
1-     Para quem é a promessa do Batismo Com O ESPÍRITO SANTO?
(     ) Para todos quantos DEUS, nosso Senhor chamar     (     ) Para poucos crentes     (     ) Só para os líderes
Verdade Prática:
2-     O que significa ser Batizado Com O ESPÍRITO SANTO?
(     ) Ser vazio do ESPÍRITO     (     ) Ser imerso na plenitude do ESPÍRITO     (     ) Ser emerso na plenitude do ESPÍRITO
Introdução:
3-     Como João Batista apresentou JESUS?
(     ) Como seu primo     (     ) Como Rei de Israel     (     ) Como aquele que Batiza Com O ESPÍRITO SANTO e com fogo
Tópico I –
4-     O que significa a palavra “Batismo”?
(     ) Aspersão de água na cabeça     (     ) Molhar a cabeça     (     ) Mergulho, Imersão em, Envolvido por
5-     De que operação o Batismo Com O ESPÍRITO SANTO, é resultado?
(     ) Da lei de DEUS      (     ) Da graça de DEUS      (     ) Da Glorificação de DEUS
6-     João Batista apresentou JESUS como batizador e era homem cheio de que, desde o ventre de sua mãe?
(     ) Da glória de DEUS     (     ) Do ESPÍRITO SANTO     (     ) De coragem e sabedoria
7-     Quando Pedro explicou porque havia falado em línguas e profetizado, revelou ao povo o que?
(     ) Que aquilo era cumprimento da Palavra de DEUS profetizada pelo profeta Isaías, vaticinada no capítulo 2 de seu livro.
(     ) Que aquilo era cumprimento da Palavra de DEUS profetizada pelo profeta Eliseu, vaticinada no capítulo 2 de seu livro.
(     ) Que aquilo era cumprimento da Palavra de DEUS profetizada pelo profeta Joel, vaticinada no capítulo 2 do livro de I Reis
Tópico II –
8-  Complete: “Por que o reino de DEUS não é __________________ nem bebida, mas justiça e paz, e alegria no ______________________________”
9-     Complete: “O _____________________________ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos ________como convém, mas o mesmo Espírito ___________________ por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a ____________________ do Espírito; e é Ele que segundo DEUS intercede pelos ___________”.
10-  Quando os discípulos deveriam executar a ordem missionária de JESUS?
(     ) Quando Pedro mandasse     (       ) Somente quando recebessem o Batismo Com O ESPÍRITO SANTO     (       ) Somente quando fossem perseguidos
11-  O que deseja e busca aquele que é Batizado Com O ESPÍRITO SANTO?
(     ) Descanso      (     ) Alívio     (     ) Salvação     (     ) A operação dos dons espirituais
12-  Através de que DEUS confirma a Palavra da Pregação?
(     ) De aplausos     (      ) De Elogios     (      ) Sinais, Milagres, Maravilhas e dons do ESPÍRITO SANTO
Tópico III –
13-  Quais foram as expressões que JESUS usou se referindo ao Batismo Com O ESPÍRITO SANTO e quais as que estão em Atos dos Apóstolos? Ligue a primeira coluna de acordo com a Segunda:
 
 
JESUS FALOU
Cair o ESPÍRITO SANTO sobre
A Promessa do Pai
Ser Cheio do ESPÍRITO SANTO
 
A Virtude do ESPÍRITO SANTO
 
ESTÁ EM ATOS DOS APÓSTOLOS
O ESPÍRITO SANTO ser derramado
Receber o ESPÍRITO SANTO
Revestidos de Poder
 
Tópico IV –
14-  Por que, muitos deixaram de receber o Batismo com o ESPÍRITO SANTO?
(     ) Porque era só para a época dos apóstolos     (     ) Porque JESUS não batiza mais     (      ) Porque deixaram de buscá-lo
Tópico V-
15-  Qual a maior necessidade de cada salvo?
(     ) Receber o batismo com o ESPÍRITO SANTO e viver esse poder      (     ) Receber o perdão pelos seus pecados
16-  Como os discípulos da Igreja primitiva resistiram e venceram as forças do mal?
(     ) Fugindo de pregarem o evangelho     (      ) Com o poder recebido através do batismo com o ESPÍRITO SANTO     (     ) Somente expulsando os demônios
 
Fontes Principais - Revista e Bíblia da CPAD www.cpad.com.br  e http://www.ad.org.br/adclassico/Doutrinas/doutrbatismo.htm
 
Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos