Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos
 
TENHO CONTRA TI
Apocalipse 2: 1-7
1.      Ao anjo da igreja de Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro:
2.      Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos;
3.      e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer.
4.      Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor.
5.      Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas.
6.      Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos Nicolaitas, as quais eu também odeio.
7.       Quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito Santo diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus.
 
Depois da morte e ressurreição de Jesus Cristo, a Igreja se estabeleceu sobre a terra e entendeu sua tarefa principal – a proclamação do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo. E com o desejo de fazer Jesus conhecido, os apóstolos e os demais crentes abalaram os poderes humanos, desta terra, a ponto de serem considerados como revolucionários. Diziam daqueles crentes: “Os que tem transtornado o mundo chegaram até nós”.  Cumpria-se aqui o que Paulo disse mais tarde “Porque não me envergonho do evangelho de cristo, pois é o poder de deus para salvação de rodo aquele que crê”.
Como uma nova doutrina, o evangelho criou nos religiosos um ciúme mortal, e com isso desencadeou-se grande perseguição à Igreja de Jesus, que foi espalhada por toda parte como faíscas de fogo e se punha a incendiar os corações das pessoas com a fé em Jesus. E o resultado foi o martírio das lideranças espirituais. Os apóstolos, em sua maioria, tiveram mortes trágicas, mas um deles foi exilado na ilha de Patmos – João.  Que sem duvida sentiu-se solitário, abandonado, desprezado e sem liberdade, exceto a de pensar.
Enquanto pensava na vida próprio e de todos os cristãos, da antiga Jerusalém e sua hipocrisia religiosa, dos ais de Jesus sobre os fariseus e sua falsa religiosidade, foi-lhe dada uma visão de uma nova Jerusalém e dos acontecimentos que no futuro se desdobrariam fazendo diferente a história.
Surge então, o que chamamos de apocalipse, um livro que desvenda os mistérios do futuro. Futuro próximo e futuro distante, o fim dos tempos. João teve uma visão e depois foi-lhe enviado um anjo do céu para lhe explicar o significado da visão 1:1.
A revelação inicia com a confirmação da eternidade de Cristo – “Ele foi a primeiro a se levantar da morte para não morrer mais” 1:5. Não fique triste com sua morte, pois está vivo e todo o olho o verá, incluindo aqueles que o transpassaram.  Depois ouviu a voz do próprio Jesus dizendo: “Eu sou o alfa e o ômega, o principio e o fim” 1:8.
E lhe deu ordens para que escrevesse cartas aos 7 lideres das Igrejas da Ásia.
I- Uma carta ao líder da Igreja de Éfeso.
“Escrevo para transmitir-lhes uma mensagem daquele que caminha entre as Igrejas e sustenta os lideres delas na mão direita. Eu sei quantas coisas boas você está fazendo. Tenho contemplado seu árduo trabalho e a sua perseverança; sei que você não tolera o pecado entre os membros de sua Igreja….Você tem sofrido por mim com perseverança e sem desistir” 2:1-3.
Grandes lições podemos tirar desta carta.
1-      Jesus morreu, ressuscitou e foi assunto ao céu, todos sabemos disso. Mas precisamos saber ainda, que Jesus está no meio de sua Igreja. Ele caminha entre os crentes e sustenta seus lideres. Foi exatamente isso que Ele disse que faria após sua ressurreição: “Eis que estarei com vocês todos os dias, até a consumação dos séculos” Mt. 28:20. Jesus nunca nos deixará sozinhos, nunca nos abandonará.  (passos na areia)
2-      Jesus está vendo tudo o que fazemos. “Eu sei quantas coisas boas você está fazendo. Tenho contemplado seu árduo trabalho e perseverança”. Não vê não apenas o que estamos fazendo, mas como estamos fazendo. Nenhum esforço de nossa parte é vão. Tudo o que fazemos está sendo observado por Jesus, pois Ele está no meio de sua Igreja, Ele está aqui!
3-      Jesus conhece nosso esforço contra o pecado e contra as falsas doutrinas. “Sei que não toleras o pecado no meio da Igreja e que tens examinado cuidadosamente as pretensões dos falsos apóstolos e descobriu que eles mentem”. Jesus sabe que vivemos um tempo difícil em que o pecado toma conta do mundo, e sabe o esforço que estamos fazendo para nos manter puros diante de tanta imoralidade e impureza. Ele sabe, meu irmão, de suas lutas contra o pecado, pois ele está no meio de sua Igreja. Diante de tantas novas doutrinas e modismo cristão, ele está vendo nosso esforço em manter intactas as doutrinas ensinadas por Ele mesmo. O mundo está sendo dominado pela teologia da prosperidade, as pessoas são movidas espiritualmente por eventos, mas depois disso virá uma grande apostasia como tem acontecido em alguns países. Muita gente se aproxima de Jesus e do evangelho para ser beneficiado materialmente, sem nenhum interesse espiritual ou do reino, infelizmente. Mas Jesus conhece nosso esforço contra o pecado e contra as falsas doutrinas.
