Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
 Eu

 

 

Olá querido irmão em cristo, a paz do Senhor Jesus. Para aqueles que não crêem no credo das Assembléias de Deus ela é uma seita, assim como para nós aqueles que crer no contrário do que nós cremos. Sugiro ao amado irmão visitar o site: www.cacp.org.br - Lá você vai encontrar tudo sobre seitas.


 Amado irmão em Cristo, a Paz do Senhor! Confesso que fiquei preocupado com sua dúvida, pois, partindo do pressuposto que este fórum e reservado a professores, sua dúvida, para um ensinador, é preocupante ao extremo. A Igreja Evangélica Assembléia de Deus NÃO É UMA SEITA, por que não se comporta com característica sectárias. Para entendermos isto, consideremos o seguinte: A) O SIGNIFICADO DE SEITA: A palavra “seita” deriva-se do grego “hairesis”, de onde surgem duas palavras: HERESIA e FACÇÃO. A Assembléia de Deus repudia toda forma de Heresia e sentimento faccioso no Corpo de Cristo. B) COMO SURGE UMA SEITA: Via de regra, surge da presunção de líderes ou pessoas “doentes” espiritualmente que, nutridas por sentimento faccioso, pregam uma “nova visão”, que os demais não têm, arrebanhando assim, certo número de incautos e néscios atrás de si. A Assembléia de Deus surgiu no Brasil, no ano de 1911, quando do derramamento do Espírito Santo ocorrido pela pregação de Daniel Berg e Gunnar Vingren em cultos na Igreja Batista em Belém do Pará. Assustados com o acontecido, alguns poucos irmãos batistas (sem más intenções, diga-se de passagem...), promoveram a exoneração dos irmãos simpáticos a este movimento. NOTE QUE NÃO FORAM ELES QUE SAÍRAM. FORAM CONVIDADOS A SAIR. C) COMO SE COMPORTA UMA SEITA: (1) Utilizam outra fonte de autoridade além da Bíblia. Enquanto que os cristãos admitem apenas a Bíblia como fonte de conhecimento verdadeiro de Deus, as seitas adotam outras fontes. Algumas forjaram seus próprios livros; outras aceitam revelações diretas da parte de Deus; outras aceitam a palavra de seus líderes como tendo autoridade divina. Outras falam ainda de novas revelações dadas por anjos, ou pelo próprio Jesus. E mesmo que ainda citem a Bíblia, ela tem autoridade inferior a estas revelações. A Assembléia de Deus tem a BÍBLIA como ÚNICA REGRA DE FÉ E CONDUTA. (2) Minimizam a pessoa de Cristo e Seu Poder Salvador. Embora muitas seitas falem bem de Jesus Cristo, não o consideram como sendo verdadeiro Deus e verdadeiro homem, nem como sendo o único Salvador da humanidade. Reduzem-no a um homem bom, a um homem divinizado, a um espírito aperfeiçoado através de muitas encarnações, ou à mais uma manifestação diferente de Deus, igual a outros líderes religiosos como Buda ou Maomé. Freqüentemente, as seitas colocam outras pessoas no lugar de Cristo, a quem adoram e em quem confiam. A Assembléia de Deus prega, há quase cem anos neste país e no mundo, O GENUÍNO EVANGELHO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. (3) Ensinam a salvação pelas obras. Essa é uma característica universal de todas as seitas. Por acreditarem que o homem é intrinsecamente bom, pregam que ele pode acumular méritos e vir a merecer o perdão de Deus, através de suas boas obras praticadas neste mundo. Embora as seitas sejam muito diferentes em sua aparência externa, são iguais neste ponto. Algumas falam em fé, mas sempre entendem a fé como sendo um ato humano meritório. E nisto diferem radicalmente do ensino bíblico da salvação pela graça mediante a fé. A Assembléia de Deus incentiva a prática das boas obras como conseqüência, NÃO COMO CAUSA, da Salvação Graciosa e Gratuita que os Cristão receberam. (4) Pregam o Exclusivismo Salvacionista. Pregam que somente os membros do seu grupo religioso poderão se salvar. Enquanto que os cristãos reconhecem que a salvação é dada a qualquer um que arrependa-se dos seus pecados e creia em Jesus Cristo como Salvador (não importa a denominação religiosa), as seitas ensinam que não há salvação fora de sua comunidade. A Assembléia de Deus condena o JULGAMENTO DE IRMÃOS que não sirvam a Jesus Cristo em outras Igrejas, reservando-se apenas, a repudiar Falsas Doutrinas que neguem a eficácia de Cristo. (5) Consideram-se, via de regra, Uma “Tábua de Salvação” dos últimos tempos. Elas ensinam que receberam algum tipo de ensino secreto que Deus havia guardado para os seus fiéis, perto do fim do mundo. É interessante que ao nos aproximarmos do fim do milênio, cresce o número de seitas afirmando que são o grupo fiel que Deus reservou para os últimos dias da humanidade. A Assembléia de Deus prega a Bíblia e tem suas práticas cultuais públicas. Somos uma “verdadeira Carta Aberta”. Portanto, depois nascido no Evangelho, aos 43 anos de idade e Pastor da Assembléia de Deus, posso assegurar-lhe que NÃO HÁ A MENOR POSSIBILIDADE DE A ASSEMBLÉIA DE DEUS ser relegada à desprezível condição de movimento sectário. Espero que tenha ajudado. DEUS TE ABENÇOE!

Aureliano Guimarães Júnior - Site www.escoladominical.com.br - Sala de Professores - Visite

 

Home
Estudos
EBD
Discipulado
 Mapas
Figuras1
 Figuras2
Fotos
Igreja
Link's
Corinhos
Download
 Eu