4-      Jesus sabe de nosso sofrimento e perseverança por causa dele. “Você tem sofrido por mim com perseverança e sem desistir”. Não está fácil levar a vida cristã, não é mesmo? Quanta luta e sofrimento dentro de casa! Perseguição da própria família! Como está jovem? Muitas provas não é mesmo? Muitas ofertas para pecar não é mesmo? Você tem sofrido para perseverar na fé! Mas Jesus sabe disso tudo, pois Ele está no meio de sua Igreja. Jesus conhece o seu sofrimento e te ama.
II- Todavia há uma coisa errada….
Até aqui a Igreja de Éfeso é perfeita. Jesus está no meio dela; ela faz muitas coisas boas, ação social; trabalha arduamente e com perseverança; não tolera o pecado entre seus membros; defende as doutrinas bíblicas examinando cuidadosamente os pregadores; sofre por Jesus e persevera sem desistir. Poderíamos ter uma Igreja melhor do que esta? É perfeita aos nossos olhos, mas não aos olhos de Jesus.
Qual o problema? Jesus disse: Tenho contra ti uma coisa – que deixaste o teu primeiro amor. O que está errado é que você não me ama como no principio, como no começo de seu relacionamento comigo. Pense nos tempos daquele seu primeiro amor, como você está diferente agora, volte-se para mim outra vez, e trabalhe como fazia antes.
1-      Precisamos entender esta mensagem. “Eu tenho uma coisa contra você…”. Pergunto: Como está seu amor a Jesus? Você ama a Jesus como amava no principio de sua vida cristã? Você faz as coisas na Igreja com o mesmo amor que fazia antes? Você ora com o mesmo amor que orava antes? Você lê a Bíblia com o mesmo amor que lia antes? Você entrega seus dízimos e ofertas com o mesmo amor que fazia antes? Jesus está no meio de sua Igreja e está dizendo a nós, nesta hora: Eu tenho uma coisa contra você…
2-      Precisamos então, fazer uma avaliação de nossa vida, que tudo que estamos fazendo. A lei e os profetas, isto é, o VT se resume no seguinte: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo seu coração, e de toda sua alma, e todo seu entendimento e com todas suas forças”. Jesus quer nosso serviço, mas acima de tudo quer nosso amor por Ele. Eu tenho contra ti que deixaste teu primeiro amor! Deixaste teu primeiro amor! Eu não preciso de teu serviço sem teu amor.
3-      Vamos pensar um pouco em nossa religiosidade. A)- Quando você ora, porque o faz? Porque você vem ao culto de oração? Porque precisa resolver um problema! Tem algo a pedir! Tem interesses pessoais! Precisa dar satisfação aos lideres da Igreja! Pare com tudo isso e só venha orar por amor a Jesus e as pessoas a quem Ele ama profundamente e morreu por elas. Você precisa orar com o mesmo amor que fazia no principio de sua vida cristã. B)- Qual sua intenção ao abrir a bíblia para ler? Por que você faz isso? Para um desencargo de consciência? Para dar satisfação aos pais ou lideres religiosos? Você considera um peso ler a Bíblia? Pare com isso, hipócrita! Se você não ama a Jesus não precisa ler sua palavra. “Lembre-se como era antes – aquele interesse pela Bíblia, como era gostoso ler a palavra, como Deus falava! Como está diferente agora. E Jesus está vendo, Ele está vendo o desinteresse pelas coisas de Deus pela vida espiritual. Ele está vendo e diz outra vez: Uma coisa eu tenho contra ti que deixaste o teu primeiro amor. C)- Como está teu amor pelos perdidos? Foi por eles que Jesus morreu! Quando aceitamos a Jesus pregamos o evangelho a todas as pessoas, queremos que todos o conheçam. Falamos contra o pecado e as falsas doutrinas; e agora o que estamos fazendo com as pessoas que vivem a nossa volta? Para onde foi nosso amor por elas e por Jesus? Será que paramos de testemunhar porque não sabemos fazê-lo? Não. Nosso primeiro amor desapareceu. Jesus está vendo nosso desinteresse pelos perdidos e diz: Uma coisa eu tenho contra ti… que deixaste o teu primeiro amor. Por isso entregar o dizimo é um peso, ofertar para missões é um peso, tudo se torna pesado para quem não ama.
E concluímos com as palavras do próprio Jesus que anda no meio da Igreja, que conhece nossos corações e intenções “Volte-se para mim outra vez, e trabalhe como fazia antes…..Ore como antes, leia a bíblia como antes, evangelize como antes, dizime como antes, oferte como antes….Me ame como antes”. Este é o melhor lugar, pois Jesus está aqui, andando em nossos corações e nos fazendo entender de onde caímos. Se o Espírito Santo está lhe dizendo que em alguma área você tem perdido seu primeiro amor, reconheça isso agora e peça-lhe perdão. E nesse momento coloque-se em pé e estaremos orando por você, para que o próprio Deus lhe dê a força necessária para continuar amando a Jesus com o teu primeiro amor.
http://sermoesonline.pibja.org/2011/01/27/tenho-porem-contra-ti/ 10-04-2011

 

Index
Estudos
EBD
Discipulado
Mapas
Igreja
Ervália
Corinhos
Figuras1
Figuras2
Vídeos
Fotos